0

Seguindo a documento do Scrutinizer realizei a criação do arquivo .scrutinizer.yml no projeto em PHP. Analisando outros sites cheguei ao resultado final do arquivo demonstrado abaixo:

build:
  environment:
    php:
      version: 7.2
  nodes:
    coverage:
      tests:
        before:
          - "cp .env.example .env"
          - "echo 'END_POINT =your_webhook' > .env"
        override:
          - command: 'php ./vendor/bin/phpunit'
            coverage:
              file: 'phpunit.xml'
              format: 'php-clover'

filter:
  paths:
    - 'src/*'
  excluded_paths:
    - 'vendor/*'
    - 'tests/*'

Esta é minha primeira experiência com o Scrutinizer. Isso significa que o resultado final deste arquivo está mais para tentativa e erro do uma ação consciente para cada linha de configuração colocada arquivo.

Como podem ver realizei algumas especificações no arquivo, como:

  1. Indicar a versão do php usada no projeto.
  2. A necessidade de existir um arquivo .env e criação de uma variável local porque utilizo nos testes
  3. O comando para rodar o teste php ./vendor/bin/phpunit
  4. O arquivo de configuração do phpunit phpunit.xml - Não sei porque ter isso na verdade.
  5. E o formato do teste php-clover. Não sei pra que serve isso.

No decorrer da execução do Scrutinizer é rodado todos os testes com sucesso, mas a opção covarage aparece not enable.

O que está faltando fazer para funcionar? Obs.: Coloquei todas as informações que considerei úteis, mas se precisar de mais detalhes vou adicionando conforme pedirem.

1 Resposta 1

0

Vamos lá, iremos utilizar como ponto de partida que sua máquina tenha a versão php7.2 com o xdebug instalado e configurado. Ao digitar o comando php -v a saída no terminal será semelhante a esta:

PHP 7.2.11-1+ubuntu18.04.1+deb.sury.org+1 (cli) (built: Oct 24 2019 18:23:23) ( NTS )
Copyright (c) 1997-2018 The PHP Group
Zend Engine v3.3.11, Copyright (c) 1998-2018 Zend Technologies
    with Zend OPcache v7.3.11-1+ubuntu18.04.1+deb.sury.org+1, Copyright (c) 1999-2018, by Zend Technologies
    with Xdebug v2.8.0, Copyright (c) 2002-2019, by Derick Rethans

Antes ainda de fazer o Scrutinizer funcionar. Será preciso fazer os testes funcionarem, então:

  1. Instale o phpunit via composer. Veja a versão do phpunit a ser utilizado de acordo com a versão dos seu php.
  "require-dev": {
    "phpunit/phpunit": "8.0.*",
    "mockery/mockery": "0.9.*"
  },
  1. Configure seu arquivo phpunit.xml.
    <?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?>
    <phpunit
            backupGlobals="false"
            backupStaticAttributes="false"
            bootstrap="tests/bootstrap.php"
            colors="true"
            convertErrorsToExceptions="true"
            convertNoticesToExceptions="false"
            convertWarningsToExceptions="true"
            processIsolation="false"
            stopOnFailure="false"
    >
        <testsuites>
            <testsuite name="Package Test Suite">
                <directory suffix=".php">tests</directory>
            </testsuite>
        </testsuites>
    </phpunit>
  1. Tenha seu arquivo bootstrap configurado sua pasta de teste na raiz do projeto, por ex: test/bootstrap.php. Caso não tenha muitas configurações a serem feitas ou nenhuma um simples arquivo como demonstrado abaixo será o suficiente
 <?php
  if (!defined('ROOT_DIR')) {
      define('ROOT_DIR', __DIR__);
  }
  require_once __DIR__ . '/../vendor/autoload.php';
  1. Crie e rode seus testes unitários. Nenhum dos passos descritos aqui é mais importante do este rsrsrs

Para analisar a cobertura de código algumas configurações ainda são necessárias.

  1. Em seu arquivo phpunit.xml adicione as configurações whitelist e logging.
    <filter>
        <whitelist>
            <directory suffix=".php">src/</directory>
        </whitelist>
    </filter>
    <logging>
        <log type="coverage-html" target="target/coverage.html" lowUpperBound="35" highLowerBound="70" />
        <log type="coverage-clover" target="target/coverage.xml"/>
        <log type="coverage-text" target="target/coverage.txt"/>
    </logging>
  1. Crie na raiz do projeto a pasta target/. Essa pasta servirá para armazenar os arquivos configurados em logging no arquivo phpunit.xml gerados na cobertura de código. Não esqueça de adicionar essa pasta no arquivo .gitignore. Não precisa commitar ela.

  2. Para facilitar sua vida. Crie os scripts no arquivo composer.json para não precisar lembrar do comando toda hora. No caso, temos dois scripts. Um para rodar os testes normais e o outro para rodar os teste de coverage.

  "scripts": {
    "test": "php ./vendor/phpunit/phpunit/phpunit --bootstrap ./tests/bootstrap.php --configuration ./phpunit.xml",
    "test-coverage": "php ./vendor/phpunit/phpunit/phpunit --bootstrap ./tests/bootstrap.php --configuration ./phpunit.xml --coverage-clover ./target/coverage.xml",
  }

Agora sim chegamos onde queremos. Para configurar o Scrutinizer:

  build:
    environment:
      php:
        version: 7.2
    nodes:
      coverage:
        tests:
          override:
            - command: 'php ./vendor/phpunit/phpunit/phpunit --bootstrap ./tests/bootstrap.php --configuration ./phpunit.xml'
              coverage:
                file: './target/coverage.xml'
                format: 'clover'

  filter:
    paths:
      - 'src/*'
    excluded_paths:
      - 'vendor/*'
      - 'tests/*'

No arquivo .scrutinizer.yml repasso algumas configurações, como:

  • A versão do php que os testes devem rodar
  • O comando a ser rodado
  • O arquivo ./target/coverage.xml que o Scrutinizer irá utilizar ler as informações de cobertura de código
  • O formato do teste utilizado clover
  • As pasta que o coverage rodou src/*
  • E as pastas que o Scrutinizer não deve levar em consideração referente ao coverage vendor/* e tests/*

Segue também um projeto de exemplo para ver na prática.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.