0

Tenho as seguintes classes:

public class Aluno
{
    public String Nome { get; set; }
    public String Ra { get; set; }
    public Decimal NotaB1 { get; set; }
    public Decimal NotaB2 { get; set; }


    public Decimal getMedia()
    {
        return (NotaB1 + NotaB2) / 2;
    }

}

 public class AlunoTecnologo : Aluno
{
    public Decimal NotaPim { get; set; }

    public Decimal getMedia()
    {
        return NotaPim * 0.2m + base.getMedia();
    }
}

Estou simulando a persistência dos dados em um BD, dessa maneira criei a seguinte classe onde eu crio uma lista para salvar os alunos em memória:

public class AlunoDao
{
    private List<Aluno> alunos;

    public AlunoDao()
    {
        alunos = new List<Aluno>();
    }

    public void Adicionar(Aluno aluno)
    {
        alunos.Add(aluno);
    }

    public List<Aluno> Listar()
    {
        return new List<Aluno>(alunos);
    }
}

Porém ao salvar um AlunoTecnologo nessa lista, a média é calculada com o método da classe Aluno e não da classe AlunoTecnologo onde uma nota a mais é inserida. Segue exemplo de como ficou o código:

static void Main(string[] args)
    {
        Aluno vizu = new Aluno()
        {
            Nome = "Joao Vizu",
            Ra = "N300361",
            NotaB1 = 7.5M,
            NotaB2 = 10M
        };

        AlunoTecnologo lais = new AlunoTecnologo()
        {
            Nome = "Lais Silva",
            Ra = "545454",
            NotaB1 = 7.5M,
            NotaB2 = 10M,
            NotaPim = 9M
        };

        AlunoDao dao = new AlunoDao();

        dao.Adicionar(vizu);
        dao.Adicionar(lais);

        foreach (Aluno aluno in dao.Listar())
        {
            Console.WriteLine($"Nome: {aluno.Nome}\tNotaB1: {aluno.NotaB1}\tNotaB2: {aluno.NotaB2}\tMedia: {aluno.getMedia()}");
        }

        Console.ReadKey();
    }

O que devo fazer para que eu consiga adicionar nessa lista os dados corretos de cada aluno, seguindo a herança? Teria que criar uma classe DAO para o AlunoTecnologo?

2

Neste caso você não deve criar um novo DAO, afinal está usando herança. Dá até pra questionar se deveria ter essa herança por causa do princípio de Liskov, mas depende de alguns fatores que não sabemos sobre seu problema. Vou considerar que a herança é realmente necessária (eu acho que a modelagem está errada, mas é um erro que quase todo mundo comete e acham que está certo por isso não vou focar nesse ponto).

O DAO é para cuidar dos alunos, não importa quais, então ele está correto. O que você precisa é de polimorfismo, assim o método correto será chamado.

Vamos consertar alguns outros problemas do código? Não vou corrigir todos, por exemplo não irei criar construtor.

using static System.Console;
using System.Collections.Generic;

public class Program {
    public static void Main(string[] args) {
        var vizu = new Aluno() {
            Nome = "Joao Vizu",
            Ra = "N300361",
            NotaB1 = 7.5M,
            NotaB2 = 10M
        };
        var lais = new AlunoTecnologo() {
            Nome = "Lais Silva",
            Ra = "545454",
            NotaB1 = 7.5M,
            NotaB2 = 10M,
            NotaPim = 9M
        };
        var dao = new AlunoDao();
        dao.Adicionar(vizu);
        dao.Adicionar(lais);
        foreach (Aluno aluno in dao.Listar()) WriteLine($"Nome: {aluno.Nome}\tNotaB1: {aluno.NotaB1}\tNotaB2: {aluno.NotaB2}\tMedia: {aluno.Media}");
    }
}

public class Aluno {
    public string Nome { get; set; }
    public string Ra { get; set; }
    public decimal NotaB1 { get; set; }
    public decimal NotaB2 { get; set; }
    public virtual decimal Media => (NotaB1 + NotaB2) / 2;
}

 public class AlunoTecnologo : Aluno {
    public decimal NotaPim { get; set; }
    public override decimal Media => NotaPim * 0.2m + base.Media;
}

public class AlunoDao {
    private List<Aluno> alunos;
    public AlunoDao() => alunos = new List<Aluno>();
    public void Adicionar(Aluno aluno) => alunos.Add(aluno);
    public List<Aluno> Listar() => new List<Aluno>(alunos);
}

Veja funcionando no ideone. E no .NET Fiddle. Também coloquei no GitHub para referência futura.

Fiz mudanças que usam uma forma mais limpa e moderna de codificar além de seguir padrões de nomenclatura do C#. Mas o que importa para você aí é tornar o método virtual, assim ele pode ser escolhido entre o método do objeto real e não ao tipo geral que está declarado na lista. Estude o assunto para entender melhor o mecanismo.

Fiz essa propriedade porque é o jeito mais adequado e idiomático do C#, o jeito feito na pergunta é coisa de outra linguagem.

Em um banco de dados você terá que ter uma tabela única com todos os campos usados em todas tabelas derivadas de Aluno. Ou então ter tabelas separadas, aí cai no que eu disse que a herança talvez não seja o caso. Se fizer várias tabelas não deverá usar herança. As pessoas não entendem a implicação da herança e como isto não pode ser realizado corretamente em um banco de dados (até pode, mas fica sem sentido, você terá uma tabela apenas com referências para outras). Pode ser que o que deseja é implementar papéis e não herança. Este tipo de herança nem sempre encaixa bem no mundo real e facilita cometer alguns erros, isto se ele não violar Liskov.

Se abandonar a herança aí seria o caso de ter 2 ou mais DAOs ou adotar algo mais adequado porque aí passa ter coisas completamente separadas, aina que relacionadas, você passa ter um modelo relacional.

Por vezes questiono o uso de DAOs, neste caso ficou claro que está usando como abstração e no momento está fazendo só na memória mas um dia quer poder trocar para o banco de dados. O problema é que nem sempre o modelo que deu certo na memória dará certo no banco de dados, por isso que eu falo que a generalização não é tão simples quanto as pessoas imaginam. Explico em detalhes sobre em outra resposta.

0

Sim você precisa criar uma outra "Dao" e também outra tabela.

Veja que a herança funciona bem, acontece que, na sua Dao você uma lista de Aluno, e ele aceita um AlunoTecnologico porque este herda de Aluno, mas o objeto será tratado como Aluno, ou seja, vai usar o método getMediade Aluno, por isso não calcula como você espera, e nem deveria, porque a classe Aluno não tem a propriedade NotaPim, obviamente daria um erro :)

Além disso, falando em BD, sua tabela "Aluno" não deve ter um atributo "NotaPim", por isso vai perder esse valor.

Para o seu exemplo, a solução mais simples de implementar/entender pode ser criar duas tabelas e duas classes "DAO", para Aluno e AlunoTecnologico. Você não disse qual o banco de dados está usando, mas em geral BD não implementa essa estrutura de herança, então melhor cada entidade separada.

Você claro pode fazer uma solução mais elaborada e mais correta do ponto de vista de modelo:

Criar a tabela "Aluno", a tabela "AlunoTecnologico" e essa ter só os atributos que não tem em "Aluno", ou seja, "NotaPim", e adicionar uma chave para "Aluno".

Veja que estou assumindo que está usando um banco de dados relacional (mysql, sql-server, oracle, etc). Daí colocar a lógica para gravar em ambas as tabelas e também recuperar o valor de ambas na "DAO", mas isso daria bem mais trabalho, como está estudando C#, talvez não seja a melhor opção para esse momento.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.