1
$exemplo = "Olá, como vocês estão? Eu queria pegar o valor entre esses colchetes {# Olá mundo} e que esse aqui {#Teste} não interferisse, e me retornasse:";

Gostaria que o código retornasse:

[
   [0] => (string) "Olá mundo",
   [1] => (string) "Teste"
]

Meu código:

preg_match_all('/\{#(.*)\}/', $exemplo, $results);
vardump($results);

Mas ele retorna:

 array(2) { [0]=> array(1) { [0]=> string(39) "{# Olá mundo} e que esse aqui {#Teste}" } [1]=> array(1) { [0]=> string(37) "# Olá mundo} e que esse aqui {#Teste" } }
  • 4
    experimente /\{#[^}]*)\}/ - [^}]* significa "tudo menos }" - Outra possibilidade /\{#(.*?)\}/ - *? significa "a menor quantidade possivel" - *? é a versão "não fominha" do * – Bacco 20/11/19 às 20:08
  • 1
    O primeiro não funcionou, porém, o segundo(/\{#(.*?)\}/ - *?) funcionou perfeitamente. Muito obrigado! – Sydo 20/11/19 às 20:30
  • Se a resposta do colega CypherPotato resolver, vc pode marcar como aceita clicando no V verdinho do lado dela – Bacco 20/11/19 às 20:32
4

É isso mesmo, mas com uma pequena adição:

\{#(.*?)\}

O caractere ? logo depois de um * significa "a menor quantidade possível", contrário do * sozinho, que é "o máximo que puder". Depois deste grupo ele procura o próximo match, que é o }.

Outra possibilidade é capturar o conteúdo que está dentro dos { ... } sem as chaves, com:

(?<=\{).+?(?=\})

Isso irá capturar # Olá mundo e #Teste na string usada.

  • Obtive o seguinte erro: Warning: preg_match_all(): Delimiter must not be alphanumeric or backslash in. Porém, já resolvi meu problema, de qualquer modo, muito obrigado! – Sydo 20/11/19 às 20:32
  • 1
    @Sydo vc lembrou de por os / / em volta? Note que os / / nao fazem parte da RegEx, são os delimitadores. Na sua pergunta tem /\{#(.*)\}/, mas a regEx mesmo é o \{#(.*)\} - de qq forma precisa por os / ou outro caractere não usado na expressão – Bacco 20/11/19 às 20:32
  • Você tem razão, funcionou ao colocá-los. Obrigado novamente, e obrigado também @CypherPotato – Sydo 20/11/19 às 20:34
  • Olá Cypher, eu tenho outra dúvida, se não for incomodo, você poderia me informar um regex que pegue valores dentro da tag php? <?php valor ?> – Sydo 20/11/19 às 22:50
  • @Sydo Você poderia tentar algo como /\<\?php(.*?)\?\>/gms. Note que deverá usar a tag single-line no código. – CypherPotato 21/11/19 às 1:12
1

O problema da sua regex é que você usou o ponto, que em regex significa "qualquer caractere" (exceto quebras de linha), juntamente com o quantificador * (que significa "zero ou mais ocorrências").

Só que por padrão os quantificadores são "gananciosos" (greedy) e tentam pegar a maior quantidade possível de caracteres. E como o ponto corresponde a qualquer caractere (qualquer um, inclusive os próprios { e }, caso a regex ache necessário), ele acaba pegando mais texto do que você gostaria (no caso, ele pega desde o primeiro { até o último } que encontrar).

Uma das soluções já foi apontada na outra resposta: usar o .*? para tornar o quantificador "preguiçoso" (lazy), assim ele passa a pegar a menor quantidade possível de caracteres - ou seja, ele só vai até o primeiro } que encontrar (mais detalhes sobre quantificadores lazy aqui e aqui).


Mas eu gostaria de sugerir outra solução (que já foi dada nos comentários, mas de qualquer forma vou detalhá-la melhor).

