0

Não consigo conectar PHP 7.0.36, drive PDO sqlsrv no Ubuntu 16.04 no SQL Server 2012 quando o banco tem uma instância nomeada.

Quando uso a instância padrão funciona.

$conn = new PDO('sqlsrv:Server=SERVERNAME;Database=MEUBANCO', 'MEUUSUARIO', 'MINHASENHA');

Porém quando uso a instância nomeada

$conn = new PDO('sqlsrv:Server=SERVERNAME\INSTANCENAME;Database=MEUBANCO', 'MEUUSUARIO', 'MINHASENHA');

Aparece o erro:

PHP Fatal error: Uncaught PDOException: SQLSTATE[HYT00]: [unixODBC][Microsoft][ODBC Driver 17 for SQL Server]Login timeout expired

Observação: Esse problema não acontece no Windows 7 + PHP 7.0 ou PHP 7.1

  • Mas você configurou (fixou) a porta também? Porque cada instancia nomeada roda sobre sua propria porta (eu acho), logo da forma que você fez creio que ele vai tentar a porta padrão, que provavelmente não esta disponível, pois a instancia esta usando outra. – Guilherme Nascimento 10/07 às 0:39
1

Creio que as instancias nomeadas rodem cada uma sobre a sua própria porta, se eu não me engano a porta das instancias mudam a cada vez que inicia ela, então o jeito é fixar a porta, creio que seja isto (se o servidor do banco for Windows):

sql server configuration manager

Em TCP Port coloque a porta que será "fixa", um numero que não esteja sendo usado por outro serviço, e depois no PDO:

$conn = new PDO('sqlsrv:Server=SERVERNAME,numero_da_porta;Database=MEUBANCO', 'MEUUSUARIO', 'MINHASENHA');

No lugar de numero_da_porta o mesmo numero que usou na configuração.

Se o SqlServer estiver no linux creio que tenha que editar o freetds.conf para fixar a porta, mas realmente não entendo muito disto por isto não posso afirmar, se eu tiver me equivocado em qualquer coisa pode me avisar/comentar abaixo.

0

Se entendi bem, você está com um cliente Linux PHP para acessar o SQL Server.

Então precisa instalar no Linux o FreeTDS [http://www.freetds.org/] .

O meu arquivo de configuração do FreeTDS fica em /usr/local/etc/freetds/freetds.conf :

[mosaico]
    host = servidor.meu.dominio
; ou host = 192.168.1.2  se preferir usar o IP do servidor ao invés do nome
    port = 1433
    tds version = 7.4
    client charset = UTF-8

A entrada nomeada como mosaico deverá ser usada para na chamada do banco pelo PDO. Como o PDO sabe que o driver é SQLServer, o FreeTDS fornecerá as informações adicionais. Mas usuário e senha não ficam no arquivo de config do FreeTDS .

Não estou acessando com PDO. Estou usando: [https://www.php.net/manual/en/book.mssql.php]

Meu arquivo de config na aplicação PHP onde referencio a configuração do FreeTDS:

[ms_sql_server]
host=mosaico
user=MosaicoLeitura
password=MosaicoLeitura

E aqui como chamo o banco MS SQL Server:

final class MsSqlSrvDAOFactory extends DAOFactory
{
    private static $host = null;
    private static $user = null;
    private static $pass = null;

    function __construct()
    {
        $config         = Config::get()["ms_sql_server"];
        self::$host     = $config["host"]; //vai retornar mosaico
        self::$user     = $config["user"]; //vai retornar MosaicoLeitura
        self::$pass     = $config["password"];// também retorna MosaicoLeitura
    }

    /**
     *
     * {@inheritDoc}
     *
     * @see \DarthEv\Core\interop\dao\DAOFactory::getUteDAO()
     */
    public function getUteDAO() {
        try {
            return new MsSqlSrvUteDAO(self::$host, self::$user, self::$pass);
        } catch (Exception $e) {
            throw $e;
        }
    }
}

A seguir instancio o driver (omiti o resto da classe para mostrar como instanciar):

$conn           = null;
$conn = odbc_connect(self::$host, self::$user, self::$pass);
//a consulta vai a seguir:
$rs = odbc_exec($sql, $conn);

Acima: $host é o nome "mosaico" , como na classe anterior, que lê os dados da configuração da aplicação.

Espero ter ajudado.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.