3

Vi alguns HTML Helpers assim: @Html.LabelFor(x => x) e @Html.LabelFor(model => model.Propriedade), porém, não entendo esse parâmetro que devo passar, x => x, o que é isso?

  • Entendi, mas aonde o DisplayName entra nisso? O resultado em HTML não devia ser: <label for="SuaPropriedade">Propriedade do model</label>? – andré 8/11/14 às 13:31
  • Adicionei uma resposta mostrando como o LabelFor chega até o DisplayName da propriedade indicada pela lambda. Se sobrar alguma dúvida é só falar! Abç – Miguel Angelo 8/11/14 às 20:25
  • Continuo sem entender o uso do lambda, para mim, faria mais sentido assim: @Html.LabelFor(Model.Propriedade) – andré 8/11/14 às 21:24
  • Dessa forma, você estaria passando o valor da propriedade para o helper. Imagine que exista essa propriedade na classe do modelo: [Display(Name="Nome da pessoa")] public string Name { get; set; }, com o valor "Miguel Angelo" atribuido a ela... Se fosse da forma que você disse, não haveria diferená entre @Html.LabelFor(Model.Name) e @Html.LabelFor("Miguel Angelo"). Não é o valor da propriedade que queremos passar, mas sim, algo que seja capaz de identificar de qual propriedade obter o DisplayName, que é informação dada através do atributo Display: "Nome da pessoa". – Miguel Angelo 8/11/14 às 22:59
  • Eu consegui entender o resultado disso, porém, não consigo entender a sintaxe do lambda, oque quer dizer x => x.Propriedade, por que X? por que não Y? Como o C# reconhece X como o Model? – andré 9/11/14 às 17:28
6

Objetivo do parâmtero x => x....

Esse parâmetro é usado para que o helper, no caso LabelFor saiba qual é a propriedade do seu objeto Model para a qual ele deve renderizar uma label. A partir desse momento, o LabelFor é capaz de obter os metadados da propriedade indicada. No caso ele vai estar interessado em uma metadado chamado DisplayName.

  • caso 1:

     @Html.LabelFor(x => x)
    

    Isso quer dizer: renderize um label para o objeto Model como um todo. A regra para obter os metadados do model raiz depende de uma hierarquia de renderização. Essa forma é mais comum dentro de Editor Templates e Display Templates, pois dentro dos templates essa hierarquia está disponível.

  • caso 2:

     @Html.LabelFor(x => x.MinhaPropriedade)
    

    Isso quer dizer: renderize um label para a propriedade MinhaPropriedade. O método LabelFor sabe como extrair essa informação a partir dos metadados da propriedade, sendo que uma das formas é colocar o atributo Display(Name = "Label da propriedade)" na propriedade.

Como o LabelFor obtem o display name?

Agora que já expliquei o objetivo da lambda sendo passada para o helper, vou explicar o funcionamento, ou seja, como um helper faz para chegar até os metadados da propriedade em questão.

O helper, quando chamado, terá acesso ao objeto HtmlHelper<TModel>, e à lambda passada por parâmetro. Eis a definição do método LabelFor:

public static MvcHtmlString LabelFor<TModel, TValue>(
    this HtmlHelper<TModel> html,
    Expression<Func<TModel, TValue>> expression)
  • HtmlHelper<TModel>: esse objeto é o Html (da expressão @Html....) sobre o qual o extension-method LabelFor está sendo aplicado (vale para outros html-helper quaisquer). Este é um objeto genérico, em que TModel é o tipo do modelo sendo usando pela view.

    Esse objeto possui em sua estrutura, todos os metadados do modelo sendo trabalhado: html.ViewData.ModelMetadata.

  • lambda: esse parâmetro é passado como uma lambda, mas na verdade o tipo do objeto que o LabelFor recebe é Expression<Func<TModel, TValue>>. Esse tipo é capaz de representar a lambda passada na forma de uma AST (Abstract Syntax Tree) que irá conter em sua estrutura a propriedade deve ser usada na forma de um PropertyInfo (reflection). A partir daí, o helper é capaz de associar o PropertyInfo aos metados disponíveis no objeto html.ViewData.ModelMetadata e obter o DisplayName.

Como o C# faz para saber o tipo da lambda?

O C# faz isso através de um processo de inferência de tipos.

