2

Boa tarde. Há uma semana estou tentando fazer uma mágica no RMarkdown mas não consigo. Bom, vamos lá.

Contextualizando: Eu preciso escrever diferentes PDFs (ou html) com diferentes conteúdos. No caso, este conteúdo diferente são apenas variáveis (temp minima, temp máxima... em casa pdf esses valors são diferente). Eu já fiz um código que pega os arquivos do sql, monta a base pra cada dia, e monta diferentes .txt com diferentes mensagens.

O que eu preciso agora é SALVAR diferentes PDFs (ou html) de forma automática usando o RMarkdown.

A justificativa disso é que estes PDFs/html são relatórios que serão enviados semanalmente a diferentes destinatários.

resumindo: Preciso criar PDFs/Html diferentes com conteúdo diferentes de forma automática.

fechada como fora de escopo por Dherik, Marcus Nunes, Maniero 30/08 às 11:35

Esta pergunta parece não pertencer ao site. Segundo os usuários, este foi o motivo:

  • "Apesar de ser sobre programação, esta pergunta não parece atender os critérios mínimos de qualidade e detalhamento para um site de perguntas e respostas. As perguntas aqui precisam ser para problemas específicos, práticos ou conceituais sobre algoritmos, ferramentas e técnicas de programação e desenvolvimento de software. Melhore a pergunta." – Maniero
Conheça as regras na central de ajuda e edite a pergunta para que fique adequada.

  • Olá! Consegue nos fornecer algum código que já tentou e exemplificar melhor o que deseja fazer? – Dherik 28/08 às 20:47
2

Vou mostar aqui duas opções por meio de um exemplo. O exemplo será um data frame com duas colunas. Para cada linha da coluna, vou criar um Rmd que vai fazer a soma das duas colunas.

Opção 1: um script R e um script Rmd

Você terá um script R principal que fará as análises e vai chamar o escript Rmd em um loop. O script Rmd terá então as diferentes variáveis que serão definidas no script R.

Script R:

# definir dados
df <- data.frame(a = rnorm(10), b = rnorm(10))

for(i in 1:nrow(df))
{
  rmarkdown::render('doc.Rmd', output_file = paste0('doc_linha_', i, '.pdf'))
}

Script Rmd:

---
  output: pdf_document
---

A média da linha `r i` do data frame `df` é:

```{r,echo=FALSE}
  mean(as.numeric(df[i, ]))
```

Como renderizamos o documento Rmd no mesmo environment que definimos o data frame df, não terá nenhum problema. Uma outra opção é o argumento params da função rmarkdown::render()

Opção 2: somente um script R

Essa opção é interessante quando precisamos que o texto seja tão flexível quanto o código. No seguinte exemplo vamos adicionar o nome da linha presente no data frame como parte do texto no documento markdown:

# definir dados
df <- data.frame(a = rnorm(10), b = rnorm(10), names = paste('Linha', LETTERS[1:10]))

# Para cada loop
  # 1. criamos um documento markdown
  # 2. renderizamos o documento em pdf

for(i in 1:nrow(df))
{
  # criar documento rmarkdown
File = paste0('---
  title: Título para ', df[i, 'names'], '
  output: pdf_document
---

A média da ', print(df[i, 'names']), ' do data frame `df` é:

```{r,echo=FALSE}
  mean(as.numeric(df[i, ]))
```
')

  # salvar documento
  writeLines(File, 'doc.Rmd')

  # renderizar documento
  rmarkdown::render('doc.Rmd', output_file = paste0('doc_linha_', i, '.pdf'))
}

# deletar documento temporário
file.remove('doc.Rmd')

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.