0

Eu estou aprendendo a criar jogos eletrônicos com OpenGL, mas essa não é uma pergunta sobre isso, eu estava usando Python para programar e estava com problemas na hora de identificar se um ponto, no caso a posição do jogador está ou não dentro de um cubo. Resolvi isso fácil com a função abaixo:

def colisao(p1, p2, p, mod=(0,0,0),rotY=0):
    # determinar ponto menor e maior
    min = (p1[0],p1[1],p1[2])
    max = (p2[0],p2[1],p2[2])
    if p1[0] > p2[0]:
        min[0] = p2[0]
        max[0] = p1[0]
    if p1[1] > p2[1]:
        min[1] = p2[1]
        max[1] = p1[1]
    if p1[2] > p2[2]:
        min[2] = p2[2]
        max[2] = p1[2]
    # taxa de correção
    t = .5
    # transladar
    min = (min[0]+mod[0]-t,min[1]+mod[1]-t,min[2]+mod[2]-t)
    max = (max[0]+mod[0]+t,max[1]+mod[1]+t,max[2]+mod[2]+t)
    # rotacionar
    # sobre cada uma das paredes
    if rotY != 0:
        r = math.sqrt((min[0]**2)+(min[2]**2)) # raio
        seno = min[0]/r
        cose = min[2]/r
        return True
    else:
        if p[0] >= min[0] and p[0] <= max[0] and p[1] >= min[1] and p[1] <= max[1] and p[2] >= min[2] and p[2] <= max[2]:
            return True
        else:
            return False

A função deveria retornar True caso o ponto p estivesse entre os pontos p1 e p2, e funciona quando a rotação é igual a 0, mas quando eu tento girar o cubo num ângulo diferente como eu faço para que seja possível calcular se o ponto está ou não dentro do cubo mesmo se este tiver sido girado? Estou falando que o cubo girou e ele pode não necessariamente estar no ângulo normal, mas num quebrado de 45° ou qualquer coisa, estou girando o eixo Y mas não consegui imaginar como resolver.

Eu pensei que precisaria calcular novos pontos e por isso tentei achar o raio deles com o ponto (0,0) nos eixos X e Z e depois imaginei que poderia obter o ângulo e então somar com o novo ângulo para ter as posições dos novos pontos, mas a verdade é que eu estou perdido pra fazer isso, não sei como calcular isso, alguém sabe a resposta?

  • Isso me parece um problema matemático e não de programação - seria de programação se tivesse aplicado algum algoritmo (e descrevesse o mesmo) e não tivesse dado certo, mas a impressão inicial é que você está com dúvida de como solucionar o problema, e não de como programar a solução. Uma dica para começar seria rotacionar o ponto em relação ao cubo e depois fazer esse teste, em vez de tentar rotacionar o cubo (rotacione as coordenadas universais do ponto para os mesmos parâmetros da rotação do cubo e faça o teste simples depois). – Bacco 13/06 às 19:28
  • Acredito que você terá que aplicar uma transformada nas coordenadas do cubo para representa-las rotacionadas. – Júlio Cesar Pereira Rocha 13/06 às 19:51
  • Suponha que seu cubo tem um vértice em (0,0,0) outro em (0,0,1), (0,1,0) e (1,0,0) se for rotacionar em relação ao centro terá que fazer uma mudança de base, ou seja tranformar o centro em (0,0,0), isso não é difícil. Agora se suponha que você girou o cubo 10 graus em relação ao eixo X. agora você tera que saber as novas localizações do vértice do cubo. A mesma ideia se aplica caso rotacionado 5 graus em relação ao eixo Z e 20 graus em relação ao eixo Y. dae basta colocar os pontos de colisão nesse espaço e verificar se estão dentro do cubo, – Júlio Cesar Pereira Rocha 13/06 às 19:55

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.