6

Criei um projeto c# WEB MVC5 no visual studio 2013, instalei o entity framework 6 e criei minhas classes("entidades") bem como o DBContext com os respectivos DBsets.

Dentro do WEB.Config eu configurei minha string de conexão e no DBContext eu apontei a string conexão criada. Apesar de ter seguido todos os passos das apostilas que eu li, ao rodar meu projeto web a bendita database não é criada... até initializer eu criei.

Servidor, Usuario e senha do servidor de banco estão corretos... nao consigo achar uma unica brecha pro código não funcionar!

Classes...

Nivel_Acesso

    public class Nivel_Acesso
    {
     public int Nivel_AcessoID { get; set; }
     public String Nivel { get; set; }
     public ICollection<Acesso> Acesso { get; set; }
    }

Acesso

    public class Acesso
    {
      public int AcessoID { get; set; }
      [ForeignKey("Nivel_AcessoID")]
      public int Nivel_AcessoID { get; set; }
      public String Usuario { get; set; }
      public String Senha { get; set; }        
    }

ClinicaDBContext

    public class ClinicaDBContext : DbContext 
    {
    public ClinicaDBContext() : base("Conexao"){}
        public DbSet<Nivel_Acesso> Nivel_Acesso { get; set; }
        public DbSet<Acesso> Acesso { get; set; }

    }

Web.config

      <connectionStrings>
       <add name="Conexao" providerName="System.Data.SqlClient"
        connectionString="Server=.;Database=Clinica;User Id=sa;" />
       </connectionStrings>

Meu servidor não possui senha!

Para quem deseja verificar o código por inteiro, disponibilizo o link do projeto:

http://www.4shared.com/rar/L3lsmYrvce/SistemaC.html

  • Cara sua string de conexão é gerada automaticamente, ele não está gereando seu EDMX? – Marconi 26/11/14 às 11:31
  • Gerada automaticamente? não sabia disto e até mesmo sobre o EDMX eu nao tinha conhecimento. Li uma série de apostilas e nenhuma delas citava o EDMX, agora que você falou eu dei uma pesquisada e descobri do que se trata, entretanto se o .edmx fica listado na estrutura de diretórios, ele não foi criado. – Cleiton Ribeiro 26/11/14 às 11:48
  • esse tutorial é muito bom, segue o passo a passo que você irá conseguir criar. macoratti.net/11/09/ef4_mp1.htm – Marconi 26/11/14 às 11:50
  • ele é gerado sim na estruturada de diretórios. ele te mostra o modelo do banco. bem como seus objetos gerados através de suas tabelas. – Marconi 26/11/14 às 11:52
  • Pelo que estou vendo, o .edmx é criado a partir de uma base ja existente... mas no meu caso, o intuito é gerar uma base a partir de minhas entidades criadas. – Cleiton Ribeiro 26/11/14 às 12:00
7

Antes de mais nada, sua solução está desatualizada. É preciso uma atualização de todos os pacotes da solução. Abra o Package Manager Console e digite o seguinte:

PM> Update-Package

Houve algum problema esquisito com seus pacotes, então tive que excluir o diretório packages da solução e criar de novo através do mesmo comando. Pode ser necessário fechar e reabrir a solução pro que vem a seguir.

O Code First não está habilitado no projeto. Significa que não há suporte a Migrations (migrações incrementais de banco), nem a controle de modificações de contexto. Abra o Package Manager Console e digite o seguinte:

PM> Enable-Migrations

A criação da configuração pegou este erro:

The property 'Nivel_AcessoID' cannot be configured as a navigation property. The property must be a valid entity type and the property should have a non-abstract getter and setter. For collection properties the type must implement ICollection where T is a valid entity type.

Significa que você configurou uma ID errado, ou seja, um parâmetro real em banco, e o Entity Framework entendeu o ID como uma propriedade de navegação, que é apenas uma propriedade a mais para carregar outras informações de entidades relacionadas. Precisei alterar o seguinte:

namespace SistemaC.Models
{
    public class Acesso
    {
        [Key]
        public int AcessoId { get; set; }
        public int NivelAcessoId { get; set; } // Isto é uma informação de banco.

