0

Consegui fazer este exercício dentro da main, contudo o mesmo conceito não tem dado certo ao utilizar funções.

O objetivo do programa é simples, ler seis valores e exibi-los.

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>

int main(){
    int *i;
    int *valor[6];
    int temp = 0;

    i = (int *)malloc(sizeof(int));
    valor[6] = (int *)malloc(sizeof(int));

    for (*i=0; *i<6; *i = *i + 1){
        scanf("%d", (valor+*i));
    }

    for (*i=0; *i<6; *i = *i + 1){
        printf("%d\n", *(valor+*i));
    }
}

Como está o código que tenta cumprir o mesmo objetivo usando funções:

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>

void write(int *i, int *valor){
    for (*i=0; *i<6; *i = *i+1){
        scanf("%d", &valor[*i]);
    }
}

void read(int *i, int *valor){
    for (*i=0; *i<6; *i = *i+1){
        printf("%d\n", valor[*i]);
    }

}

int main(){
    int *i = 0;
    int *valor;

    i = (int *)malloc(sizeof(int));
    valor = (int *)malloc(sizeof(int)*6);

    write(&i, &valor);
    read(&i, &valor);
}
1

Isso daqui vai criar um array com 6 ponteiros de inteiros.

int *valor[6];

As posições desse array são numeradas de 0 a 5. Porém aqui, você atribui algo à posição 6, fora do array:

valor[6] = (int *)malloc(sizeof(int));

Isso daí é uma violação do tamanho do array. Deve funcionar por sorte apenas porque a área de memória invadida além do array não deve estar sendo utilizada para mais nada.

Aqui, ocorre algo estranho:

scanf("%d", (valor+*i));

Usar (valor+*i) é o mesmo que &valor[*i]. Apesar de equivalente, recomendo fortemente a segunda forma por ser muito mais legível e compreensível. Da mesma forma, *(valor+*i) é equivalente a valor[*i].

O erro está nessas duas linhas:

write(&i, &valor);
read(&i, &valor);

O que você queria era isso:

write(i, valor);
read(i, valor);

O motivo é que o & é normalmente usado para dar o endereço de memória de uma variável, criando então um ponteiro. Ocorre que i e valor já são ponteiros, e você quer passar o endereço de memória para o qual apontam. Ao usar um & em cada, você estaria passando o endereço de memória do ponteiro, criando um ponteiro-para-ponteiro, o que não é o que você quer.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.