1

Estou tentando subir a base de dados, porém quando dou o comando service postgresql-9.1 start aparece a seguinte mensagem:

Iniciando servico postgresql-9.1 : [FALHOU].

Fui até o arquivo de log com comando tail -f postgresql-Mon.log e apareceu os seguintes registros.

Imagem

1 Resposta 1

1

O PostgreSQL utiliza o modelo MVCC (Multiversion Concurrency Control) para controle das transações e nele os Multixact IDs são utilizados para o controle de lock de registros. Ele é implementado como um inteiro de 32 bits. Por causa deste limite um servidor rodando muitas transações pode sofrer o "transaction ID wraparound" quando o contador retorna a zero e todas as transações efetivamente anteriores passam a ser encaradas como futuras.

A solução para impedir isso é avaliar quando é necessário rodar um VACUUM (https://www.postgresql.org/docs/current/app-vacuumdb.html). O PostgreSQL também implementa uma feature opcional, mas recomendada, denominada autovacuum (https://www.postgresql.org/docs/current/runtime-config-autovacuum.html) que faz a avaliação periódica e automaticamente, bastando habilitá-la.

Apenas para lembrar: a versão 9.1 deixou de receber suporte e atualizações desde 2016, avalie fazer um upgrade para uma versão mais recente, a versão atual é a 12.0.

  • Então devo reinstalar o postgresql ?, pois como já ocorreu o erro não tem como rodar o VACUUM certo ? – Gustavo Barreto 5/11/19 às 11:58
  • Não precisa reinstalar. Tente rodar o postgres em single mode postgres --single -D /data/seu_diretório e a seguir rode o vacuum para cada um dos bancos de sua instalação. Rode de preferência com super-usuário. Como, me parece, você não domina todas as atividades de administração do PosrgreSQL talvez uma consultoria especializada possa ajuda-lo mais efetivamente. – anonimo 5/11/19 às 13:58
  • Estou usando o usuario root, porém está dando erro no comando postgres --single -D /usr/pgsql-9.1/ bash postgres: command not found – Gustavo Barreto 5/11/19 às 15:21
  • Então coloque o caminho completo do comando postgres ou acerte o path. Volto a insistir: se os dados de seu banco são valiosos e como, tudo indica, você não tem intimidade com a administração do PostgreSQL avalie com a devida atenção a contratação de uma consultoria especializada. – anonimo 5/11/19 às 16:13

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.