        [Required]
        public String Usuario { get; set; }
        [DataType(DataType.Password)]
        public String Senha { get; set; }

        public virtual NivelAcesso NivelAcesso { get; set; } // Isto é um atributo de navegação.
    }
}

Repare que tirei [ForeignKey("Nivel_AcessoID")]. Ele serve para propriedades de navegação, e não para propriedades chave. Como seu projeto é muito simples, o Entity Framework sabe identificar sozinho e pela nomenclatura as propriedades de navegação. Você pode, portanto, não usar o atributo.

Da mesma forma, alterei NivelAcesso:

namespace SistemaC.Models
{
    public class NivelAcesso
    {
        [Key]
        public int NivelAcessoId { get; set; }
        public String Nivel { get; set; }

        public virtual ICollection<Acesso> Acessos { get; set; }
    }
}

A conveção de nomes não usa "_" nos nomes dos objetos. Outra coisa que precisei fazer é identificar qual é a chave do Model com o atributo [Key].

ICollections relacionadas são sempre com nomes no plural, pra que você saiba durante a programação que está lidando com uma coleção, e não com um objeto somente.

O contexto ficou assim:

namespace SistemaC.Models
{
    public class ClinicaDbContext : DbContext 
    {
        //public ClinicaDBContext()
        //{
        //    Database.SetInitializer<ClinicaDBContext>(new CreateDatabaseIfNotExists<ClinicaDBContext>());
        //}
            public DbSet<NivelAcesso> NivelAcessos { get; set; }
            public DbSet<Acesso> Acessos { get; set; }
    }
}

Tudo também no plural.

Precisei apagar o DBInit.cs. Ele estava totalmente errado. O Global.asax ficou assim:

namespace SistemaC
{
    public class MvcApplication : System.Web.HttpApplication
    {
        protected void Application_Start()
        {
            AreaRegistration.RegisterAllAreas();
            RouteConfig.RegisterRoutes(RouteTable.Routes);
        }
    }
}

Corrigido isso, consegui gerar a primeira Migration aquela que instala o banco de dados de fato, assim:

PM> Add-Migration Inicial

Gerou:

namespace SistemaC.Migrations
{
    using System;
    using System.Data.Entity.Migrations;

    public partial class Inicial : DbMigration
    {
        public override void Up()
        {
            CreateTable(
                "dbo.Acessoes",
                c => new
                    {
                        AcessoId = c.Int(nullable: false, identity: true),
                        NivelAcessoId = c.Int(nullable: false),
                        Usuario = c.String(nullable: false),
                        Senha = c.String(),
                    })
                .PrimaryKey(t => t.AcessoId)
                .ForeignKey("dbo.NivelAcessoes", t => t.NivelAcessoId, cascadeDelete: true)
                .Index(t => t.NivelAcessoId);

            CreateTable(
                "dbo.NivelAcessoes",
                c => new
                    {
                        NivelAcessoId = c.Int(nullable: false, identity: true),
                        Nivel = c.String(),
                    })
                .PrimaryKey(t => t.NivelAcessoId);

        }

        public override void Down()
        {
            DropForeignKey("dbo.Acessoes", "NivelAcessoId", "dbo.NivelAcessoes");
            DropIndex("dbo.Acessoes", new[] { "NivelAcessoId" });
            DropTable("dbo.NivelAcessoes");
            DropTable("dbo.Acessoes");
        }
    }
}

"Cigano, o nome da tabela é Acessos, não Acessoes, e NiveisAcessos, não NivelAcessoes". Tudo bem. A pluralização do Entity Framework é em inglês. Por isso o nome. Podemos arrumar da seguinte forma:

namespace SistemaC.Models
{
    [Table("Acessos")]
    public class Acesso
    { ... }
}

namespace SistemaC.Models
{
    [Table("NiveisAcessos")]
    public class NivelAcesso
    { ... }
}

