2

To fazendo esse algoritmo onde tenho que fazer a união de duas listas sendo que os numeros repetidos só podem aparecer uma vez. Mas ta dando errado, alguém para me salvar?

def uniao(l1,l2,r=[]):
    if len(l1) == 0:
            return r
        else:
            if l1[0] in r and l1[0] not in l2:
                return uniao(l1[1:],l2,r)
            else:
                return uniao(l1[1:],l2,r + [l1[0]]+[l2[0]])
3
  • 3
    Como verificou que está dando errado? Que teste fez? Qual foi o resultado obtido e qual era o esperado? Aliás, cuidado ao definir um objeto mutável como valor padrão de um parâmetro, como a lista (leia mais em Quando um argumento padrão é avaliado no Python?). Aliás, revise a indentação do seu código na pergunta; não temos como saber se isso está errado no código ou se foi só erro de formatação aqui na pergunta.
    – Woss
    3/12/19 às 15:58
  • 1
    Era para aparecer como resultado [1,2,3,5], porém aparece [1, 1, 2, 1, 3, 1, 3, 1] 3/12/19 às 16:09
  • 1
    Bom, depende das listas de entrada para isso... Tente fazer o teste de mesa do seu código.
    – Woss
    3/12/19 às 16:11
1

Pelo que entendi, você ta fazendo um uma função que verifica os dados de dois array's e adiciona no primeiro oque tem no segundo mas não tem no primeiro.

Se isso estiver correto, segue o código:

def uniao (l1,l2):
    r = []
    for a in l1:
        r.append(a)
    for i in l2:
        if i in r:
            pass
        else:
            r.append(i)
    return r

l1 = [1,2,3,4]
l2 = [4,5,6,7]

print(uniao(l1,l2))
0
1

Você pode tentar

def uniao(l1,l2):
    return list(set(l1+l2))

Neste caso, você junta as duas listas, faz um set() neles (o que fará com tenha apenas valores únicos, porém no formato {}) e então passar para dentro de uma lista. Você tem os valores únicos das duas listas.

Como você pode ver neste link, a função set() pega os valores únicos e já deixa ordenado (se tiver uma lista embaralhada de valores).

EDITADO:

Você também pode fazer uma função que pode receber uma maior variedade de listas, passando a função com argumento *args e iterar por ele como no exemplo abaixo:

def uniao(*arg):
    return list(set([j for i in arg for j in i]))

Por exemplo:

l1 = [1,2,3]
l2 = [1,2,5]
l3 = [1,2,3,4]
print(uniao(l1,l2,l3))

>> [1, 2, 3, 4, 5]

Assim, você pode passar o número de listas que quiser, lembrando que este não irá funcionar caso passe um número.

Para que possa ser utilizado algo que não seja uma lista, também pode fazer o código da seguinte maneira:

def uniao(*arg):
    lista = []
    for i in arg:
        if type(i) == list:
            for j in i:
                lista.append(j)
        else:
            lista.append(i)
    return list(set(lista))

l1 = [1,2,3]
l2 = [1,2,5]
l3 = [1,2,3,4]
l4 = 6

print(uniao2(l1,l2,l3,l4))

>>  [1, 2, 3, 4, 5, 6]
2
  • Seria possível fazer essa função uniao sem as funções integradas??? 4/12/19 às 13:14
  • Poderia ser mais específico?
    – de_python
    4/12/19 às 14:32

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.