2

sou novo ainda nesses lados e estou fazendo uma aplicação em node (eu acho...). Tenho escrito as minhas rotas dessa forma exemplo:

routes.get('/produtos', mostrarProdutos)
routes.get('/produtos/:id', mostrarPorId)
routes.post('/produtos', novoProduto)

Então estava enrolando por ai e fiz um teste que deu certo dessa forma:

routes.get('/produtos', mostrarProdutos)
      .get('/produtos/:id', mostrarPorId)
      .post('/produtos', novoProduto)

É boa prática dessa última forma? Dá algum problema? Tem alguma forma de diminuir ainda mais?

  • 2
    Para que reduzir ainda mais? Código menor não é necessariamente melhor, sugiro que leia o primeiro parágrafo desta resposta :-) – hkotsubo 8/11 às 21:20
  • É, hkotsubo tem razão, já ouvi falar algo parecido faz algum tempo. Só perguntei isso para ver se teria como eu otimizar meu tempo e não ficar escrevendo código parecido em uma aplicação bem maior. – OcoringaJoker 8/11 às 21:41
2

Não há problema algum em implementar dessa maneira.

O que acontece é que este object segue um padrão chamado Fluent Builder Pattern, ou Padrão de Construtor Fluente, onde cada método retorna a instância atual do objeto após a realização das ações. Assim você pode invocar um novo método a seguir, em uma única linha.

Quanto ao tamanho, acredito que este seja o formato funcional mais compacto possível.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.