10

Existe forma de evitar que os operadores presentes nos argumentos passados, via linha de comando, sejam utilizados/interpretados pelo interpretador CMD em C, C++ ou C#?

Quero fazer uso de caracteres presentes no argumento, independente de serem operadores ou não, mas não quero que o interpretador os intercepte e os utilize, especificamente estes caracteres/operadores:

& && | || < > >> e <<

Sendo que meu executável, ao receber esses caracteres, os trate como, de fato, caracteres. Não permitindo ao interpretador manipular a operação atribuída a esses caracteres, como operadores que são.

Em outras palavras...

Como passar parâmetros contendo os caracteres especiais &, &&, |, ||, <, >, >>, e << via linha de comando para a função main de uma aplicação de console feita em C#, mas, evitando que o CMD use esses parâmetros como operadores.

Obs.: Sem usar prévio/edição/tratamento de strings/operador para posterior uso como argumento/parametro

É possível? Se é, como fazê-lo?

2
+50

̶N̶ã̶o̶ ̶s̶e̶i̶ ̶s̶e̶ ̶v̶a̶i̶ ̶l̶h̶e̶ ̶s̶e̶r̶v̶i̶r̶ ̶m̶a̶s̶ ̶e̶m̶ ̶̶c̶#̶̶ ̶o̶ ̶q̶u̶e̶ ̶d̶á̶ ̶p̶a̶r̶a̶ ̶f̶a̶z̶e̶r̶ ̶é̶ ̶c̶r̶i̶a̶r̶ ̶u̶m̶ ̶s̶h̶e̶l̶l̶ ̶f̶a̶l̶s̶o̶(̶F̶a̶k̶e̶ ̶S̶h̶e̶l̶l̶)̶ ̶o̶n̶d̶e̶ ̶o̶ ̶u̶s̶u̶á̶r̶i̶o̶ ̶d̶i̶g̶i̶t̶a̶ ̶a̶ ̶l̶i̶n̶h̶a̶ ̶d̶e̶ ̶c̶o̶m̶a̶n̶d̶o̶ ̶e̶n̶q̶u̶a̶n̶t̶o̶ ̶o̶ ̶f̶a̶k̶e̶ ̶s̶h̶e̶l̶l̶ ̶p̶r̶o̶c̶e̶s̶s̶a̶ ̶e̶s̶s̶a̶ ̶e̶n̶t̶r̶a̶d̶a̶ ̶e̶ ̶r̶e̶t̶r̶a̶n̶s̶m̶i̶t̶e̶ ̶p̶a̶r̶a̶ ̶o̶ ̶̶c̶m̶d̶̶ ̶o̶ ̶q̶u̶e̶ ̶v̶o̶c̶ê̶ ̶q̶u̶i̶s̶e̶r̶.̶ ̶ ̶N̶e̶s̶s̶e̶ ̶e̶x̶e̶m̶p̶l̶o̶ ̶e̶u̶ ̶a̶p̶e̶n̶a̶s̶ ̶r̶e̶t̶r̶a̶n̶s̶m̶i̶t̶o̶ ̶p̶a̶r̶a̶ ̶o̶ ̶̶c̶m̶d̶̶ ̶e̶x̶a̶t̶a̶m̶e̶n̶t̶e̶ ̶t̶u̶d̶o̶ ̶q̶u̶e̶ ̶u̶s̶u̶á̶r̶i̶o̶ ̶d̶i̶g̶i̶t̶a̶r̶,̶ ̶ú̶n̶i̶c̶a̶ ̶c̶o̶i̶s̶a̶ ̶q̶u̶e̶ ̶f̶a̶ç̶o̶ ̶e̶n̶t̶r̶e̶ ̶o̶ ̶d̶i̶g̶i̶t̶a̶r̶ ̶d̶a̶ ̶l̶i̶n̶h̶a̶ ̶d̶e̶ ̶c̶o̶m̶a̶n̶d̶o̶ ̶e̶ ̶r̶e̶c̶o̶n̶h̶e̶c̶i̶m̶e̶n̶t̶o̶ ̶p̶e̶l̶o̶ ̶̶c̶m̶d̶̶ ̶é̶ ̶q̶u̶e̶b̶r̶a̶r̶ ̶a̶ ̶l̶i̶n̶h̶a̶ ̶d̶e̶ ̶c̶o̶m̶a̶n̶d̶o̶ ̶e̶m̶ ̶e̶s̶p̶a̶ç̶o̶s̶ ̶e̶ ̶i̶m̶p̶r̶i̶m̶i̶r̶ ̶s̶e̶u̶s̶ ̶c̶o̶m̶p̶o̶n̶e̶n̶t̶e̶s̶ ̶e̶n̶t̶r̶e̶ ̶c̶o̶l̶c̶h̶e̶t̶e̶s̶:̶ ̶

Para resolver seu problema eu criei um FakeShell que atua em dois modos. Modo DOS e Modo FakeShell.

