0

Tenho que fazer uma função recursiva que recebe uma lista e um elemento alvo, e retorna True, se o elemento está na lista; e False, caso contrário.

EXEMPLOS:

busca([1,2,3], 2) --> retorna True
busca([], 49) --> retorna False

Não posso usar o comando do tipo x in lista do Python.

Código:

def busca(lista, alvo):
    primeiro = lista[0]
    restante = busca(lista[1:], alvo)

    if (primeiro == alvo):
        return True
    elif restante == alvo:
        return True
    else:
        return False
1
  • Qual a necessidade dela ser recursiva? E por que está executando restante = busca(lista[1:], alvo) antes de fazer a checagem do primeiro = lista[0] com a primeira if? – Guilherme Nascimento 21/10/19 às 2:43

2 Respostas 2

5

Entendo que é um exercício e exigem que o algoritmo seja recursivo, mas para casos como este, recursão não é a melhor solução, pois é uma complicação desnecessária. O operador in nativo da linguagem é a opção mais correta e idiomática, e se ele não existisse, um loop simples seria uma opção melhor que recursão.


A ideia básica da busca é: verifique se o primeiro elemento da lista é igual ao que está sendo procurado. Se for, retorne True. Senão, faça a busca no restante da lista (a partir do segundo elemento). Em código, fica assim:

def busca (lista, alvo):
    if not lista: # lista vazia, elemento não existe
        return False
    if lista[0] == alvo: # primeiro elemento da lista igual ao alvo
        return True
    # faz a busca no restante da lista (do segundo elemento em diante)
    return busca(lista[1:], alvo)

Eu faço uma verificação adicional no início, para ver se a lista está vazia: if not lista: verifica se a lista está vazia. Isso funciona porque uma lista vazia é considerado um valor falso. Enfim, se a lista for vazia, quer dizer que não tem nenhum elemento, e portanto o alvo não estará lá. Por isso nesse caso eu já posso retornar False.

Depois eu verifico se o primeiro elemento da lista (lista[0]) é igual ao alvo. Se for, eu já posso retornar True e nem preciso verificar o restante da lista. Esse é um dos erros do seu código: você tem que verificar o primeiro elemento antes de buscar no restante da lista, mas você estava fazendo essa verificação somente depois (outro erro é que faltou verificar o caso da lista vazia, e ao tentar fazer lista[0] em uma lista vazia, dá erro).

Se o primeiro elemento não for o que estou buscando, eu faço a busca no restante da lista. No caso, lista[1:] cria outra lista, contendo do segundo elemento em diante (ou uma lista vazia, caso a lista tenha somente um elemento).

Testando:

print(busca ([1, 2, 3], 3)) # True
print(busca ([1, 2, 3], 4)) # False
print(busca ([], 2)) # False

Só para você entender, vamos ver como o algoritmo se comporta para busca ([1, 2, 3], 3):

  • a lista não é vazia, não entra no if not lista
  • o primeiro elemento (1) não é igual ao alvo (3), então não entra no if lista[0] == alvo
  • faz a busca em lista[1:], que corresponde a [2, 3].
    • agora a lista não é mais [1, 2, 3], e sim [2, 3]
    • a lista não é vazia, não entra no if not lista
    • o primeiro elemento (2) não é igual ao alvo (3), então não entra no if lista[0] == alvo
    • faz a busca em lista[1:], que corresponde a [3]
      • agora a lista não é mais [1, 2, 3], e sim [3]
      • a lista não é vazia, não entra no if not lista
      • o primeiro elemento (3) é igual ao alvo (3), então retorna True

E para o caso de busca ([1, 2, 3], 4):

  • a lista não é vazia, não entra no if not lista
  • o primeiro elemento (1) não é igual ao alvo (4), então não entra no if lista[0] == alvo
  • faz a busca em lista[1:], que corresponde a [2, 3].
    • agora a lista não é mais [1, 2, 3], e sim [2, 3]
    • a lista não é vazia, não entra no if not lista
    • o primeiro elemento (2) não é igual ao alvo (4), então não entra no if lista[0] == alvo
    • faz a busca em lista[1:], que corresponde a [3]
      • agora a lista não é mais [1, 2, 3], e sim [3]
      • a lista não é vazia, não entra no if not lista
      • o primeiro elemento (3) não é igual ao alvo (4), então não entra no if lista[0] == alvo
      • faz a busca em lista[1:], que corresponde a []
        • agora a lista não é mais [1, 2, 3], e sim []
        • a lista é vazia, retorna False

Como pode ver, são criadas várias sub-listas (para uma lista inicial com N elementos, podem ser criadas até N sub-listas no pior caso - quando o elemento não existe na lista), o que é bem ineficiente. Um loop simples seria uma solução melhor (se não existisse o in, claro, que é a forma mais simples e idiomática).

