3

Estou a aceder a um webservice, que tem como retorno:

listProdutos[] -> Lista de todos os produtos ou null quando não existe produtos

Quando perde o acesso por algum motivo, lança uma excepção, e nesse caso preciso de fazer o retorno de uma segunda variável (flag) que me informe se esse problema ocorreu ou não:

Código exemplo:

    Public listProdutos[] boolean getProdutosWS(String prod){
    boolean flag=false
    try{
       listProdutos[] produtos = ws.getProdutos(prod)
       flag=true
       return produtos, flag;
    }catch(RemoteException ex){
       return null, flag=false;

    }
}

Como solucionar este problema?

  • Reserve a posição 0 do retorno para a flag. – Guill 5/11/14 às 17:03
  • Qual é a estrutura da classe listProdutos? – Guill 5/11/14 às 17:05
  • é composta por 3 strings || construtores || get's e set's (dá para perceber!?) – jsantos1991 5/11/14 às 17:08
  • 2
    Se há uma exceção, você deveria propagar ela, esta não é a forma correta de lidar com isto. Se quiser insistir acredito que a melhor forma é criar uma classe só para isto (já que o Java não dá muitas facilidades) cujos membros será esta lista de produtos e a flag, aí no retorno você desestrutura a classe, ou seja, pega cada um dos membros e usa como quiser (joga em variável, usa em if, etc.). – Maniero 5/11/14 às 17:08
  • 1
    @jsantos1991 concordo com você que é estranho mas é a solução se quiser insistir no erro. Pelo menos em Java não vejo outra forma de resolver isto. Insisto que você deve resolver isto deixando a exceção transbordar para o método que sabe como tratar o problema adequadamente. O que você está tentando fazer é mais estranho ainda. Veja essa resposta que eu dei e vai seguindo todos os links dela e das outras que for seguindo para aprender mais sobre exceção (vale até o que não é sobre Java). – Maniero 5/11/14 às 17:20
6

Se há uma exceção, você deveria propagar ela e deixar que outro método lide com o problema, esta não é a forma correta de lidar com isto. Você vai ter que lidar com o problema, fazer do jeito certo ou errado.

Se quiser insistir, acredito que a melhor forma é criar uma classe só para isto (já que o Java não dá muitas facilidades) cujos membros será esta lista de produtos e a flag, aí no retorno você desestrutura a classe, ou seja, pega cada um dos membros e usa como quiser (joga em variável, usa em if, etc.).

Note que eu discordo de cada linha dessa solução mas seria algo mais ou menos assim (os códigos não estão prontos para uso, é só uma ideia geral):

public class Resultado {
    public boolean flag; //não faça isto, fiz só para simplificar
    public listProdutos[] produtos; //prefira usar métodos de acesso get e set
    public Resultado(listProdutos[] produtos, boolean flag) {
        this.produtos = produtos;
        this.flag = flag;
    }
}

public Resultado getProdutosWS() {
    try{
        listProdutos[] produtos = ws.getProdutos(prod)
        return new Resultado(produtos, true);
    }catch(RemoteException ex){
        return new Resultado(null, false);
    }
}

public static main() {
    Resultado lista = getProdutosWS();
    if (lista.flag) {
        System.out.println(lista.produtos[0]); //isto é só um exemplo de uso, nada que seja útil
    }
}

Quanto mais eu olho para isto mais eu acho estranho. Eu acho que você deveria tratar a exceção, por esse exemplo, no main, algo como:

public AlgumMetodoConsumidor(TipoDoWS ws, TipoDoProd prod) {
    try {
        listProdutos[] lista = ws.getProdutos(prod)();
        System.out.println(lista); //isto é só um exemplo de uso, nada que seja útil
    } catch (RemoteException ex) {
        //regra básica das exceções: você lida aqui com o problema porque é
        //aqui que você consegue lidar com ele.
        System.out.println("deu erro");
    }
}

Alternativa para não ter que criar uma classe específica para isto. A vantagem seria que a classe Resultado seria usado para todo local que precisa retornar uma flag além de um outro retorno:

public class Resultado {
    public boolean flag; //não faça isto, fiz só para simplificar
    public Resultado(boolean flag) {
        this.flag = flag;
    }
}

public Resultado getProdutosWS(Resultado resultado) {
    try{
        listProdutos[] produtos = ws.getProdutos(prod)
        resultado.flag = true;
        return produtos;
    }catch(RemoteException ex){
        resultado.flag = false;
        return null;
    }
}

public static main() {
    Resultado resultado;
    listProdutos[] lista = getProdutosWS(resultado);
    if (resultado) {
        System.out.println(lista[0]); //isto é só um exemplo de uso, nada que seja útil
    }
}

Coloquei no GitHub para referência futura.

