2

Boas pessoal, teoricamente quando criamos um ponteiro e o fazemos apontar para um array,

int a[10] = {0,1,2,3,4,5,6,7,8,9};
int *p = a;

de seguida para incrementar o ponteiro para o próximo elemento fazemos algo como

*(a+i)

Mas quando se trata de uma lista ligada o meu código deixa de dar. Eu tenho o seguinte código

typedef struct lista carroPiloto, *pCarroPiloto;
struct lista {
    piloto piloto;
    carro carro;
    int *tempo;
    pCarroPiloto prox;
};

struct corrida {
    int voltas;     // entre 5 e 10
    int comprimento;    // entre 500 e 1000 (metros)
    int n_carros;   // numero maximo de carros a participar
};

/* ------------------ */

int tempos[caract.n_carros][caract.voltas];
pCarroPiloto aux = NULL;

for(j = 0; j < caract.voltas; j++) {
     tempos[i][j] = calculaSegundos(idade,peso,exp,potencia,caract.comprimento);     // matriz dos tempos
     *(aux->tempo + j) = tempos[i][j];
}

E quando faço isto o ponteiro não vai guardando os valores. E não posso fazer

aux = aux->prox

porque assim avanço para o próximo nó e o meu objetivo é ter um ponteiro com vários tempos dentro de cada nó da lista ligada.

  • Existem várias informações em falta na pergunta, como a definição da matriz tempos da variavel carat e aux. Mas *(a+i) não incrementa o ponteiro a, simplesmente devolve o valor que está numa determinada posição de memória a partir de a. Num exemplo concreto *(a+3) devolve o valor na terceira posição de memoria a partir de a considerando a aritmética de ponteiros apropriada para o tipo de a. – Isac 15/05 às 16:32
  • @Isac Editei o post com o resto das informações. Pois é isso, a minha dúvida é como é que faço o ponteiro aux->tempo apontar para o próximo elemento sempre que leio um valor da matriz tempos[i][j] – whoami 15/05 às 16:35
  • Sim exato. Faltava editar isso. – whoami 15/05 às 16:38
  • "como é que faço o ponteiro aux->tempo apontar para o próximo elemento" - Qual elemento ? O próximo da lista ou da matriz ? E se for da matriz qual em particular é o próximo ? O do mesmo carro na próxima volta ? – Isac 15/05 às 16:46
  • O meu objetivo é percorrer a matriz tempos e ir colocando em aux->tempo os valores que lê da matriz. Sim é do mesmo carro, mas da volta seguinte. – whoami 15/05 às 16:47
1

(...) o meu objetivo é ter um ponteiro com vários tempos dentro de cada nó da lista ligada

Um ponteiro apenas ponta para uma zona de memória, o que lhe leva ao primeiro problema: Quem definiu essa zona de memória e lá colocou os valores ?

Aqui tem duas soluções:

  • Ter um ponteiro para a matriz tempos já no elemento correto, sendo que cada vez que pretende navegar na matriz através do ponteiro tem de saber como o fazer.

    Neste cenário começaria por atribuir manualmente endereço do primeiro elemento da matriz apropriado ao piloto.

    pCarroPiloto aux = malloc(sizeof(carroPiloto));
    
    aux->tempo = &(tempos[0][0]); //primeiro piloto aponta para o [0][0]
    

    E isto coloca-lhe o ponteiro tempo a apontar para o endereço de tempos[0][0]. Com este ponteiro consegue sempre percorrer todos os elementos da matriz que interessam. Para percorrer necessita apenas de fazer o seguinte:

    int *tempo_corrente = aux->tempo; //declarar outro ponteiro que aponta para o inicio das voltas
    for(j = 0; j < caract.voltas; j++) {
        printf("%d\n", *tempo_corrente); //utilizar tempo corrente
        tempo_corrente = tempo_corrente + caract.voltas; //passar para o próximo com aritmética de ponteiro
    }
    

    Uma matriz é armazenada como uma zona contigua de memoria sendo cada linha armazenada uma a seguir à outra. Então para pegar num ponteiro e passar para a próxima linha da mesma matriz basta avançar a quantidade de elementos que existe numa linha, que no seu exemplo é caract.voltas.

    Note que não deve fazer aux->tempo = aux->tempo + caract.voltas senão perde a referência para o primeiro tempo daquele carro.

  • Ter um ponteiro para uma zona de memória definida por si, e construída através de malloc no qual vai replicar os valores da matriz tempos nessa nova memória.

    Nesta solução o primeiro passo é alocar o espaço para as várias voltas do carro:

    pCarroPiloto aux = malloc(sizeof(carroPiloto));
    
    aux->tempo = malloc(sizeof(int) * caract.voltas);
    

    Agora pode percorrer a matriz tempos e guardar os valores que interessam:

    for(j = 0; j < caract.voltas; j++) {
        tempos[i][j] = calculaSegundos(idade,peso,exp,potencia,caract.comprimento);     
        aux->tempo[j] = tempos[i][j];
    }
    

    Mas e onde está a notação de ponteiro ?

    Bom você pode utilizar notação de ponteiro se quiser neste caso, mas é totalmente desnecessário e complica, mas ficaria igual ao que tem na pergunta:

    for(j = 0; j < caract.voltas; j++) {
        tempos[i][j] = calculaSegundos(idade,peso,exp,potencia,caract.comprimento);     
        *(aux->tempo + j) = tempos[i][j];
    }
    

    No entanto a maior diferença para o seu código dá-se no malloc que eu dei para o ponteiro tempo, pois se não o fizer está a tentar guardar elementos num ponteiro que não aponta para um local definido por si, e isso representa comportamento indefinido, e um potencial segmentation fault.

    O mesmo se pode dizer da variável aux que não pode ter acessos aos seus campos se estiver declarada como NULL.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.