Vale lembrar também que, se a lista for muito grande, toda essa quantidade de chamadas recursivas pode causar um estouro de pilha (exemplo). No caso do algoritmo acima, algumas linguagens conseguem otimizar a recursão em cauda e esse problema não ocorreria, mas o Python não faz essa otimização (obrigado ao @jsbueno por confirmar isso nos comentários).


Só para explicar em mais detalhes porque o seu algoritmo não funciona:

def busca(lista, alvo):
    primeiro = lista[0]
    restante = busca(lista[1:], alvo)

    if (primeiro == alvo):
        return True
    elif restante == alvo:
        return True
    else:
        return False

Supondo que a chamada seja busca([1, 2], 2):

  • pega o primeiro elemento (1)
  • faz a busca em lista[1:], que corresponde a [2]
    • pega o primeiro elemento (2)
    • faz a busca em lista[1:], que corresponde a []
      • pega o primeiro elemento (lista[0]), mas como a lista é vazia, dá IndexError

Ou seja, faltou verificar se a lista é vazia, e também verificar se o primeiro é igual ao alvo, antes de tentar buscar no restante da lista.

10
  • 1
    +1 pela explicação inicial, explicando o contexto de que recursão não é apropriado para esse caso, em Python – jsbueno 21/10/19 às 16:24
  • é legal comentar que em linguagens, hoje em dia mais relegadas a teoria de ciência da computação, esse algoritmo poderia ser eficiente comparado com outros recursos - em particular precisa-se de um baixo custo para chamada de funções, que não é o caso do Python - de preferência linguagens com a feature de "tail recursion optimization", em que em algumas circunstâncias a chamada recursiva tem custo equivalente à interação de um laço for. – jsbueno 21/10/19 às 16:31
  • 1
    "Vc sabe se o Python otimiza as chamadas recursivas quando há uma recursão em cauda? " Sei: não otimiza não. Tenho um post antigo de meta-programação criando um hack pra isso, mas o custo computacional é alto: metapython.blogspot.com/2010/11/… código: bitbucket.org/jsbueno/metapython/src/default/tailrecursion.py – jsbueno 21/10/19 às 16:38
  • 1
    fiz uma POC com tail-call-recursion optmization usando os recursos de asyncio: gist.github.com/jsbueno/7644e94bbaa4fbaa8b5e8f4d2bd71425 A ideia é um decorator que quando eu retorno uma chamada a própria função, eu retorno uma co-rotina (~task) - e o decorator cuida de recuperar o resultado. A execução da co-rotina acontece "fora" da stackframe - criando apenas um contexto de execução (Frame) por vez - aí não esbarra no "max recusion depth limit" do Python. (mas não necessariamente fica mais rápido) – jsbueno 22/10/19 às 21:01
  • 1
    (testei os tempos com a POC sim - fica umas 10x mais lento com todas as voltas que é necessário com a tail call optimization para chamadas perto do limite de recursão (1500 chamadas recursivas, por que tem o decotator). No entanto, pode-se esquecer do limite máximo de recursão - rodei o exemplo sem problemas com 150_000 chamadas (o limite normal do Python 3000) – jsbueno 22/10/19 às 21:33
0

Faça uma comparação se o tamanho da lista é maior do que 0 e depois outra comparação para verificar se o tamanho lista é maior do que 1.

Outra coisa é a comparação que resultar em erro restante == alvo, restante retorna uma booleana, por isso coloquei pra verificar se retorna True o restante.

Solução:

def busca (lista, alvo):
    if (len (lista) > 0):
        primeiro = lista[0]
    else:
        return False
    if (len (lista) > 1):
        restante = busca (lista[1:], alvo)
    else:
        restante = False
    if (primeiro == alvo):
        return True
    elif restante == True:
        return True
    else:
        return False

print(busca ([1, 1,2], 2))

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.