6

Quando eu faço uma consulta no banco e é retornado um objeto, nesse objeto tem uma coleção, que por padrão é Lazyload, se eu fizer object.getColecao().size() ai é executado o lazyload para trazer os registros, se a sessão ou o entitymanager tiver sido fechado, claro que vai acontecer o LazyLoadException.

Minha pergunta é, teria como depois que eu receber o objeto da consulta, mesmo que eu faça object.getColecao.size() ele não executar o lazy load?

O problema é que eu faço a consulta e preciso serializar o objeto para JSON, porém, os principais frameworks de processamento de JSON como o Jackson e Gson eles executam implicitamente o size() para coleções, dessa forma acontece o LazyLoadException.

Eu não posso configurar os frameworks para ignorar as litas porque se as listas não forem null terá que serializar, ou seja, se for nulo, não serializa, caso contrário serialize. A configuração para não serializar nulos desses dois funciona mas não para listas, mesmo assim eles executam o size() para verificar se tem conteúdo, portanto a solução que eu vejo é não executar o lazy load ao chamar método size().

Eu já tentei clonar os objetos usando o SpringBeansUtil, mas mesmo assim ao executar o size() é feito uma tentativa de lazyload.

3

Solução ignorando o atributo ao serializar

Após ver o comentário e entender melhor o problema, penso que a solução seja solicitar à biblioteca Json que ignore os atributos com as coleções na serialização apenas quando for necessário, já que você mencionou que em algumas situações você vai querer incluir as coleções.

Solução com Gson

Baseado nesta questão do SOEN, há duas formas de excluir determinados campos.

A primeira é anotar os campos que sempre serão serializados com a anotação @Expose. Quando for necessário serializar todos os campos, utiliza-se a biblioteca normalmente, mas se quisermos serializar apenas os campos com a anotação, podemos fazer assim:

Gson gson = new GsonBuilder().excludeFieldsWithoutExposeAnnotation().create();

A segunda maneira é através da implementação de um ExclusionStrategy. Veja um exemplo:

public class ClienteExclusionStrategy implements ExclusionStrategy {

    public boolean shouldSkipClass(Class<?> arg0) {
        return false;
    }

    public boolean shouldSkipField(FieldAttributes f) {
        return f.getDeclaringClass() == Cliente.class
            && (f.getName().equals("enderecos")) || f.getName().equals("contatos"));
    }

}

Então, quando quiser ignorar os endereços e contatos, faça assim:

Gson gson = new GsonBuilder().setExclusionStrategies(new ClienteExclusionStrategy()).create();

Solução com Jackson

Para sobrescrever o comportamento original de uma classe no momento da serialização você pode usar os Mixins do Jackson. Trata-se de uma classe abstrata onde você define o comportamento que deseja sem alterar a classe original.

Veja o exemplo:

abstract class ClienteMixIn {
     @JsonIgnore List<Contato> getContatos();
     @JsonIgnore List<Endereco> getEnderecos();
}

E, finalmente, adicione o mixin na serialização quando necessário:

objectMapper.getSerializationConfig().addMixInAnnotations(Cliente.class, ClienteMixIn.class);

Solução recuperando os dados do relacionamento

Se entendi bem você quer executar o size() sem executar as queries em modo lazy. Isso simplesmente não é possível, afinal como o Hibernate poderia saber quantos registros o join irá retornar?

Continuando nesse raciocínio, para saber se há itens na coleção e usá-los quando necessário você sempre terá que consultar os itens da coleção.

Uma das soluções para forçar a leitura da coleção enquanto o EntityManager está aberto, mesmo que o relacionamento da entidade esteja configurado em modo lazy, é usar um join fetch.

O join fetch geralmente é usado para melhorar o desempenho quando sabemos antecipadamente que precisaremos acessar esse relacionamento. Internamente, o Hibernate irá trazer os dados da entidade principal e realizar um OUTER JOIN nativo no banco de dados para trazer o registros da coleção. Para maiores detalhes, consulte a documentação sobre as diferentes estratégias de otimização aqui.

