1

tenho um try..catch e no catch o colega que fez deixo apenas throw.

catch(){throw;}

Bem, a intenção minha é tratar todas essa exceptions e não deixar apenas throw. Mas como eu cheguei agora aqui na empresa, já cheguei e ter que resolver problemas e codificar novas funcionalidades. Acontece, que descobri hoje que no ambiente de produção simplesmente deixar o throw como está, dá pau no sistema com diferentes comportamentos não esperados. Bem, a resposta é tratar o throw. O que eu gostaria de saber o que acontece com o throw de forma a dá esse tipo de erro em determinados ambiente e outros não. O ambiente de produção o nosso usuário acessa via portal, pois eles estão em vários locais(estados) do país. No ambiente de Desenv ou Homol, a url montada de acesso ao sistema é bem simples, tipo: localhost:porta/Default.aspx, em homol temos algo como: brcohmlg:porta/Default.aspx, agora em produção não. A url montada é bem complexa, bem maior que essa e não sei se isso tem algo a ver.

  • 3
    Eu venho falando disto há tempos aqui. Muita gente não entende que exceções são complicadas, não pode ficar usando elas sem dominar completamente o assunto. pt.stackoverflow.com/a/30168/101. Neste caso usar um throw sozinho não faz o menor sentido. E isto mostra que o programador não sabia o que estava fazendo. O problema provavelmente nem está nesta parte. Como você não conhece bem o sistema não será fácil achar todos os lugares onde causa problema. Se precisar de ajuda mais específica, vai ter que dar bem mais detalhes. E nem sei se caberia aqui tudo o que é necessário. – Maniero 27/11/14 às 16:09
8

A utilização da instrução throw sozinha dentro do bloco catch() faz com que a exceção capturada seja novamente lançada, tem o mesmo efeito de como não existisse o bloco try/catch

Se existe alguma inconsistência no comportamento do sistema, julgo que não tem a haver com o throw por si, mas sim com o tipo de erro que está a ser capturado/lançado.

  • 1
    Só para complementar... A instrução throw é válida porque você pode fazer mais coisas no catch além de relançar a mesma exceção. Por exemplo, se houve um erro e você está no catch, você pode fazer um rollback da operação do seu método e passar a exceção para o próximo contexto abaixo na pilha de execução. Muito útil. Mas throw sozinho dentro do catch é coisa ruim mesmo. Isso é mais feio que bater na própria mãe. – Renan 27/11/14 às 16:14
  • "Isso é mais feio que bater na própria mãe." ahahah @Renan – CesarMiguel 27/11/14 às 16:44
  • Entendi aqui porque o throw está sozinho. É quando a página vem do designer, todas vem assim com o throw para depois receber tratamento. O colega designer aqui envia tudo como throw pois ele não sabe o que fazer. Cabe a nós desenvolvedores tratar. Como o cara que estava aqui antes deixou muita coisa assim, eu venho pegando alguns problemas e desconfiava do throw, por isso o meu post. – pnet 28/11/14 às 11:03

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.