0

Pelo enunciado do exercício, preciso obrigatoriamente usar como o segundo argumento char **strings, acredito que aí esteja minha confusão, em manipulá-la para contar o tamanho da string. (Fiz outros testes com o segundo argumento como char strings[][str_size] e tudo correu bem, mas como disse, preciso usar o argumento como sendo char **strings.

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>
#include <string.h>
#define str_size 127

void imprimeTamString(int numStrings, char **strings)
{
    int i, j;
    int tamanho;

    printf("\n---Tamanhos---\n\n");
    for(i=0; i<numStrings; i++)
    {
        tamanho=0;
        for(j=0; j<str_size; j++)
        {
            if(strings[i][j]!='\0')
                tamanho=tamanho+1;
            else
                break;
        }
        printf("String %d - Tamanho = %d\n", i+1, tamanho);
    }
}

int main()
{
    int n;//numero de strings//

    printf("Deseja entrar com quantas strings? ");
    scanf("%d", &n);

    char *str1, **str2;
    char string[n][str_size];
    int i;

    for(i=0; i<n; i++)
    {
        printf("String %d = ", i+1);
        fflush(stdin);
        gets(string[i]);
    }

    str1=string[0];
    str2=&str1;

    imprimeTamString(n, str2);

    return 0;
}
  • E existe alguma restrição para não usar o strlen()? – Maniero 26/05 às 20:31
  • Não há, mas também não consegui fazer usando strlen() – Marco Antonio Schneider 26/05 às 20:40
  • Chame com: imprimeTamString(n, string); que você estará chamando a função com um ponteiro para um ponteiro de char. – anonimo 26/05 às 20:42
  • @MarcoAntonioSchneider e tem que ser mesmo char**? Algum motivo para ser sim: Você não está interpretando isso desta forma mas poder ser de outra? – Maniero 26/05 às 22:15
1

Saudações

A sua função de contagem de caractere está funcionando corretamente. O que está ocorrendo ai é que você não está alocando de forma adequada a matriz que irá armazenar a sua String.

Esse é um erro muito comum cometido por pessoas que costumam trabalhar com linguagens que o simples fato de declarar uma variável já implica em sua alocação de memória, em C não é assim que funciona.

O que você terá que fazer ANTES de começar a usar o sua matriz chamada string é INICIALIZAR cada elemento com o número adequado de bytes para armazenar as strings que serão digitadas.

O que você que fazer é algo assim:

char* string[n];
for(int i=0; i<n; i++) {
  string[i] = (char*) malloc(sizeof(char)*str_size);
}

A passagem do parâmetro para a função está correto. Você não precisa usar & quando é string uma vez que o nome da variável já aponta para o ponteiro onde tem o primeiro caractere da string!

Boa sorte com o seu exercício!

  • 1
    Muitíssimo obrigado, o problema estava mesmo na falta de alocação – Marco Antonio Schneider 26/05 às 21:29
2

Você pode simplificar bem o código e evitar alguns erros. Além de não usar um função que é inadequada para leitura de dados. Mas o que está complicando é que está criando um array no stack e depois lendo como ponteiro de ponteiros. Se puder mudar para ler como array de strings funcionará:

#include <stdio.h>
#include <string.h>
#define STR_SIZE 127

void imprimeTamString(int numStrings, char (*strings)[STR_SIZE + 1]) {
    printf("\n---Tamanhos---\n");
    for (int i = 0; i < numStrings; i++) printf("String %d - Tamanho = %d\n", i + 1, (int)strlen(strings[i]));
}

int main() {
    int numStrings;
    printf("Deseja entrar com quantas strings? ");
    scanf("%d", &numStrings);
    scanf("%*c");
    char strings[numStrings][STR_SIZE + 1];
    for (int i = 0; i < numStrings; i++) {
        printf("String %d = ", i + 1);
        fgets(strings[i], STR_SIZE, stdin);
        strings[i][strcspn(strings[i], "\n")] = 0;
    }
    imprimeTamString(numStrings, strings);
}

Veja funcionando no ideone. E no repl.it. Também coloquei no GitHub para referência futura.

Se tiver que ser ponteiro de ponteiro mesmo pode fazer assim, mas aí terá que alocar as strings no heap:

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>
#include <string.h>
#define STR_SIZE 127

void imprimeTamString(int numStrings, char **strings) {
    printf("\n---Tamanhos---\n");
    for (int i = 0; i < numStrings; i++) printf("String %d - Tamanho = %d\n", i + 1, (int)strlen(strings[i]));
}

int main() {
    int numStrings;
    printf("Deseja entrar com quantas strings? ");
    scanf("%d", &numStrings);
    scanf("%*c");
    char *strings[numStrings];
    for (int i = 0; i < numStrings; i++) {
        printf("String %d = ", i + 1);
        strings[i] = malloc(STR_SIZE + 1);
        fgets(strings[i], STR_SIZE, stdin);
        strings[i][strcspn(strings[i], "\n")] = 0;
    }
    imprimeTamString(numStrings, strings);
}

Veja funcionando no ideone. E no repl.it. Também coloquei no GitHub para referência futura.

1

Você precisa entender alguns conceitos básicos antes, os quais são:

O que é uma matriz?

Matriz é a uma estrutura de dados do tipo vetor com duas ou mais dimensões. Os itens de uma matriz tem que ser todos do mesmo tipo de dado. Na prática, as matrizes formam tabelas na memória.

Como fazer a Declaração de Matrizes?

Você possui algumas formas de declarar a matriz, as quais são:

  • 1) char matriz[LINHA][COLUNA]
  • 2) int **matriz

Onde o (1) seria a mesma coisa que o (2), porém o (1) você é obrigado a inicializa-las com os seus tamanhos(LINHA & COLUNA). Logo o (2) não tem necessidade e você pode utilizar o mesmo para fazer alocação dinâmica.

Outras formas de declaração de Matrizes:

Caso você não necessite de uma entrada (input) de dados para a inserção na matriz, isto é, você tenha os dados fixos e que sempre serão constantes, você pode fazer desta forma:

const char matriz[5][5] = { {'A', 'B', 'C', 'D', 'E'}, { 'F', 'G', 'H', 'I', 'J' } }

Como acessar os elementos da Matriz?

Você precisará de um algoritmo O(n²), ou seja, dois for aninhados, um para a LINHA e outro para a COLUNA, como por exemplo:

const char matriz[5][5] = { {'A', 'B', 'C', 'D', 'E'}, { 'F', 'G', 'H', 'I', 'J' } }

for(int linha = 0; linha < 5; linha++) {
    for(int coluna = 0; coluna < 5; coluna++) {
        //CÓDIGO
    }
}

Utilize a biblioteca <string> para verificar o tamanho da mesma, como por exemplo:

string str ("Testando String");
cout << "TAMANHO DA STRING: " << str.size() << " bytes.\n";

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.