-1

Para determinar se um grafo é conexo, estou colocando todos os vértices de uma mesma componente em um vetor de elementos e no final comparando se todos os vértices estão lá, porém ao adicionar esses elementos nesse vetor, estou caindo em um loop infinito. O método em questão:

bool ehconexo (Vertice G[], int ordem){
  int i, j, k;
  int pos = 0;
  int *arr = (int *) calloc(ordem, sizeof(int));
  int topo = 1;
  for (k = 0 ; k < ordem; k++){
    arr[k] = -1;
  }

  arr[0] = 0;
  i = 0;

  while (i < topo || topo != ordem) {    
    printf ("ordem %d\n", ordem);
    printf("topo: %d\n", topo);
    Aresta *aux = G[arr[i]].prim;

    for (; aux!=NULL; aux = aux->prox){
      for (j = 0; j < topo; j++){
         if (arr[j] == aux->nome){
           printf("Arr[j] %d", arr[j]);
           printf("Vértice %3d já incluso na pilha\n", aux->nome);
           break;
         }

         arr[topo] = aux->nome;
         printf("Vértice %3d incluido na pilha com sucesso!\n", arr[topo]);
         topo++;
         printf("topo: %d\n", topo);
      } 
    } 

    i++;
    printf("i: %d\n", i); 
  }
}
  • tem um comando de topo++; dentro do for (j = 0; j < topo; j++){.. assim, quando entrar, nunca sairá.. – rLinhares 13/09 às 16:04
  • Fiz isso e o loop parou, mas quando ele da o break, ele incrementa o topo, o que não deveria acontecer – tsnotrod 13/09 às 16:42
  • o único ponto q tem incremento em topo é o que falei.. tem certeza que está fazendo isso? – rLinhares 13/09 às 17:30
  • Não, quando aparece algum vértice que já está na pilha, ele adiciona da mesma forma e incrementa o topo. Se puder acessar esse link do repl.it, você verá ele rodando: repl.it/@RodrigoCosta1/grafosconexos – tsnotrod 13/09 às 19:06

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.