0

Estou verificando a tabela verdade neste site sobre as seguintes expressões:

inserir a descrição da imagem aqui

Porém cada uma delas me resulta em uma saída diferente:

inserir a descrição da imagem aqui

  • Não entendi qual é a dúvida. – Maniero 7/06 às 20:43
  • @Maniero olá meu amigo novamente. Para mim estas duas expressões booleanas são idênticas as duas possuem essas duas entradas barradas, correto? Porém no site que utilizei para gerar a tabela verdade, as mesmas me geram uma saída diferente da outra, isto me mostra que as duas expressões não são idênticas. A minha pergunta foi em cima disto, pois agora estou em dúvida e queria saber qual a diferença das duas se não forem realmente iguais. – THIAGO DE BONIS 7/06 às 20:45
  • 1
    Se a tabela verdade das duas são diferentes então obviamente existe diferença entre as duas expressões. – anonimo 7/06 às 21:00
  • @anonimo isso é obvio, não? Porém a questão que eu quero saber, é o porque da diferença... – THIAGO DE BONIS 10/06 às 0:48
  • Então estude os teoremas de De Morgan da álgebra booleana que verá que ¬(A AND B) = ¬A OR ¬B e também que ¬(A OR B ) = ¬A AND ¬B. – anonimo 10/06 às 3:18
4

É uma questão de precedência de operações, como ocorre na matemática (multiplicação e divisão sempre ocorrem antes que adição e subtração a não ser que tenha algo os agrupando, como o uso de parenteses), ou em toda expressão em códigos que escrevemos no computador, acho que posso posso falar assim porque já conhece isso.

A imagem é clara para quem conhece bem o assunto, mas as tabelas que estão na pergunta deixam mais claro até para quem não conhece isso que é bem diferente.

O ponto é um operador lógico AND (já falei sobre ele em código) que diz que para o resultado ser verdadeiro os dois operando devem ser verdadeiros, o resto sempre dá falso. O apóstrofo nega o operando dele (NOT), ou seja, o que é verdadeira vira falso e vice versa. Os parenteses agrupam a operação e o que está dentro deve ser realizado antes do que está fora, portanto o que está fora operará com o resultado de tudo o que está ali dentro.

Então na primeira tabela pega B e o nega, afinal o operador de negação está próximo dele. Ele tem prioridade sobre o outro operador. C também é negado. Com os dois valores negados procede-se a relação de E. A primeira expressão tem 0 e 0, então ambos são negados individualmente, e ficam 1, aí 1 E 1 dá 1. Na segunda linha e demais é feito o mesmo, mas como sempre pelo menos um deles fica 0, o E exige que ambos sejam 1 para dar 1, então o resultado é 0.

A segunda tabela muda por causa dos parenteses. B é relacionado com C através da operação de E e esse resultado obtido é negado pelo operador que está valendo para todo o valor resultando dentro dos parenteses. Nas três primeiras linhas há um 0, então o resultado será 0 porque o E exigue que ambos sejam 1 para dar 1, aí dando 0 há uma negação e o resultado final fica 1. Na última linha ambos são 1, então dá 1 e negado o final dá 0.

As tabelas estão invertidas em relação à imagem.

0

Após ler alguns livros, estou respondendo a minha própria pergunta com mais detalhes e dando ênfase ao que realmente é importante e a qual foi o intuito da pergunta..

inserir a descrição da imagem aqui

Seguindo a Tabela Verdade acima é possível notar a diferença entre as portas lógicas e o mais importante, que é o "tipo de simbologia da barragem" das entradas".

Utilizando estas entradas como exemplo:

inserir a descrição da imagem aqui

Podemos observar que as saídas de inserir a descrição da imagem aqui é diferente de inserir a descrição da imagem aqui, pela seguinte questão:

  • A primeira expressão booleana está barrando as entradas A e B
  • A segunda expressão booleana está barrando as saídas da porta lógica AND das entradas A e B. Sabendo-se disto com a "simbológica desta barragem", devemos aplicar o Teorema de De Morgan.

Nota

Com a aplicação do teorema na segunda expressão podemos observar que na verdade ela é: inserir a descrição da imagem aqui (tanto que esta mesma expressão booleana possui a mesma saída da expressão booleana inserir a descrição da imagem aqui).

O mesmo vale para a expressão booleana inserir a descrição da imagem aqui, quando aplicado o teorema citado esta expressão é equivalente a: inserir a descrição da imagem aqui.

  • 1
    Sendo bem sincero, achei que a outra resposta respondeu de forma mais completa a pergunta. A sua resposta basicamente copiou o que já tinha na pergunta e citou vagamente o teorema de De Morgan. Pelo texto, basicamente é dito que é diferente porque é diferente. Talvez completar a resposta com o uso a fundo do teorema e mostrar porque as tabelas verdades são diferentes ficaria mais completa. – Woss 10/06 às 18:55
  • @AndersonCarlosWoss a resposta do usuário acima foi aceita, porém complementei a minha com um pouco mais de ênfase no que realmente eu queria saber, não expliquei utilizando o tereoma de demorgan pois eu já estou supondo que os outros usuários saibam o mesmo, apliquei apenas o raciocínio correto que deve ser para os dois tipos de expressões lógicas, obrigado. – THIAGO DE BONIS 10/06 às 19:10

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.