-2

A questão pede para usar pilha em um estacionamento,em que possui apenas uma entrada,que serve para saída também. Já fiz 80% da questão,meu problema principal está sendo na contagem de quantas vezes o topo foi removido.Por favor,quem puder me ajudar,ficarei grato

 package estacionamento;
import java.util.Scanner;
public class Estacionamento {
    public static void main(String[] args) {
      Pilha p = new Pilha(4);
      Pilha p2 = new Pilha(4);
      char mov = 0;
      int placa =0;
              Scanner s= new Scanner(System.in);
      for(int i = 0;i<p.ele.length;i++){
      do{
        System.out.println("Informe a movimentação do carro : ");
  mov=s.next().charAt(0);
     switch(mov){
         case 'E':
                 if(p.estaCheia()){
                     System.out.println("Estacionamento cheio!");    
                 }
                 else {
                     System.out.println("Por favor,informe a placa");
                  placa =s.nextInt();
              p.inserir(placa);
                     System.out.println(placa+" foi inserido");
                 }
            break;
         case 'S':
             System.out.println("Informe a posição do carro a ser retirado");
            int e = s.nextInt();
           while(i!=e){
               Object rem = p.remover();
               p2.inserir(rem);
           }

           while(p.inserir(p2.remover())){
           }
           ;
   }
       break;
   }  while(!p.estaCheia());
    }
            System.out.println(p);
}

}

CLASSE PILHA package estacionamento;

public class Pilha{

int topo;

T[] ele;





 public Pilha(int max){

        ele = (T[]) new Object[max];

        topo = -1;

    }

    public boolean estaCheia(){

        return topo == ele.length-1;

    }

    public boolean estaVazia(){

        return topo == -1;

    }

    public boolean inserir(T elem){

        if(!this.estaCheia()){

            topo++;

            ele[topo]= elem;

            return true;

        }

        return false;

    }

    public T remover(){



        if(!this.estaVazia()){



            return ele[topo--];



        }

        return null;

    }

      public String toString(){



            Pilha p2 = new Pilha( this.ele.length );

            String s = "[";
            while( !this.estaVazia() ){
                T a = this.remover();
               p2.inserir(a);
               s += a + ",";
            }
            s += "]";
            return s;
        }
}
  • Qual é o código da classe Pilha? Por que a placa do carro é um inteiro ao invés de uma String? Vejo que você tem duas pilhas e só a p é que você usa para contabilizar se o estacionamento está cheio, o p2 não deveria ser também considerado? – Victor Stafusa 12/09 às 19:29
  • Boa noite,eu usei um int,pois a String não estava aceitando dentro do swtich...E a segunda pilha serve para reorganizar os carros.A primeira pilha,emplilha normalmente e a segunda é uma auxiliar – user160874 12/09 às 22:15
1
  1. A indentação do seu código está uma bagunça. Reindentando o seu código, chega-se nisso:
package estacionamento;
import java.util.Scanner;

public class Estacionamento {
    public static void main(String[] args) {
        Pilha p = new Pilha(4);
        Pilha p2 = new Pilha(4);
        char mov = 0;
        int placa = 0;
        Scanner s = new Scanner(System.in);
        for (int i = 0; i < p.ele.length; i++) {
            do {
                System.out.println("Informe a movimentação do carro : ");
                mov = s.next().charAt(0);
                switch(mov) {
                    case 'E':
                        if (p.estaCheia()) {
                            System.out.println("Estacionamento cheio!");
                        }
                        else {
                            System.out.println("Por favor,informe a placa");
                            placa = s.nextInt();
                            p.inserir(placa);
                            System.out.println(placa + " foi inserido");
                        }
                        break;
                    case 'S':
                        System.out.println("Informe a posição do carro a ser retirado");
                        int e = s.nextInt();
                        while (i != e) {
                            Object rem = p.remover();
                            p2.inserir(rem);
                        }
                        while(p.inserir(p2.remover())) {
                        }
                        ;
                }
                break;
            } while (!p.estaCheia());
        }
        System.out.println(p);
    }
}
package estacionamento;

public class Pilha<T> {
    int topo;
    T[] ele;

    public Pilha(int max) {
        ele = (T[]) new Object[max];
        topo = -1;
    }

    public boolean estaCheia(){
        return topo == ele.length-1;
    }

    public boolean estaVazia() {
        return topo == -1;
    }

    public boolean inserir(T elem) {
        if (!this.estaCheia()) {
            topo++;
            ele[topo]= elem;
            return true;
        }
        return false;
    }

    public T remover() {
        if (!this.estaVazia()) {
            return ele[topo--];
        }
        return null;
    }

    public String toString() {
        Pilha p2 = new Pilha(this.ele.length);
        String s = "[";
        while (!this.estaVazia()) {
            T a = this.remover();
            p2.inserir(a);
            s += a + ",";
        }
        s += "]";
        return s;
    }
}
  1. A implementação do método toString() da classe Pilha é uma das piores que já vi, pois ele destrói a pilha em questão. Isso está muito muito MUITO errado! Você está retirando todos os elementos da pilha e os salvando em p2. Ocorre que p2 vai para o coletor de lixo quando o toString() termina. Chamar o método toString() NUNCA deveria produzir efeitos colaterais seja no objeto no qual ele foi chamado ou seja em qualquer outro.

  2. Arrays não se dão bem com tipos genéricos e há (ou ao menos deveria haver) poucas razões para se querer usar arrays ao invés de listas. Use listas.

  3. Ao usar uma lista dentro da classe Pilha, você não vai mais precisar da variável topo.

  4. Muito dificilmente você vai ter interesse em usar a visibilidade de pacote, então não esqueça o modificador private ou public.