O que são esses dois modos?

No modo DOS o programa funciona exatamente da mesma forma que o CDM os caracteres de operadores & && | || < > >> e << são processados de forma tradicional realizando suas respectivas funções.

No modo FakeShell a linha de comando é interceptada e quebrada pela função CommandLineToArgvW hospedada na dll Shell32.dllque faz a analise léxica da linha de comando segundo o padrão DOS, isso para que não haja problemas de fraturas ou incongruências com os argumentos. A quebra da linha de comando é passada para um vetor de strings, string[] args = SplitArgs(cmd);, onde o primeiro elemento é o nome do programa que você quer chamar e resto do vetor são os argumentos.

Então ao invés de usar o CMD, o programa cria um processo paralelo que chama o programa passado em args[0] utilizando o resto do vetor args como argumentos. O resultado é que os caracteres de operadores & && | || < > >> e << não são processados deixam de serem entendidos como comandos e passam a ser compreendidos como simples strings.

Por que dois modos?

Porque o Modo FakeShell não funciona sob ambiente CMD então os comandos do DOS estão desabilitado e a única coisa que dá para fazer é chamar executáveis, arquivos de lote ou arquivos associados a aplicativos. Então o modo DOS serve para navegar no sistema e o modo FakeShell serve para ignorar comandos DOS.

Como trocar os modos de operação? Pressione [CTRL] + P e depois enter.

O programa começa em modo DOS.

O código:

EDITADO

using System;
using System.Text;
using System.IO;
using System.Diagnostics;

using System.Runtime.InteropServices;
using System.Linq;

namespace FakeShell
{
    class FakeShell
    {
        private static StringBuilder fakeOutput = null;




        //*********************************************************************************************************************
        //                                       EDIÇÃO
        //*********************************************************************************************************************
        private static bool prompt = false;

        /// <summary>
        /// Usa a função Win32 CommandLineToArgvW para analisar e quebrar a string de entrada segundo o formato pedido pelos DOS
        /// </summary>
        /// <param name="entrada">String a ser analizada</param>
        /// <returns>Retorna a quebra da enrada em vetor de strings segundo a sintaxe do dos</returns>
        static string[] SplitArgs(string entrada)
        {
            int contador;
            IntPtr ptrArgumentos;
            string[] argumentos;

            ptrArgumentos = CommandLineToArgvW(entrada, out contador);
            if (ptrArgumentos == IntPtr.Zero)
            {
                return new string[] {"Erro a analisar o argumento"};                
            }
            try
            {
                argumentos = new string[contador];
                for (int i = 0; i < contador; i++)
                    argumentos[i] = Marshal.PtrToStringUni(
                        Marshal.ReadIntPtr(ptrArgumentos, i * IntPtr.Size));
                return argumentos;
            }
            finally
            {
                LocalFree(ptrArgumentos);
            }
        }

        [DllImport("shell32.dll", SetLastError = true)]
        static extern IntPtr CommandLineToArgvW(
            [MarshalAs(UnmanagedType.LPWStr)] string lpCmdLine,
            out int pNumArgs);

        [DllImport("kernel32.dll")]
        static extern IntPtr LocalFree(IntPtr hMem);



        private static void OutputHandler(object sendingProcess,
            DataReceivedEventArgs outLine)
        {

            //Modifiquei o código despejo do buffer mas tem ainda um bug
            //Não sei o porque de em alguns momentos ele adiciona um \n na frente do prompt 
            if (!String.IsNullOrWhiteSpace(outLine.Data))
            {
                if (prompt)
                {
                    Console.Write(outLine.Data);
                    prompt = false;
                } else Console.WriteLine(outLine.Data);
            }
        }


        //*********************************************************************************************************************
        //                                       FIM - EDIÇÃO
        //*********************************************************************************************************************


        static void Main()
        {
            //****************************************************************************
            //                                       EDIÇÃO
            //****************************************************************************