Um exemplo disso usando Criteria é:

CriteriaBuilder criteriaBuilder = entityManager.getCriteriaBuilder();
CriteriaQuery<Entidade> criteriaQuery = criteriaBuilder.createQuery(Entidade.class);
Root<Entidade> root = criteriaQuery.from(Entidade.class);
root.fetch("colecao", JoinType.LEFT); // força um `LEFT OUTER JOIN` nativo

Com o código acima, os itens da coleção serão carregados imediatamente e não serão necessárias queries adicionais, ou seja, nada de LazyLoadException e apenas uma chamada ao banco.


Alternativamente, outra forma de inicializar uma coleção forçadamente quando encessário é utilizar o método estático Hibernate.initialize().

Este método força o proxy da coleção carregar tudo o que é necessário para executar quando o EntityManager for fechado.

Veja um exemplo:

Hibernate.initialize(object.getColecao());

Solução desencapsulando a entidade do proxy

O hibernate cria uma classe proxy para interceptar as chamadas a atributos lazy. Uma outra ideia seria obter a entidade original, sem proxy, pois nesse caso não teríamos o problema de LazyLoadingException.

Encontrei duas questões do SOEN com códigos que se propõe a fazer isso. Veja um deles:

public static <T> T initializeAndUnproxy(T entity) {
    if (entity == null) {
        throw new 
           NullPointerException("Entity passed for initialization is null");
    }

    Hibernate.initialize(entity);
    if (entity instanceof HibernateProxy) {
        entity = (T) ((HibernateProxy) entity).getHibernateLazyInitializer()
                .getImplementation();
    }
    return entity;
}

Com solução não seria necessário modificar a geração de Json. Basta aplicá-la logo após fazer o detach da entidade.

  • O problema é que eu não quero que seja realizado o lazy, eu preciso trazer uma lista de clientes, por exemplo, 200 clientes, cada objeto cliente tem duas listas, Contatos e Endereços e eu não quero trazer nem contatos nem endereços mesmo usando o JOIN para otimizar. Blz, quando eu tento converter para JSON essa lista ai é executado o size() pelos processados JSON(Jackson e Gson), no Hibernate 4 eu posso usar isso <prop key="hibernate.enable_lazy_load_no_trans">false</prop> ai ele executa normal, só que faz um monte de select no banco, eu só quero trazer a lista simples de clientes sem lazy. – Rodrigo Rodrigues 4/02/14 às 23:55
  • Sei não, estou pensando serialmente em usar o MentaBean, a gente tem mais controle, já perdi tempo demais com o JPA/Hibernate, não uso anotações que polui demais o código, estou usando os orm.xml mesmo fica tudo separadinho e mais organizado, meus pojos ficam limpos, eu queri muito utilizar o JPA mas já tou há dois 2 direto com esse problema, Já tente getEntityManager().detach(entity); mas não tem jeito, o objeto não é "desconectado" e quando eu chamo o size() é tentando o lazy, estou pensando em fazer manualmente via Reflection uma rotina que copia um objeto para um novo sem estar vinculado.. – Rodrigo Rodrigues 5/02/14 às 0:01
  • @RodrigoRodrigues Acho que entendi melhor sua situação. Editei a pergunta com o que acredito ser uma solução melhor para o seu caso. – utluiz 5/02/14 às 0:37
  • @RodrigoRodrigues E tenha certeza que eu entendo sua frustração com o JPA, certamente é prometida muita facilidade, mas na verdade você acaba tendo que "escovar os bits" para entender como tudo funciona e conseguir o que quer. Não conheço esse MentaBEan (vou pesquisar sobre isso amanhã), mas pense que cada tecnologia tem sua curva de aprendizado e suas nuances que nos "pegam" de vez em quando. – utluiz 5/02/14 às 0:39
  • Quanto as soluções com o jackson e Gson eu já tentei, mas não dá certo, vou explicar, com anotações eu SEMPRE vou dizer que determinado atributo não será serializado, as vezes preciso serializar as listas e as vezes não, não já lazyload entre client e servidor pois é uma aplicação RESTFull, a única comunicação é em JSON. Quanto a solução com Gson usanod ExclusionStrategy eu já fiz e funcionou, porém cai na mesma, determinadas vezes eu preciso serializar ou não, desse jeito eu teria que criar um toJSonWihoutList e toJson, foi o mais próximo que conseguir... – Rodrigo Rodrigues 5/02/14 às 0:54

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.