Sabemos que o método LabelFor é genérico com os tipos TModel e TValue, e também que ele recebe dois argumentos, ambos utilizando esses tipos genéricos:

  • this HtmlHelper<TModel> html

  • Expression<Func<TModel, TValue>> expression

Imagine a seguinte view contendo cshtml, cujo tipo do modelo seja MeuModelo e tenha uma propriedade MinhaProp do tipo string:

@model MeuModelo
@Html.LabelFor(x => x.MinhaProp)

O C#, sabe que o LabelFor é um método de extensão, e vai traduzir a chamada do método para:

System.Web.Mvc.Html.LabelExtensions.LabelFor(Html, x => x.MinhaProp)

Como o código acima não define os tipos genéricos TModel e TValue para o método LabelFor, então o C# vai ter que inferir ("adivinhar") quais são os tipos. Isso é feito através dos argumentos sendo passados para o método:

  • O argumento html está recebendo o valor de Html. Isso quer dizer que HtmlHelper<TModel> é igual a HtmlHelper<MeuModelo>. É possível ver que TModel tem que ser MeuModelo.

    parâmetro      |  html  |  HtmlHelper<TModel>
    valor passado  |  Html  |  HtmlHelper<MeuModelo>
    
    conclusão: TModel = MeuModelo
    
  • O argumento expression é do tipo Expression<Func<TModel, TValue>>... só que como o C# já sabe que TModel é igual a MeuModelo, então pode substituir no tipo do parâmetro que fica assim:

    Expression<Func<MeuModelo, TValue>>

    Esse tipo significa "expressão que recebe MeuModelo e retorna TValue". Agora só falta saber qual é o tipo de TValue.

    O parâmetro está recebendo x => x.MinhaProp. Essa lambda recebe x e retorna x.MinhaProp. Então é possível construir a seguinte tabela para analisar os tipos:

              |  Expression<Func<MeuModelo, TValue>>  |  x => x.MinhaProp
    ----------+---------------------------------------+---------------------
      recebe  |              MeuModelo                |     x
      retorna |              TValue                   |     x.MinhaProp
    

    Na primeira linha é possível ver que x é d tipo MeuModelo. Sendo assim, x.MinhaProp é do tipo string. E finalmente TValue é do tipo string.

A inferência de tipos acabou, com as seguintes conclusões:

  • TModel é o tipo MeuModelo
  • x é do tipo MeuModelo
  • TValue é o tipo string

E agora é possível preencher os tipos genéricos do LabelFor:

System.Web.Mvc.Html.LabelExtensions.LabelFor<MeuModelo, string>(Html, x => x.MinhaProp)
  • Entendi. Obrigado pela ajuda. – andré 10/11/14 às 15:55
1

LabelFor usa o seu Model configurado na View para renderizar um Label.

Exemplo:

// Model

public class SeuModel
{
    [DisplayName("Propriedade do model")]
    public string SuaPropriedade { get; set; }
}

Gera um Label na sua View relacionado a propriedade do seu Model:

// View

@model SeuModel
@Html.LabelFor(m => m.SuaPropriedade) 

O "m" é o SeuModel. O parâmetro em forma m => m.SuaPropriedade é uma expressão lambda.

Resultado em html:

<label for="SuaPropriedade">Propriedade do model</label>
1

A ideia aqui foi dar uma ideia geral sobre lambda que o que foi usado no parâmetro referido. Leia as outras respostas para obter informações mais completas sobre todo o recurso, especial a do Miguel Angelo.

Isso chama-se lambda. Veja a documentação do C# sobre o assunto. Ela é uma função sem nome que é usada como uma expressão. É uma forma de passar ações que devem ser realizadas por algum outro algoritmo em determinado momento. Desta forma quando você declara a lambda você não está executando nada, está apenas definindo o que ela deve fazer. O código que ela a recebe em momento adequado a chamará como se fosse um método normal e neste momento é que aquela ação será executada. A execução exata disto é um pouco diferente de uma chamada normal, mas desta forma fica fácil você entender. Desta forma você passa informações de uma forma um pouco mais rica, você não está passando simplesmente valores, você passa toda uma estrutura de dados.

Neste caso você está dizendo que simplesmente está pegando o parâmetro x que a lambda está recebendo e usado este valor como Label naquele lugar. Este x receberá um valor passado pelo engine do ASP.Net MVC. Ele sabe o que passar e ele sabe quando usá-lo, ele só não sabe o que fazer com esta informação antes de usá-lo. No caso nem está fazendo nada importante mas poderia executar uma série de coisas com ele.

No segundo exemplo já faz um pouquinho mais. O parâmetro é model mas você não que usar o model pura e simplesmente, provavelmente nem daria, você está pegando um membro de model. Você está pegando model.Propriedade e é o valor deste membro que será usado no Label.

Lambda pode receber outros nomes.

  • No C#, uma lambda pode ser convertida em duas coisas: Delegate ou Expression<TDelegate>. Sua explicação considera o primeiro caso, e é totalmente válida para entender lambdas. Ocorre que LabelFor (do ASP.NET MVC) se utiliza do segundo caso, no qual a lambda é convertida em uma AST, da qual metadados podem ser extraídos (e.g. label, se é required, formato, etc.), sendo que x é do tipo do próprio modelo, que é definida pelo usuário dentro do arquivo da view. P.S. Odeio ser crítico, ainda mais de alguém que ajuda tanto! No mais, gostei da referência à origem matemática das lambdas. – Miguel Angelo 8/11/14 às 20:21
  • @MiguelAngelo você tem razão, dei uma melhorada. Você deve ser crítico, isto é qualidade e não defeito. De qualquer forma vou deixar mais como um complemento, a sua está bem melhor para o contexto. – Maniero 8/11/14 às 22:44

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.