3

O que acontece se eu colocar uma foreign key como UNIQUE em uma tabela?

Eu testei essa possibilidade mas talvez eu tenha entendido errado, se aplicarmos uma UNIQUE em uma foreign key e inserimos o valor errado nessa tabela, esse mesmo valor que foi inserido não será consultado no inner join, pois o id da tabela 1 não bate com o idda tabela 2 (que seria a chave estrangeira)

inserir a descrição da imagem aqui

Nessa imagem o campo User_idUser (UNIQUE) ele é uma chave estrangeira da Tabela User, a próxima imagem é da tabela usuário com um inner join

inserir a descrição da imagem aqui

  1. Não sei se isso se aplica a normalização, mas isso não é uma forma de não repetirmos os dados na tabela?

  2. E sobre o dado que está lá presente mas no banco mas não foi consultado com o inner join o que fazemos com ele?

  • 2
    rapaz que pergunta maluca, qual tipo de relacionamento deve essas duas tabelas? – Virgilio Novic 9/08 às 20:34
  • Acho que vou remover, pois vai ficar fora do escopo, mas a pergunta central é: Teria algum problema eu inserir uma restrição de UNIQUE na minha chave estrangeira? – Rodrigo Pires 9/08 às 20:37
  • 1
    Colocar UNIQUE como restrição não tem nenhuma influência na junção, o que acontece é que você deixa o relacionamento como sendo (0,1):1. No seu caso o significado é que cada user só pode estar relacionado a no máximo 1 celular. – anonimo 9/08 às 20:38
  • 1
    Depende do proposito ... porque unique garante que na relação só tenha um código e não pode duplicar ... !!! – Virgilio Novic 9/08 às 20:39
  • Este modelo está estranho pois se a relação é 1:1 em tese deveria estar tudo na mesma tabela , mas só entendendo o problema para opinar , mas um campo pode ser fk e unique. – Motta 9/08 às 22:54
1

Você pode, sim, adicionar a restrição UNIQUE a qualquer coluna que desejar, incluindo colunas de foreign keys.

Essa é uma das estratégias possíveis para forçar relacionamentos do tipo 1 para 1 em tabelas separadas.

Fazer isso não é tão comum, pois dados relacionados 1 para 1 são normalmente armazenados em uma mesma tabela do banco de dados.

Mas existe, sim, alguns casos de usos reais, sendo o principal deles, o caso em que a segunda tabela é muito raramente populada. Esse cenário está relacionado com o tópico Armazenamento de Matrizes Esparsas (http://www.inf.ufes.br/~luciac/mn1/armazenamento-matrizes-esparsas.pdf), e está exemplificado abaixo:

Tabela 1
+------------------------------+
| id email                     |
+------------------------------+
| 1 email1@email.xyz           |
| 2 email2@email.xyz           |
| 3 email3@email.xyz           |
| 4 email4@email.xyz           |
| 5 email5@email.xyz           |
| ...                          |
| 99999999 email9999@email.xyz |
+------------------------------+

Tabela 2
+----------------------------------------------------------------------+
| id tabela1_id coluna1 coluna2 coluna3 coluna4 coluna5 ... coluna1000 |
+----------------------------------------------------------------------+
| 1 5 1 0 1 0 1 ... 1                                                  |
| 2 9999 1 1 1 1 1 ... 0                                               |
| 3 999999 1 1 1 1 1 ... 0                                             |
+----------------------------------------------------------------------+

No cenário acima, você tem 99.999.999 registros na Tabela 1, mas apenas 3 registros na Tabela 2 (nesse exemplo, a coluna tabela1_id é foreign key com restrição UNIQUE). E como a Tabela 2 é muito extensa (1000 colunas), você poupou espaço de armazenamento.

Vamos estimar a economia de espaço de armazenamento acima: você deixou de armazenar 1000 colunas para 99.999.999 - 3 registros, ou seja, 99.999.996.000 valores a menos não foram armazenados no banco. Supondo que cada valor não armazenado economize 1 bit de espaço, teríamos uma economia de mais de 11 gigabytes (1000*(99999999-3)/8/1024/1024/1024).

Claro que esse exemplo é apenas ilustrativo, pois os bancos de dados podem possuir algumas otimizações para economizar espaço de armazenamento com matrizes esparsas.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.