            //Adicionei essa variável para controlar o processamento ou não do CMD. 
            //True é modo DOS
            //False é modo FakeShell
            bool processarCMD = true; //Começa em modo DOS
            //Adicionei essa variável para controlar e exibição ou não do prompt
            prompt = false;


            //*********************************************************************************************************************
            //                                       FIM - EDIÇÃO
            //*********************************************************************************************************************

            try
            {
                Process fakeShell = new Process();
                fakeShell.StartInfo.FileName = "cmd.exe";
                fakeShell.StartInfo.UseShellExecute = false;
                fakeShell.StartInfo.RedirectStandardOutput = true;
                fakeShell.OutputDataReceived += OutputHandler;
                fakeShell.StartInfo.RedirectStandardInput = true;
                fakeShell.Start();
                StreamWriter streamWriter = fakeShell.StandardInput;
                fakeShell.BeginOutputReadLine();
                String cmd;
                Console.WriteLine("-Fake Shell- digite um comando ou pressione enter para saír:\n");
                Console.WriteLine("pressione [CTRL] + P para ativar/desativar o modo de processameto CDM");
                streamWriter.Flush();
                do
                {
                    //para pegar o prompt
                    prompt = true;
                    streamWriter.WriteLine("\x0D"); 

                    cmd = Console.ReadLine();

                    if (!String.IsNullOrEmpty(cmd))
                    {
                        //****************************************************************************
                        //                                       EDIÇÃO
                        //****************************************************************************

                        if (cmd == "\u0010")
                        {
                            processarCMD = !processarCMD;
                            Console.WriteLine("<<Modo " + ((processarCMD)? "DOS" : "FakeShell") + ">>\n");
                            continue;
                        }

                        //SplitArgs quebra a linha de comando inserida segundo o formato DOS
                        string[] args = SplitArgs(cmd);

                        //Caso queira comutar entre modo DOS e modo FakeShell pressione [CTRL] + P
                        if (processarCMD) streamWriter.WriteLine(cmd);
                        else
                        {
                            //Esse foreach é só um exemplo ele pega a quebra da linha de comando e imprime
                            //verticalmente entre colchetes só para mostrar sequencia de quebra.
                            foreach (var arg in args)
                            {
                                Console.WriteLine("[" + arg + "]");
                            }

                            //Cria um novo processo paralelo para executar seu Aplicativo
                            Process newProcess = new Process();


                            newProcess.StartInfo.FileName = args[0];





                            //Junta os argumentos  
                            newProcess.StartInfo.Arguments = String.Join(" ", args.Skip(1).ToArray());


                            newProcess.StartInfo.UseShellExecute = true;




                            //Inicializa o processo chamando o executável em outra janela
                            try
                            {
                                newProcess.Start();

                            }
                            catch (Exception e)
                            {
                                streamWriter.WriteLine(e.Message);

                                continue;
                            }
                            //Aguarda até que o applicativo esteja ecerrado
                            newProcess.WaitForExit();



                            //Fecha o processo paralelo
                            newProcess.Close();


                        }                     


                        //****************************************************************************
                        //                                   FIM - EDIÇÃO
                        //****************************************************************************
                    }
                } while (!String.IsNullOrEmpty(cmd));
                streamWriter.Close();
                fakeShell.WaitForExit();
                fakeShell.Close();
            }
            catch (InvalidOperationException e)
            {
                Console.WriteLine(e);
            }
        }
    }
}

Para fazer o teste criei um diretório e nesse diretório dei o seguinte nos dois modos:

C:\Teste> CMD.exe /? >> Teste.txt

Esse comando chama a ajuda do CMD, que é extensa, e salva num arquivo chamado Teste.txt no modo DOS ele cria o arquivo normalmente no modo fake shell ele abre uma nova janela com o CMD e consome as srings >> e Teste.txt como se fossem parâmetros e as ignora já a string /? também é consumida como parâmetro e na janela que foi aberta exibe a ajuda do CMD sem criar o arquivo Teste.txt.

