0

Preciso deletar de um tabela grande alguns registros. Qual a melhor alternativa: Usar

DELETE Tabela where id in (select id from @temporaria)

ou

delete Tabela WHERE exists (select id from @temporaria  where estoque.id = id)

usar IN ou EXISTS ??? Ou existe alguma alternativa melhor ?

  • 2
    isso vai depender do banco de dados, de como o motor otimiza a query, como não disse qual o banco, seria só especulação responder, mas a melhor maneira de saber, para a query em específico, seria executar algum analisador de query para ver a melhor opção – Ricardo Pontual 28/10/19 às 19:07
  • 2
    Possível duplicata de Not IN ou Not EXISTS qual usar? – Sorack 28/10/19 às 19:15
  • 1
    Sua tabela tem um volume de dados bastante grande? Se não tiver não gaste seu tempo se preocupando com isso. Analise, isto sim, os possíveis efeitos colaterais de IN/NOT IN na eventual ocorrência de NULL. – anonimo 28/10/19 às 19:41
  • É evental ? Rode o delete correto e se preocupe com outras coisas. Sendo necessário rodar sempre um cursor talvez seja a melhor solução. – Motta 28/10/19 às 21:22
  • A tabela é grande com mais de 56 milhões de registros, estou apagando algo em torno de 1500 registros. Pelo que que falaram quando utilizo IN ele onera o banco. Não notei diferença em usar IN ou EXISTS. Estou Usando SQL Server Microsoft SQL Server 2016 (SP1) (KB3182545) - 13.0.4001.0 (X64) – Celso Shikasho 29/10/19 às 13:42

1 Resposta 1

2

Ótima pergunta.

O artigo Apagar conjunto de linhas em tabelas enormes trata justamente em como apagar conjunto de linhas em tabelas enormes evitando (ou tentando...) parar os outros processos que estão em execução simultânea e acessando a mesma tabela.

Com relação às duas abordagens apresentadas pelo autor do tópico, IN ou EXISTS, a solução é sempre analisar o plano de execução para avaliar qual pode ser mais eficiente. Sugiro a leitura do artigo “Qual é mais rápido: NOT IN ou NOT EXISTS?”.

Curiosamente, às vezes se percebe que o query optimizer gera o mesmo plano de execução para consultas com abordagens diferentes, pois tudo depende dos predicados existentes no código da consulta, dos índices disponíveis e alguns outros fatores. Por exemplo, no caso em questão se a coluna id nas duas tabelas for chave primária (ou possuir o atributo unique) pode permitir um plano de execução mais eficiente. Outro cuidado é garantir que as estatísticas estejam atualizadas.

É preciso ficar atento ao lock escalation, mas como são apagadas cerca de 1.500 linhas por execução, então não se corre o risco da tabela ficar bloqueada. Detalhes em Guia de Controle de Versão de Linha e Bloqueio de Transações.

  • 1
    Ótimo artigo esse Apagar conjunto de linhas em tabelas enormes, não conhecia e já favoritei. Obrigado! – Victor Freidinger 1/11/19 às 13:33
  • @VictorFreidinger Eu que agradeço pelo retorno sobre o artigo; ele foi publicado há poucos dias. A pergunta do Celso é ótima, por trazer à discussão o tema. – José Diz 1/11/19 às 14:09

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.