1

Preciso de uma função (copia_lista, abaixo transcrita) que recebe duas listas, dest e orig, e copia o conteudo de orig para dest, vide exemplo abaixo:

>>> a = [8, 9]
>>> b = [1, 2, 3, 4]
>>> copia_lista(a, b)
>>> a
[1, 2, 3, 4]
>>> b
[1, 2, 3, 4]

O código que implementei abaixo não funciona. Alguém saberia me explicar o por que?

def copia_lista(dest, orig):
    ''' (list, list) -> None'''

    dest = orig.copy()
5

Não vejo isso como algo útil para produção, mas supondo que é apenas um exercício, vamos lá.

def copia_lista(dest, orig):
    ''' (list, list) -> None'''
    dest = orig.copy()

Quando você faz isso você basicamente está criando um objeto dest novo, no escopo local da função, que neste escopo, sobrescreverá o objeto dest recebido como parâmetro. Quando a função termina de executar, o escopo local é finalizado e o objeto dest que você criou é perdido, mantendo inalterado o dest original.

Como lista é um tipo mutável, basta você apenas alterar o objeto sem fazer uma nova atribuição.

def copia_lista(dest, orig):
    ''' (list, list) -> None'''
    dest.clear()  # Remove os elementos de dest
    for item in orig:
        dest.append(item)

Desta forma,

>>> a = [8, 9]
>>> b = [1, 2, 3, 4]
>>> copia_lista(a, b)
>>> a
[1, 2, 3, 4]
>>> b
[1, 2, 3, 4]

Uma forma mais simples de executar a mesma lógica seria:

def copia_lista(dest, orig):
    ''' (list, list) -> None'''
    dest[:] = orig

Produzindo o mesmo resultado.

2

Segundo essa resposta, no momento que você faz:

dest =orig.copy()

O que o interpretador faz é pegar o nome (ou "etiqueta") dest, do escopo interno, e colocar ela no objeto retornado pelo método orig.copy(). O nome a da chamada da função continua atrelado ao mesmo objeto original.

Uma forma de fazer isso seria modificar sua função para ter um retorno, e esse retorno ser atribuído a variável desejada:

def copia(orig):
    return orig.copy()
a=copia(b)
1

Não entendi a utilidade do código, mas de modo direto ficaria assim:

import copy


def copia_lista(lista):
    '''Retorna a cópia de uma lista. '''
    return copy.copy(lista)

lista_A = [1, 2, 3]

copia = copia_lista(lista_A)    

lista_A.append(9)

print(copia) # [1, 2, 3]
print(lista_A) # [1, 2, 3, 9]

Dessa forna você possui duas listas alocadas em partes diferentes na memória podendo manipular uma e mantendo a original intacta. Espero ter ajudado.

0

Tem um outro jeito menos eficiente, porém faz a mesma coisa e quantos mais métodos melhor, já q pode ser aplicado em outras situações.

def Copiar(B):
    for i in B:
        A.append(i)


A=[1,2,3,4]
B=[5,6,7,8]

Copiar(B)

print(A)
print(B)

Aí está a atribuição sem retorno era oq vc estava tentando fazer.

  • 1
    O único detalhe é que ela mantém os valores iniciais da lista, enquanto seria esperado, dada a pergunta, que eles fossem removidos. – Anderson Carlos Woss 8/08 às 21:07
  • Isso.. mas eu acho q era isso q ele estava tentando fazer, já q ele passou duas listas e ficou insatisfeito pelo retorno Iguais... a lógica q eu ele tipo penso foi... com a def copia(a,b) tipo copiá b é junta com a n sei.. só presumo, independente disso agora ele contém mais conhecimento adquirido :) – SilvioHC 8/08 às 21:36

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.