OBS: Para o seu programa C# consumir alinha de comando o método Main deve ter a seguinte assinatura:

static void Main(string[] args)

  • Unindo o C# com o cmd: tenho o que me atende usando apenas um bat/cmd na chamada com os argumentos dessa forma: 2>nul call_Redirect_Operator.cmd – It Wasn't Me 11/05 às 18:21
  • Conteúdo do bat/cmd = linha chamando Redirect_Operator.exe: @echo off && 2>nul Redirect_Operator.exe <nul & && > >> < << | || <nul – It Wasn't Me 11/05 às 18:24
  • Sáida retorna dessa forma: @echo off && 2>nul Redirect_Operator.exe <nul & && > >> < << | || <nul Daí, como fazer ele ignorar o que vem antes do nome e remover o 1º <nul (simula fake/enter no fakeshell) e o último <nul ? – It Wasn't Me 11/05 às 18:27
  • Para que retorne dessa forma: – It Wasn't Me 11/05 às 18:36
  • Deixa eu pensar pois ai analise da entrada é seletiva. – Augusto Vasques 11/05 às 18:39
4

Passe os argumentos encadeiados com "". Desta maneira, o Console não vai interpretar o que está dentro do conjunto de caracteres.

echo olá >> mundo

O comando acima irá criar um arquivo "mundo" com o conteúdo "olá".

echo "olá >> mundo"

O comando acima irá imprimir olá >> mundo na tela.

Para isso, quando for chamar algum processo, utilize:

ProcessStartInfo CmdProcess = new ProcessStartInfo();
CmdProcess.Filename = "cmd.exe";
CmdProcess.UseShellExecute = true;
CmdProcess.Arguments = "\"" + "foo >> bar << & &&  |  ||  <  >  >>  <<" + "\"";

Process.Start(CmdProcess);

Desta forma, tudo que é passado dentro de "...", é intepretado de forma literal.

Observação: você divide argumentos passados para o CMD por um espaço. Como dentro de um "..." espaços são considerados o mesmo argumento, separe argumentos com outros campos: cmd.exe "arg 1" "arg >> 2" "arg & 3"

3

O Prompt de Comando do Windows, por nativo, irá operar todos os caracteres que não estiverem escapados ou enclasurados em "...". O que resta fazer é: criar o seu próprio CMD.

Escrevi um código que, tem a mesma função do Prompt de Comando do Windows e roda os mesmos comandos do mesmo, mas, não trata operadores. Não é necessário escapar ou enclasurar caracteres, este pequeno aplicativo não vai lidar com eles:

using System;
using System.Collections.Generic;
using System.Linq;
using System.Text;
using System.Threading.Tasks;

namespace CustomCMD
{
    class Program
    {
        public const char ESCAPE_CHAR = '^';
        public const char ARGUMENT_DIVISOR = ' ';
        static string ContainsStringArray(string str, params string[] items)
        {
            foreach(string item in items)
            {
                if(str.Contains(item))
                {
                    return item;
                }
            }
            return null;
        }
        static string EvaluateCommand(string program, params string[] args)
        {
            System.Diagnostics.ProcessStartInfo inf = new System.Diagnostics.ProcessStartInfo();
            inf.FileName = "CMD";
            List<string> argsParsed = new List<string>();
            foreach(string arg in args)
            {
                argsParsed.Add(PrepareArgument(arg));
            }
            inf.Arguments = "/C " + program + ARGUMENT_DIVISOR + (args.Count() == 0 ? "" : string.Join(ARGUMENT_DIVISOR.ToString(), argsParsed).Trim());
            inf.UseShellExecute = false;
            inf.RedirectStandardOutput = true;

            try
            {
                System.Diagnostics.Process pro = System.Diagnostics.Process.Start(inf);
                pro.WaitForExit();
                Console.WriteLine(pro.StandardOutput.ReadToEnd());
            } catch (Exception ex)
            {
                return ex.Message;
            }
            return "";
        }
        static string PrepareArgument(string argument)
        {
            // Caracteres não aceitos: &  &&  |  ||  <  >  >> e <<
            string[] notAcceptedChars = { "&", "|", "<", ">" };
            StringBuilder newArgument = new StringBuilder();
            argument = argument.Trim('"'); // remove os "" dos argumentos
            for (int charIndex = 0; charIndex < argument.Length; charIndex++)
            {
                char ch = argument[charIndex];
                string extracted = ContainsStringArray(ch.ToString(), notAcceptedChars);
                if (extracted != null)
                {
                    // detectou um caractere não aceito
                    // verifica se já não está escapado
                    bool escaped = false;
                    try
                    {
                        escaped = argument[charIndex - 1] == ESCAPE_CHAR;
                    }
                    catch (Exception) { } finally
                    {
                        // início da string
                        if (!escaped) newArgument.Append(ESCAPE_CHAR);
                        newArgument.Append(ch);
                    }
                } else
                {
                    newArgument.Append(ch);
                }
            }
            string ret = argument.Trim().Contains(ARGUMENT_DIVISOR) ? '"' + newArgument.ToString() + '"' : newArgument.ToString();
            return ret ;
        }
        static void Main(string[] args)
        {
            if(args.Count() == 0)
            {
                Console.WriteLine("Console Não Operador");
                Console.WriteLine("Criado por Gabriel Scatolin");
                Console.WriteLine();
                while(true)
                {
                    Console.Write(System.IO.Directory.GetCurrentDirectory() + "> ");
                    string input = Console.ReadLine();
                    if (input == "") continue;