Em vez de usar o ponto (que pega qualquer caractere), você pode ser mais específico e indicar exatamente o que precisa. No caso, você não quer qualquer caractere, e sim "qualquer caractere que não seja o }". Para isso usamos uma classe de caracteres negados: [^}] (que significa "qualquer caractere que não seja }"). Repare que não precisei usar o escape \}, pois dentro de colchetes muitos metacaracteres não precisam da \. O código ficaria assim:

$exemplo = "Olá, como vocês estão? Eu queria pegar o valor entre esses colchetes {# Olá mundo} e que esse aqui {#Teste} não interferisse, e me retornasse:";
preg_match_all('/\{#([^}]+)\}/', $exemplo, $results);
foreach ($results[1] as $texto) {
    echo $texto.PHP_EOL;
}

Repare que troquei o quantificador * por +. No caso, o * significa "zero ou mais ocorrências", o que quer dizer que se não tiver nada entre o # e o }, a regex também aceitaria (e viria uma string vazia nos resultados). Já o + significa "uma ou mais ocorrências", obrigando que haja pelo menos um caractere entre o # e o }.

Também coloco o trecho [^}]+ entre parênteses para formar um grupo de captura. E como é o primeiro par de parênteses da regex, este trecho estará no grupo 1 (que por sua vez estarão na posição 1 do array $results). Percorrendo o array $results[1], eu obtenho todos os textos capturados. A saída é:

 Olá mundo
Teste

Repare que ela inclui o espaço antes de "Olá mundo", já que a regex pega tudo entre o # e o }.


O detalhe é que esta regex também captura textos como {#abc{xyz} (no caso, ela captura o trecho "abc{xyz"). Se não quiser que pegue o { entre o c e o x, pode incluir o { na classe de caracteres negados, ficando /\{#([^{}]+)\}/ - agora estou dizendo que quero [^{}] (qualquer coisa que não seja { nem }).

Outro detalhe (que neste caso eu admito que não passa de micro-otimização, mas mesmo assim vale comentar) é que usar [^{}] deixa a regex um pouco mais rápida do que se usar o ponto. Compare aqui e aqui a quantidade de passos de cada regex. Obviamente que para poucas strings pequenas, a diferença será insignificante (provavelmente será de milissegundos ou até menos), mas se for tratar um grande volume de dados, dependendo das strings e da regex, o uso de .*? pode levar a resultados catastróficos.

Isso acontece porque o quantificador lazy, apesar de conveniente, cobra o seu preço. Ao encontrar .*?\}, a regex primeiro tenta encontrar um match com zero caracteres (ou seja, verifica se o próximo já é o }). Se não der, tenta com um caractere e vê se o segundo é }. Se não der, tenta com dois caracteres e vê se o terceiro é }, e assim por diante, até encontrar um }. Esse vai e vem é chamado de backtracking, e dependendo do caso, pode ser bem custoso. Já ao usar [^{}]+, a regex pode avançar "sem medo" - e sem backtracking - pois ela vai parar assim que encontrar um { ou }. Evitando o backtracking e garantindo que ela para no ponto correto, eu a torno mais eficiente (isso explica a diferença de passos nos links acima - e conforme o texto aumenta, a proporção entre a quantidade de passos aumenta ainda mais, veja aqui e aqui).

Entendo que usar .* pareça mais fácil, e para casos mais simples "funciona", mas só use se você realmente quiser "qualquer coisa". Não é o caso da pergunta, pois na verdade você queria qualquer caractere que não fossem as chaves.


Outra diferença é que o ponto, por padrão, não pega as quebras de linha. Ou seja, se o texto tiver algo como:

{#texto em
várias
linhas}

A regex com .*? não pega porque ela desconsidera as quebras de linha. Mas é possível mudar este comportamento, adicionando a flag s na regex:

// com a flag "s", o ponto pega também as quebras de linha
preg_match_all('/\{#(.*?)\}/s', $exemplo, $results);
                            ^ aqui

Já usando [^{}], as quebras de linhas já são consideradas, sem precisar da flag s. Neste caso, se não quiser pegar as quebras de linha, basta incluí-las na classe de caracteres negados:

// incluir \n e \r para não pegar as quebras de linha
preg_match_all('/\{#([^{}\n\r]+)\}/', $exemplo, $results);

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.