3

Ao definir o tamanho de uma string e não usar todo o espaço na memória reservado, após o \0 o restante será liberado?

char nome[40] = "carlos";

No exemplo acima declaro uma string com tamanho 40, porem o conteúdo da variável só ocupa 6. Minha dúvida é se o restante da memória (33 bytes) reservada para string será liberada.

  • 1
    Podes não definir um tamanho: char nome[] = "carlos"; – Joy Peter 18/07 às 15:52
6

Primeiro, sem o contexto de onde esta declaração está fica complicado dar uma boa resposta. Se ela for global é uma coisa, se for local é outra. Vou considerar que é local, mas se for global não é assim que funciona.

A forma como declarou a variável irá ocupar 40 bytes sendo que 39 poderão ser usados para colocar caracteres (strings sempre precisam de 1 byte terminador). Isto é fixo não importa se você colocar menos. E se colocar mais nada irá impedir, vai corromper a memória.

Deve estar pensando que isto é desperdício, e de certa forma é, mas não é tanto quanto deve estar pensando. Como isto está em stack (leia mais sobre) o espaço dele todo já está alocado quando começa executar, então não muda o consumo geral da aplicação, a única ocupação é que uma parte da pilha será reservada para esta variável e este espaço será de 40 bytes. Note que na compilação não alocará 40 bytes em lugar algum, só na execução da função isto ocorrerá.

Mas não é o único consumo. O texto carlos\0 ocupará 7 bytes na execução (e ocupará espaço na memória quando o executável for carregado). Ele ficará em uma área chamada Data Segment. Quando for executar a função esse dado será copiado do Data Segment para o stack, então tem um custo de processamento (ao contrário que muita gente pensa em C tem processamentos escondidos em operações que parecem não ter).

Existe um ponto importante sobre isto que é o fato de você poder manipular o que está no stack. Pode por outro valor ali sem maiores custos (não precisa criar outra variável e copiar pra lá) e não passando de 39 caracteres não corrompe a memória, e isto é outro ponto importante.

Está desperdiçando 33 bytes? Eu não posso afirmar sem contexto, mas acho que não. Está preparado para trabalhar com até 39 caracteres e pode ser bem útil ter esse espaço extra, mesmo que acabe não usando sempre. Seria um desperdício se nunca usar mais que os 6 caracteres, nunca mudar esse valor para mais. Mesmo assim não é algo tão grave se não tiver isso muitas milhares de vezes. De fato programadores experientes fazem uso de uma reserva maior com muita frequência, inclusive porque a economia do espaço pode exigir o uso do heap (já deve ter lido sobre no link acima) que é muito mais complicado manipular. Tudo em computação é tradeoff, então as pessoas preferem ocupar um pouco mais de stack do que ter que alocar em um local caro e complicado.

Então esqueça esse desperdício se deseja ter espaço para colocar outro texto maior. E tem a vantagem de poder modificar seu conteúdo.

Se realmente está usando mais do que deveria para o seu problema então pode fazer assim:

char nome[] = "carlos";

Isto ocupará 7 bytes no Data Segment e 7 bytes no stack toda vez que executar a função que tem essa declaração. É melhor se você garante que o texto nunca passará de 6 caracteres.

Mas se ele nunca passará de 6 caracteres provavelmente ele nunca mudará, então para que copiar para o stack? Se você declarar assim:

char *nome = "carlos";

não fará uma cópia. A string fica só no Data Segment e nome será só um ponteiro indicando que o texto está no Data Segment. E você não pode mudar nada nela, nem tamanho, nem mesmo mudar um caractere por outro. Esta é a forma mais econômica em espaço (ocupa nada no stack) e processamento, desde que você possa abrir mão de modificação dela.

É mais econômica na maioria dos casos, não nesse, embora dê quase no mesmo. Se você estiver usando uma arquitetura 64bits haverá um ponteiro de 8 bytes no stack para apontar para o Data Segment, que é mais que os 7 bytes que o texto ocuparia. Ainda seria vantajoso pelo custo de cópia não existir.

Pra finalizar, um ponteiro não especifica tamanho da string, sua função é outra. Não declarar o tamanho sendo com array ou ponteiro, desde que o dado seja inicializado, fará com que o tamanho seja o mesmo da inicialização, ou seja, acontecerá uma inferência, e não desperdiçará nada (perdendo a flexibilidade de poder ter um texto maior), se é o que deseja.

0

Uma vez declarado char nome[40] irá ser alocado 40 char na memoria no momento da compilação, esse valor não pode ser alterado, porém você pode utilizar um ponteiro para especificar o tamanho do vetor na declaração da variável.

char nome[40] = "carlos"; // 40 bytes
char *nome2 = "carlos"; // 6 bytes
  • 2
    "esse valor não pode ser alterado", ficou estranho; não posso alterar (re)alocando a memória? – Anderson Carlos Woss 18/07 às 16:23
  • @AndersonCarlosWoss este meu exemplo foi num contexto estático, e até onde conheço C a maneira de realocar é usando o realloc() quando as variáveis foram declaradas usando malloc() o que não foi no meu caso. Se existe alguma maneira de realocar variáveis estaticamente alocadas eu não lembro no momento. – Vinicius Fernandes 18/07 às 16:50
  • 1
    Vale mencionar que embora válidas, essas duas instruções não representam exatamente o mesmo. A string nome é alterável e você pode fazer algo como nome[0] = 'M'; ao passo que o mesmo já não é correto para a string nome2. Em acrescimo a string nome2 ocupa 7 bytes pois precisa na mesma do terminador – Isac 18/07 às 17:25
-1

Da maneira como você fez você está atribuindo à variável nome a variável carlos. Creio que não é o que você deseja.

Em C utiliza-se a função strcpy, de <string.h>, para copiar strings. Estude sobre array e ponteiros para entender.

Para inicializar uma string você pode utilizar:

char nome[40] = "carlos";

A declaração acima reservará uma área de memória de 40 bytes, utilizará apenas 7 bytes desta área (existe um caractere terminador '\0' que indica o final da string) e o restante ficará reservado podendo ser utilizado em operações posteriores, por exemplo em uma concatenação.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.