Por outro lado não sei se não bastaria verificar se a lista é null. Claro, depende da situação.

  • Propagar ou não a exceção é uma decisão de design - não é possível fazer uma única recomendação que atenda todos os casos. Quando um método entrega dados obtidos de um webservice, é muito comum não querer propagar exceção de comunicação. Nestes casos, este método pode escolher simplesmente retornar uma coleção vazia. O uso de flag de sucesso também não está descartado. – Caffé 5/11/14 às 17:34
  • @Caffé tens razão mas neste caso o que eu queria fazer era mesmo propagar a excepção, tinha tentado fazer isso mas sem sucesso, mas com os links do bigown felizmente percebi o significado do Throws assim adicionei ao cabeçalho da função, e aonde ia receber o return como ja faço o try...catch já não preciso de receber os dois valores – jsantos1991 5/11/14 às 17:44
  • @bigown se poderes postar um exemplo do uso do throws ou de como propagar a excepção poderia marcar a tua resposta como certa, eu já tenho o meu problema a funcionar é só mesmo para a tua resposta ficar completa... – jsantos1991 5/11/14 às 17:47
  • 1
    @jsantos1991 já faço já, deixa só eu terminar uma coisinha aqui. Se bem que já coloquei o segundo exemplo que é mais ou menos o que você precisa. Porque se eliminar a flag desnecessária, parece que todo o método getProdutosWS passa ser desnecessário. – Maniero 5/11/14 às 17:48
  • @bigown sim compreendo o que quer dizer, e na verdade é, de certa forma, porque assim consigo separar toda a comunicação do webservice com o resto do programa(possivelmente está errado) mas é como sei fazer... Só queria deixar claro que a solução foi de adicionar o Throws na função e tratar da excepção no nível de cima – jsantos1991 5/11/14 às 18:07
4

Em Java, quando você quer que uma função retorne múltiplos valores, você deve:

  • adicionar esse valores em um objeto e então retorná-los
  • ou alterar um objeto que é passado para a função

No seu caso, você precisa claramente definir uma classe mostrar que poderia ter campos necessários.

public class Mostrar {
    private boolean flag = false;
    private List<String> produtos = null;

}

então retorna o seu objeto

return new Teste(flag, produtos) ;
3

Não é uma resposta propriamente dita. Mas uma questão de sugestão. Aqui vai a minha:

class ListProdutos{
    private boolean isFlag = false;
    public boolean getIsFlag(){ return isFLag; }
    // Construtor sobrecarregado definindo um objeto flag.
    // Supondo que o seu outro construtor tem parâmetros.
    // Esse construtor não faz mais nada, apenas define o flag. 
    public ListProdutos(){
        isFlag = true;
    }
     //Resto da classe...
}

A solução propriamente seria criar um campo isFLag e sobrecarregar um construtor pra criar um objeto flag.

Supondo que possam existir vários tipos de erro, você pode posteriormente adicionar um campo public String flag; com a descrição do erro.

2

Não é possível ter mais de um retorno em um método Java. Em .Net usamos parâmetros de saída, mas Java não possui isso também.

Você terá que criar um design diferente para a sua solução.

Uma opção é retonar um objeto complexo:

// encontre um nome mais significativo 
// para esta classe e seus atributos
class Resultado {

    Produto[] listProdutos;
    boolean requestSucesso;
}

Public listProdutos[] getProdutosWS(String prod){
    Resultado resultado = new Resultado();
    try{
        resultado.listProdutos[] produtos = ws.getProdutos(prod)
        resultado.requestSucesso = true;
        return resultado;
    }catch(RemoteException ex){
        resultado.requestSucesso = false;
        return resultado;
    }
}

Outra opção é não fazer o tratamento de exceção aí mas sim no consumidor de getProdutosWS. Neste caso, o consumidor não verifica um flag mas apenas acredita que, se não houve exceção, o método retornou o que precisava.

E uma terceira opção é implementar dois métodos nesta classe atualmente publica o getProdutosWS. Um método indica se houve sucesso na requisição e outro método retorna os produtos.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.