-2

Boa tarde pessoal.

Estou com um dilema ao fazer a declaração do FROM .. import para importar os módulos, como segue abaixo:

  • Para essa utilidade, não quero e não posso passar a declaração FROM..import no início do script, preciso chamar diretamente na função. Aqui tem um problema, pois é uma função um tanto quanto genérica, era para ser pelo menos. É uma função que dependendo da opção que o usuário escolher irá necessitar de um módulo diferente, então minha ideia é passar os módulos por variável e usar essas variáveis na declaração do FROM..import como segue abaixo:

tanto o nome dos diretório dos módulos quanto o nome da classe é teste, por exemplo.

var_concorrente = teste
from + var_concorrente import var_concorrente

o problema é que desse jeito não funciona.

Alguém poderia me ajudar?

Não quero fazer um script muito grande e será se não tiver jeito, caso não ache uma solução para isso.

Deixa eu tentar melhorar minha questão.

O from normal seria assim:

from source.netspeed.netspeed import Netspeed

O source é o nome do diretório que contem todos os modulos.

O primeiro netspeed é o diretório do cliente

O segundo netspeed é o nome do modulo

Já o Netspeed é o nome da classe dentro no modulo netspeed

tenho que passar tudo isso por parametro, tipo assim:

cliente = "netspeed" from_estructure = "source."+cliente+"."+cliente

declarar o from usando essas variáveis:

from from_estructure import cliente.capitalize()

Grato a todos.

  • Consegue dar um exemplo concreto do que quer fazer? Por exemplo, mostrando pelo menos dois módulos diferentes que seriam importados pela função, mostrar qual é a ideia dessa função e quais seriam as chamadas para cada módulo? – Anderson Carlos Woss 17/05 às 17:06
  • Deixa eu tentar melhorar minha questão. O from normal seria assim: from source.netspeed.netspeed import Netspeed O source é o nome do diretório que contem todos os modulos. O primeiro netspeed é o diretório do cliente O segundo netspeed é o nome do modulo Já o Netspeed é o nome da classe dentro no modulo netspeed tenho que passar tudo isso por parametro, tipo assim: cliente = "netspeed" from_estructure = "source."+cliente+"."+cliente declarar o from usando essas variáveis: from from_estructure import cliente.capitalize() – Cleber Nandi 17/05 às 17:55
  • O nome do módulo sempre é igual ao nome do diretório do cliente? E o nome da classe, será sempre Netspeed, independente do cliente? – Anderson Carlos Woss 17/05 às 18:00
  • O nome do módulo sempre será o nome do cliente com caixa baixa, e a Classe será sempre o nome do modulo com primeira letra caixa alta. – Cleber Nandi 17/05 às 18:02
  • Todas as classes que poderão ser importadas possuem o mesmo contrato? Isto é, será garantido que os métodos e atributos que você utilizará na função existem em todas as classes possíveis? – Anderson Carlos Woss 17/05 às 18:03
1

É possível importar um módulo com o nome em uma string, em vez de digitado diretamente no código, com a função built-in __import__. O comando import realmente exige que o nome a ser importado steja definido.

A função __import__ não tem uma opção de from, em vez dela, pode se fazer uma atribuição simples. Se o nome do que você quer importar dentro do módulo também for variável, você pode usar o getattr

def minha_funcao(nome_modulo, nome_objeto):
    modulo = __import__(nome_modulo)
    objeto = getattr(modulo, nome_objeto)

    ...
  • Ainda não estou a esse nível de entendimento. Deixa eu continuar meu questionamento baseado nessa sua sugestão. E se a classe estiver na seguinte estrutura: diretório "source" Dentro de "Source" tenho o diretório "Netspeed" – Cleber Nandi 17/05 às 17:30
  • __import__("source.Netspeed") – jsbueno 17/05 às 17:35
  • (por favor, maiúsculas e minusculas tem que ser determinísticos "source" e "Source" são coisas diferentes. ) – jsbueno 17/05 às 17:36
  • Então, entendo a questão de ser case sensitive. Agradeço o toque. Estou tentando assim: concurrent = self.config.converter var_modulo = str("source."+concurrent+"."+concurrent) mas não está dando certo, ele só encontra a "source". como fazer? – Cleber Nandi 17/05 às 17:40
0

consegui resolver a questão acima do modo abaixo:

import_module = str("source." + concurrent + "." + concurrent)
import_class = concurrent.capitalize()
from_estructure = __import__(import_module, fromlist=import_class)
  • Mas isso é basicamente o que o jsbueno respondeu, não? – Anderson Carlos Woss 17/05 às 19:06
  • faltou o uso do "fromlist=". sem ele não certo. – Cleber Nandi 17/05 às 19:21
  • E o getattr não resolve este problema? – Anderson Carlos Woss 17/05 às 19:24
  • Então, agradeço as colocações aqui. Avaliando melhor a documentação e como funciona o import e posteriormente o getattr conseguir fazer com ele tb. Mais uma vez agradeço – Cleber Nandi 17/05 às 19:41

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.