3

No Inbox do Google permite a criação de lembretes e permite adiar os mesmos pra uma certa data e horário. O lembrete é então tirado da tela principal e quando chega essa exata data e horário ele volta pra la.

Dessa forma, o sistema agenda uma tarefa pra uma data e horário e quando chega essa data e horário ele executa o que foi agendado.

Eu achava que isso seria impossível na web pela seguinte razão: pelo que eu sei uma aplicação hospedada num servidor web (seja um site, uma API, ou outra coisa) só executa alguma coisa quando existe uma requisição. Dessa forma, a aplicação espera uma requisição, quando ela recebe ela executa o que foi pedido e volta a ficar ociosa.

Nesse caso que eu citei do Inbox não é o que acontece. Chega a data e horário agendados e o sistema realiza uma tarefa sem precisar de uma requisição pra isso. Também não é dizer que precise de client conectado, porque pelo que eu percebi acho que sem nenhum client conectado ele também faz.

Como posso fazer esse tipo de coisa num ambiente ASP.NET? Não digo nem com IIS necessariamente, porque agora com o ASP.NET 5 as opções de hospedagem vão aumentar bastante. Existe como ter esse recurso da aplicação executar uma determinada tarefa agendada sem depender de requisições? Se existe, como isso funciona?

  • Você pode ter um programa rodando no servidor que executa as tarefas. Este programa pode rodar baseado em um período de tempo ou em algum evento. Eu uso 2 soluções para este fim, o WebJob da azure e o HangFire. O webjobs permite que você rode um executável baseado em um tempo ou evento em queue ou blob. O Hangfire é mais limitado mas funciona muito bem para eventos disparados pelo seu site (embora ele funcione fora do asp.net também). – Leo 20/11/14 às 20:42
  • @Leo o Hangfire funciona tranquilamente nas vm do azure ? ou há incompatibilidade por causa do webjobs ? preciso de um gerenciador de background, pensei no webjobs mesmo, por usar azure, mas o Hangfire parece mais flexivel – Rod 19/05/15 às 18:30
  • @Rod, uso ele a mais de 6 meses em um website na azure e funciona 100%, nunca deu problema nenhum. Vai sem medo :D – Leo 19/05/15 às 22:33
  • @Rod, nunca usei o Hangfire, então não sei dizer se tudo que ele oferece o Web Jobs também oferece. Mas você tem outra opção também que são os cloud services. Neles você constroi aplicações N-tier sendo que você pode adicionar camadas de processamento em plano de fundo usando as worker roles e camadas contendo websites ou web apis com as web roles. Pesquise um pouco sobre isso, talvez te ajude. – SomeDeveloper 19/05/15 às 23:26
5

Essencialmente da mesma forma que você faria em uma tarefa não web. É igual ao que você faz no seu computador. Pode ser o agendador de tarefas do Windows, o cron existente em distribuições Linux e assemelhados, ou outro software agendador qualquer. A aplicação que roda no servidor é uma aplicação como outra qualquer.

Solução simples

Acho que o ideal é criar uma aplicação separada do resto da aplicação web propriamente dita. Nela você coloca o que precisa ser executado em background em tempos regulares e o que só serve ao que será executado no servidor. Em tese pode usar qualquer tecnologia para isto. Não precisa necessariamente estar ligado ao ASP.Net, mesmo que esta seja a tecnologia que você use no resto da solução. Assim não mistura com a aplicação que conversa diretamente com o cliente. Em alguns casos isso pode dar mais poder evitando problemas de segurança. Imagine essa aplicação que roda agendada precisa de privilégio elevado e está junto com o que o servidor HTTP executa. Perigoso, não?

Soluções prontas

Claro que estes agendadores precisam de permissão para seu uso. Nem toda hospedagem tem isto à disposição.

  • Obrigado @bigown, isso que tem no artigo do Scott Hanselman é o que eu precisava mesmo, além disso finalmente descobri a utilidade da Worker Role no Azure. Isso que você falou de criar uma aplicação separada da aplicação web é equivalente a separação Worker Role e Web Role do Cloud Services do Azure? – SomeDeveloper 21/11/14 às 0:11
  • 1
    Não conheço em detalhes essa tecnologia então não posso fazer uma avaliação. Dá para dizer que de certa forma sim, pelo menos o objetivo é o mesmo mas a forma de fazer e a capacidade de cada um é bem diferente. O que eu falei é fazer algo trivial independente de tecnologia. A não ser que tenha algum motivo para usar outra coisa é sempre o caminho que eu sigo. – Maniero 21/11/14 às 0:19

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.