2

Esse é o trecho do meu código com o problema:

int main (void) {

    int n_sentencas, n_perguntas;

    scanf("%d %d", &n_sentencas, &n_perguntas);
    fflush(stdin);

    char** sentenca; // ponteiro para matriz que armazena as sentencas
    sentenca = malloc(n_sentencas * sizeof(char*)); // alocacao das linhas da matriz que vao representar uma sentenca cada
    char** pergunta; // ponteiro para matriz que armazena as perguntas
    pergunta = malloc(n_perguntas * sizeof(char*)); // alocacao das linhas da matriz que vao representar uma pergunta cada


    for (int i = 0; i <= n_sentencas; i++) { // for que le as sentencas
        sentenca[i] = malloc(400 * sizeof(char));
        fgets(sentenca[i], 400, stdin);
    }

    for (int i = 0; i < n_perguntas; i++) { // for que le as perguntas
        pergunta[i] = malloc(400 * sizeof(char));
        fgets(pergunta[i], 400, stdin);
    }

    for (int i = 0; i < n_sentencas; i++) { // for que imprime as sentencas
        printf("sentenca %d: \n", i+1);
        printf("%s\n", sentenca[i]);
    }

    for (int i = 0; i < n_perguntas; i++) { // for que imprime as perguntas
        printf("pergunta %d: \n", i+1);
        printf("%s\n", pergunta[i]);
    }

O problema que ocorre é que a primeira linha da matriz sentenca é sempre ignorada, como no exemplo abaixo:

Entrada:

3 2
bom
dia
amigos
como vao voces?
(nessa linha deveria ter uma quinta entrada, mas o programa imprime os valores apenas 
com 4 strings na entrada, ao invés de 5)

Então a saída fica o seguinte:

sentenca 1:


sentenca 2:
bom

sentenca 3:
dia

pergunta 1:
amigos

pergunta 2:
como vao voces?

Gostaria de saber como resolver isso.

  • O problema e solução é o mesmo que eu falo nesta pergunta. No seu caso a solução é consumir o \n com fgetc(stdin) a seguir ao primeiro scanf. Embora fflush(stdin); tente fazer o mesmo, isso só irá funcionar em algumas implementações, e tipicamente em linux não funciona. – Isac 21/05 às 0:12
  • @Isac Eu tentei usar fflush pra solucionar esse problema e não funcionou, aí eu acabei tendo que perguntar aqui, já que eu não conhecia o fgetc. Aliás, que \n é esse? – sabonet 21/05 às 0:32
  • É o enter que você coloca para inserir os valores, e que o scanf não consumiu e acaba a ser a unica coisa que o primeiro fgets – Isac 21/05 às 0:56
0

Vejamos

Tomará duas ações para resolver o problema. A segunda ação a ser tomada possui duas alternativas, ficando a teu critério qual escolher. Particularmente, prefiro o segundo caso.


Primeira ação

Troca o trecho abaixo:

for (int i = 0; i <= n_sentencas; i++) { // for que le as sentencas

... Por este:

for (int i = 0; i < n_sentencas; i++) { // for que le as sentencas

O operador <= não fazia o programa ler n_sentencas mas sim ler n_sentencas+1. Trocar o operador <= pelo operador < resolve parte do problema.

Explicando: quando da leitura das perguntas, a primeira delas era lida em um trecho da memória que não compreende a memória reservada mas que era adjacente à memória da última das sentenças.

Segunda ação

CASO 1 - Troca o trecho abaixo:

fflush(stdin);

... Por:

setbuf(stdin, NULL);

setbuf descartará o buffer já que, na prática, não vai existir buffer para o stdin. O buffer é o problema por armazenar o ENTER, representado na forma de pulo de linha \n. Assim, sem buffer, o ENTER que pressionastes para a entrada de dados se concretizar será descartado.

Caso vier a precisar do buffer, crie um buffer na seção de código que desejar:

char buffer[BUFSIZ];
setbuf(stdin, buffer);

CASO 2 - Alternativamente ao caso 1, apague:

fflush(stdin);

... E troque:

scanf("%d %d", &n_sentencas, &n_perguntas);

... Por:

scanf("%d %d%*c", &n_sentencas, &n_perguntas);

O * em %*c descartará o próximo dado do tipo escolhido (neste caso, c de caractere). Não será, portanto, escrito ou mesmo armazenado no buffer qualquer caractere. Neste caso, o ENTER não será armazenado ou escrito.

Só tome cuidado para não dar um ou mais espaços aleatórios ou mesmo outros caracteres. Cada caractere é um %*c a mais necessário que você não vai por pois é acidente de percurso. Assim, o caso 1 é mais eficiente se não for entrada automática de dados por conta de erros do usuário do programa.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.