                    string exe = "";
                    string[] cmdArgs = { };

                    if(input.Contains(ARGUMENT_DIVISOR) == false)
                    {
                        exe = input;
                    } else
                    {
                        string[] inputData = input.Split(ARGUMENT_DIVISOR);
                        exe = inputData[0]; ;
                        cmdArgs = inputData.Skip(1).ToArray();
                    }

                    string ev = EvaluateCommand(exe, cmdArgs);
                    if(ev != "")
                    {
                        Console.WriteLine("Comando inválido ou arquivo não encontrado: " + ev);
                    }
                }
            } else
            {
                List<string> formattedArg = new List<string>();
                foreach(string arg in args.Skip(1))
                {
                    formattedArg.Add(arg);
                }

                string ev = EvaluateCommand(args[0], formattedArg.ToArray());
                if (ev != "")
                {
                    Console.WriteLine("Comando inválido ou arquivo não encontrado: " + ev);
                }
                Console.ReadLine();
            }
        }
    }
}

Observações importantes

  • Comandos como CD, CLEAR ou HELP não funcionarão, uma vez que o Console está funcionando em outra sessão, diferente de cada processo invocado.
  • O Console não é totalmente compatível com todos os comandos do Prompt de Comando, pois em cada comando, é invocado um comando no CMD nativo na seguinte expressão:

CMD /C <arg0> [<arg1 formatado> <arg2 formatado> <arg3 formatado> ...]

  • Em vista disso, o aplicativo se comporta bem ao chamar métodos como ECHO Olá&Mundo, ou aplicativos com expressões complexas.
  • Para chamar os executáveis diretamente pelos seus nomes, sem usar o CMD como porta, edite inf.FileName = "CMD"; para inf.FileName = program; e edite a seguinte linha:
// de:
inf.Arguments = "/C " + program + ARGUMENT_DIVISOR + (args.Count() == 0 ? "" : string.Join(ARGUMENT_DIVISOR.ToString(), argsParsed).Trim());

// para:
inf.Arguments = args.Count() == 0 ? "" : string.Join(ARGUMENT_DIVISOR.ToString(), argsParsed).Trim();

inserir a descrição da imagem aqui


Explicação dos métodos

  • PrepareArgument(string) - escapa os caracteres de forma inteligente e prepara um argumento único para seu uso;
  • EvaluateCommand(string, string[]) - executa o executável, usando uma instância de Console, com os argumentos. Observação: os argumentos são formatados dentro do método, não há necessidade de formatar a entrada;
  • Main(string[]) - método de entrada dos argumentos originais.

Este sistema também consegue lidar com inicializações sem argumentos, funcionando como um terminal interativo.

  • 1
    vou testar amanhã, mas ja agradeço, outra coisa,vc q pagou sua outra resposta? Já pontuada (== útil p alguns operadores), não entendi do por quê não mantê-la. – It Wasn't Me 14/05 às 20:34
  • @ItWasn'tMe não acho ético duas respostas do mesmo autor, considerando uma delas sendo errada para a pergunta. Mas vou ouvir seu conselho e vou restaurar ela =) – CypherPotato 15/05 às 12:15
  • 1
    bom dia, n funcionou, usando em bat ele trava, fico dando n enter e ele n sai sem fechar a janela. – It Wasn't Me 18/05 às 14:07
  • @ItWasn'tMe você precisará implementar uma maneira de atribuir a sessão do Console para o batch. Este código que coloquei é um exemplo do que pode ser feito. – CypherPotato 18/05 às 15:58
  • 1
    Vou insistir no seu código, obrigado, inclusive editando, no que posso.. obrigado. – It Wasn't Me 18/05 às 16:01

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.