6

Estou estudando criptografia e peguei um exemplo em AES.

No código tem esse byte* e até mesmo *variavel e não consegui entender o que significa.

Este é o bloco que utiliza isto, citado acima:

 byte* byteArray = (byte*)unmanagedBytes.ToPointer();
 byte* pEnd = byteArray;
 while (*pEnd++ != 0) { }
 int length = (int)((pEnd - byteArray) - 1);
 secureStringBytes = new byte[length];
 for (int i = 0; i < length; ++i)
 {
      secureStringBytes[i] = *(byteArray + i);
 }

Este bloco está quase no final deste link.

14

byte não tem muito segredo é um tipo de dado que tem 1 byte e os valores possíveis dele vão de 0 à 255, é como se fosse um int, só que tem uma capacidade de representação menor de números diferentes.

O * aí não é multiplicação, isso é o que se chama de ponteiro, portanto quando você usa um byte * em uma variável está dizendo que o tipo desta variável é um ponteiro para byte e por isso ele é muito diferente do próprio byte, desta forma cria-se uma indireção e assim acessa o dado em si, o byte, de forma indireta através dessa variável.

Neste caso específico é usado para fazer aritmética de ponteiros, então vai navegando por um conjunto de bytes um por um. Não é muito diferente de ter um byte[] (internamente esta forma usa aritmética de ponteiro, mas de uma forma específica), mas é uma forma muito mais simples e eficiente. Pode ver aquele operador de incremento, ele não está somando 1 no valor do byte e sim no endereço dele, ou seja, ele está indo para o próximo endereço disponível ali, como é um tipo byte ele vai para o próximo byte. Você pode ir somando ao endereço indefinidamente, pode até acessar algum byte indevidamente, o controle é seu, não é como código C# normal que há um controle, e este é o motivo de ser eficiente. Este caso dá para ver que é seguro sem ter que verificar em cada operação se está dentro da área do objeto.

Isto só é usado quando precisa de muita performance ou fazer algo que o jeito padrão do C# não permite, e note que isto só é possível em um contexto unsafe já que perde-se um pouco da segurança de acesso à memória. Não a toa foi usado em criptografia.

Este trecho mostra bem como é semelhante ao array:

*(byteArray + i)

Isto é exatamente o mesmo que fazer:

byteArray[i]

Aquele código está pegando o endereço contido em byteArray, somando o valor de i e aí pegando o valor que está neste endereço (a tal da indireção), então o ponteiro (*) usado neste contexto é como se diz "acessar o valor contido neste endereço). O código do array mesmo tem verificações de segurança, por isso é mais lento.

Hoje C# tem formas diferentes de obter o mesmo resultado (uma delas), com mesma eficiência sem usar código unsafe e portanto ponteiros, mas nem todos cenários o ponteiro ainda é dispensável.

É extremamente raro precisar usar este tipo de coisa e quase todos programadores C# nunca usarão diretamente.

7

Resposta curta: * significa ponteiro, ou seja byte* significa ponteiro para byte. O uso de ponteiros significa, de forma rasa, que você vai lidar com a memória.

Para entender mais a fundo é só pegar algum conteúdo sobre ponteiros em C#, por exemplo: http://www.linhadecodigo.com.br/artigo/1659/usando-ponteiros-em-csharp.aspx

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.