1

Tenho uma dúvida em trabalhos com bancos de dados.

Exemplificando, conforme a imagem abaixo: Relacionamento entre tabelas BD

Pois bem, eu sei que devo incluir na tabela agendar_consulta o usuário que precisa de uma consulta e o médico que irá consultá-lo, e isto se faz através de foreign keys referenciando a registros únicos das tabelas users e médicos.

Agora a pergunta:

Qual a utilidade de eu referenciar Foreign Keys (chaves estrangeiras) da tabela agendar_consulta a registros das tabelas users e médicos?

Não teria o mesmo efeito eu deixar a tabela agendar_consulta com os campos id_medico e id_user como campos simples (não Foreign Key) de variável Integer e só repetir os id's independentemente das outras tabelas?

0

Rodrigo, as chaves estrangeiras são úteis para evitar ações que destroem as ligações entre as tabelas e evita também que dados inválidos sejam inseridos numa chave estrangeira, porque o valor inserido tem de ser um valor existente na tabela que está ligada a essa.

Caso não use as chaves estrangeiras e apenas tenha uma coluna, estas regras não serão aplicadas por omissão.

Usando o seu exemplo, se eu tivesse um id_user = 1 e depois tentasse inserir na tabela agendar_consulta um user com id_user = 2 esta inserção não poderia ser feita, estaria a agendar uma consulta para um user não registado, tal como agendar uma consulta com um id_medico não existente, não pode realizar uma consulta se o id_medico não existir na sua base de dados.

0

Integridade e segurança.

Quando se usa Foreign Key, podemos garantir que nenhum registro será fisicamente adicionado na tabela agendar_consulta sem um id_user e um id_medico válido.

O mesmo vale na exclusão: nenhum registro poderá ser excluído das tabelas users e medicos se estes estiverem sendo usado na tabela agendar_consulta

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.