Resultado:

namespace SistemaC.Migrations
{
    using System;
    using System.Data.Entity.Migrations;

    public partial class Initial : DbMigration
    {
        public override void Up()
        {
            CreateTable(
                "dbo.Acessos",
                c => new
                    {
                        AcessoId = c.Int(nullable: false, identity: true),
                        NivelAcessoId = c.Int(nullable: false),
                        Usuario = c.String(nullable: false),
                        Senha = c.String(),
                    })
                .PrimaryKey(t => t.AcessoId)
                .ForeignKey("dbo.NiveisAcessos", t => t.NivelAcessoId, cascadeDelete: true)
                .Index(t => t.NivelAcessoId);

            CreateTable(
                "dbo.NiveisAcessos",
                c => new
                    {
                        NivelAcessoId = c.Int(nullable: false, identity: true),
                        Nivel = c.String(),
                    })
                .PrimaryKey(t => t.NivelAcessoId);

        }

        public override void Down()
        {
            DropForeignKey("dbo.Acessos", "NivelAcessoId", "dbo.NiveisAcessos");
            DropIndex("dbo.Acessos", new[] { "NivelAcessoId" });
            DropTable("dbo.NiveisAcessos");
            DropTable("dbo.Acessos");
        }
    }
}

Por fim, atualize a base com o comando:

PM> Update-Database

O banco será criado com as tabelas, de acordo com a origem apontada na sua Connection String. Aliás, precisei alterar ela levemente para permitir autenticação com o Windows e eu não precisar usar o usuário sa:

<connectionStrings>
  <add name="ClinicaDBContext" providerName="System.Data.SqlClient" connectionString="Server=.\SQLEXPRESS;Database=Clinica;Integrated Security=SSPI;MultipleActiveResultSets=true;" />
</connectionStrings>

Feito isso, compilou com banco e tudo. Você pode baixar os fontes aqui.

4

no construtor da sua classe DBContext tente adicionar a seguinte instrução de código.

public class ClinicaDBContext : DbContext 
{
   public ClinicaDBContext() : base("Conexao")
   {
      Database.SetInitializer<ClinicaDBContext>(new CreateDatabaseIfNotExists<ClinicaDBContext>());
   }     

   public DbSet<Nivel_Acesso> Nivel_Acesso { get; set; }
   public DbSet<Acesso> Acesso { get; set; }
}

Verifique também se dentro do seu arquivo Web.config tem a instrução de inicialização da classe, como no exemplo abaixo:

<entityFramework>
  <contexts>
    <context type="ContosoUniversity.DAL.SchoolContext, ContosoUniversity">
      <databaseInitializer type="ContosoUniversity.DAL.SchoolInitializer, ContosoUniversity" />
    </context>
  </contexts>
  <defaultConnectionFactory type="System.Data.Entity.Infrastructure.LocalDbConnectionFactory, EntityFramework">
    <parameters>
      <parameter value="v11.0" />
    </parameters>
  </defaultConnectionFactory>
  <providers>
    <provider invariantName="System.Data.SqlClient" type="System.Data.Entity.SqlServer.SqlProviderServices, EntityFramework.SqlServer" />
  </providers>
</entityFramework>

Espero ter ajudado.

  • hmm... :/ infelizmente não funcionou... eu adicionei a instrução, salvei e dei build. Tentei rodar o projeto, mas o servidor continua sem o banco clinica. – Cleiton Ribeiro 26/11/14 às 11:44
  • Amigo, coloque um breakpoint no código que lhe passei, dentro do construtor e veja se na execução do projeto o trecho de código vai ser executado. – TonCunha 26/11/14 às 11:46
  • Ao que parece, ele nem chega a entrar na classe ClinicaDBContext. – Cleiton Ribeiro 26/11/14 às 11:50
  • Essa classe tem que ser instanciada se não seu banco de dados não será criado. O tutorial que você está seguindo é online? Caso seja, pode me passar para que eu possa te ajudar melhor? – TonCunha 26/11/14 às 11:57
  • Eu baixei uma apostila da K19 e acessei o material do curso de um amigo, em nenhum desses materiais existe a instrução que onde instanciar e chamar o context. Eu segui o passo a passo e em nenhum tuto da internet eu vi a context sendo instanciada. k19.com.br/cursos/desenvolvimento-web-com-aspnet-mvc – Cleiton Ribeiro 26/11/14 às 12:02

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.