  5. Use nomes de variáveis descritivos. Não é isso que está ocorrendo com o ele e com mov, por exemplo.

Com isso, o código da sua classe Pilha fica assim:

package estacionamento;

import java.util.ArrayList;
import java.util.List;

public class Pilha<T> {
    private final int max;
    private final List<T> elementos;

    public Pilha(int max) {
        this.max = max;
        this.elementos = new ArrayList<>(max);
    }

    public boolean estaCheia() {
        return max == elementos.size();
    }

    public boolean estaVazia() {
        return elementos.isEmpty();
    }

    public boolean inserir(T elem) {
        if (this.estaCheia()) return false;
        elementos.add(elem);
        return true;
    }

    public T remover() {
        return this.estaVazia()) ? null : elementos.remove(elementos.size() - 1);
    }

    @Override
    public String toString() {
        return elementos.toString();
    }
}
  1. Evite declarar variáveis em um escopo maior do que o necessário. Isso está ocorrendo com as variáveis mov que poderia ser declarada apenas dentro do do-while e placa que poderia ser declarada apenas dentro do else.

  2. Quando o seu programa começa a ficar complicado (switch dentro de do-while dentro de for) é uma boa ideia dividí-lo em classes e em funções menores. Em especial, se você ver que você pode ter um objeto do tipo Estacionamento e separar o que há no case 'E' e no case 'S' em métodos menores, as coisas vão ficar bem mais fáceis.

  3. Não viole o encapsulamento de objetos com coisas como p.ele.length. Aqui, p é um dado interno do main e até aqui, tudo bem o main acessá-lo. Entretanto, ele é um dado interno de p, e portanto, neste ponto, o main está acessando um dado interno de um dado interno. Acessar o dado interno de um dado interno é uma violação do encapsulamento.

  4. O motivo pelo qual você não consegue usar o Scanner para ler texto é este daqui.

  5. Se sua classe Pilha é genérica, então você deveria utilizá-la como tal dentro do método main. Utilizar classes genéricas sem os tipos genéricos é uma má prática de programação.

  6. Você só precisa da sua p2 enquanto estiver removendo carros. Assim sendo é conveniente que a p2 só seja criada e utilizada nessa ocasião.

  7. Há um break dentro do do-while que faz com que ele pare sempre logo na primeira interação. Acho que isso está errado e era para o break estar dentro do case 'S'. Novamente, este tipo de confusão é comum quando você não indenta o seu código.

  8. Não tem sentido rodar o for quatro vezes, considerando que o que ocorre no do-while poderia adicionar e retirar carros a vontade (não fosse o problema do item 13). Faz muito menos sentido ainda usar o índice do for na remoção de carros.

  9. O while(p.inserir(p2.remover())) vai dar problema quando o remover retornar null.

  10. Saber a hora que o programa deve parar, considerando o for e o do-while é meio complicado. Melhor fazer o programa parar apenas quando o usuário pedir por isso (por exemplo, digitando X ao invés de S ou E).

  11. Tentar retirar um carro quando a pilha já está vazia, não vai dar certo. O mesmo se você quiser tirar o terceiro carro se só houver um, ou algo assim. Com um if a mais, podemos nos proteger disso.

  12. Para contar quantas vezes o topo foi removido, basta você incrementar um contador dentro do while que remove os carros.

Seu código Estacionamento fica assim:

package estacionamento;
import java.util.Scanner;

public class Estacionamento {

    private final Scanner scan;
    private final Pilha<String> p1;
    private final Pilha<String> p2;
    private int remocoesSofridas;

    public Estacionamento(int max) {
        this.scan = new Scanner(System.in);
        this.p1 = new Pilha<>(max);
        this.p2 = new Pilha<>(max);
        this.remocoesSofridas = 0;
    }

    public static void main(String[] args) {
        Estacionamento e = new Estacionamento(4);
        while (e.mover()) {}
        System.out.println(e);
        System.out.println("Total de vezes que o topo foi removido: " + e.remocoesSofridas);
    }

    private boolean mover() {
        System.out.println("Informe a movimentação do carro: ");
        char mov = scan.nextLine().charAt(0);
        switch(mov) {
            case 'E':
                e.adicionar();
                return true;
            case 'S':
                e.retirar();
                return true;
            case 'X':
                return false;
            default:
                System.out.println("Desculpe, não entendi isso.");
                return true;
        }
    }

    private void adicionar() {
        if (p1.estaCheia()) {
            System.out.println("Estacionamento cheio!");
        } else {
            System.out.println("Por favor, informe a placa: ");
            String placa = scan.nextLine();
            p1.inserir(placa);
            System.out.println(placa + " foi inserido.");
        }
    }

    private void retirar() {
        Pilha<String> p2 = new Pilha<>(p1.tamanho());
        System.out.println("Informe a posição do carro a ser retirado: ");
        int posicao = Integer.parseInt(scan.nextLine());
        if (posicao + 1 >= p1.tamanho()) {
            System.out.println("Não podemos retirar o carro " + i + " pois o último é o " + (p1.tamanho() - 1) + ".");
            return;
        }
        while (p1.tamanho() > posicao) {
            String rem = p1.remover();
            p2.inserir(rem);
            remocoesSofridas++;
        }
        String placaRemovida = p2.remover();
        while (!p2.estaVazia()) {
            p1.inserir(p2.remover());
        }
        System.out.println("O carro removido foi o " + placaRemovida);
    }

    @Override
    public String toString() {
        return p1.toString();
    }

    public boolean estaCheia() {
        return p1.estaCheia();
    }
}
  • Mas mano...o código da Pilha é o que o professor mandou... – user160874 13/09 às 0:11
  • Obrigado por responder – user160874 13/09 às 14:32

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy