2

Uma das minhas atividades na empresa que trabalho é verificar log de JVMs quando temos erros na aplicação.

A forma que é feita essa verificação é através de SSH (temos um "túnel" configurado através de VPN diretamente configurada no SONICWALL).

Funciona assim:

$ ssh [servidor interno] (utilizo ALIAS, o host está configurado na minha chave)
$ssh [servidor cliente] (não temos mais acesso direto)

Dentro do servidor do cliente temos 2 JVMs (criamos links das pastas de logs para não ter que ficar navegando até elas), mas para acessar as pastas precisamos voltar um diretório (não sei porque o usuário da empresa não loga no diretório raiz), ficando:

$ cd

Resumindo a rotina:

$ ssh [servidor empresa]
$ ssh [servidor cliente]
$ cd
$ cd [log_vm_1]
$ find ./* -type f -exec grep -l COD_ERRO_JVM  {} \;

Não é um processo muito longo, o problema é que temos 5 servidores com 2 VMs cada, e a aplicação é gerenciada por um WebLogic (não temos como saber onde ocorreu o erro), ou seja, tenho que procurar VM por VM.

A minha dúvida é:

É possível criar um script onde eu rode este find em todos os servidores/VMs ao mesmo tempo?

0

Primeiramente você pode criar um script que faz a busca nas duas JVMs de um mesmo servidor:

#!/bin/bash

cd
for dir in log_vm_1 log_vm_2
do
    echo "procurando em" $(hostname) $dir
    find $dir -type f -exec grep -l COD_ERRO_JVM  {} \;
done

Repare que você não precisa fazer cd dir e depois find, é possível passar o diretório diretamente para o find. Aliás, se você sabe o caminho completo do diretório, nem mesmo o cd no começo é necessário, você poderia fazer simplesmente find /caminho/completo/log_vm.

Na verdade, se quiser, pode passar vários diretórios de uma vez: find log_vm_1 log_vm_2, assim nem precisaria do for. Eu fiz o for acima apenas para ter um echo entre um diretório e outro, assim as respectivas saídas ficam visualmente mais separadas.


Supondo que o script acima esteja salvo no arquivo busca.sh (em alguma pasta do seu servidor interno), basta você se conectar em cada um dos servidores do cliente passando o nome do script como parâmetro:

ssh servidor_interno
for serv in  servidor_cliente_1  servidor_cliente_2  servidor_cliente_3
do
    ssh $serv "bash -s" < /pasta/do/arquivo/busca.sh
done

"bash -s" < arquivo faz com que os comandos sejam lidos do arquivo. Em seguida, eles são executados no servidor do cliente, sem que o script precise estar lá.

Com isso os comandos do script busca.sh são executados em cada um dos servidores do cliente. A linha com echo imprime o hostname e o diretório, assim você terá uma saída parecida com isso:

procurando em servidor_cliente_1 log_vm_1
... saída do find 
procurando em servidor_cliente_1 log_vm_2
... saída do find
procurando em servidor_cliente_2 log_vm_1
... saída do find 
procurando em servidor_cliente_2 log_vm_2
... saída do find
... e assim por diante

Claro que você pode salvar o for serv ... acima em outro script, se quiser. Por exemplo, se eu salvar em /pasta/busca_todos.sh (no servidor interno) e der permissão de execução (chmod u+x busca_todos.sh), eu posso executá-lo diretamente pelo SSH:

ssh servidor_interno /pasta/busca_todos.sh

Assim, ao se logar no servidor interno, o script busca_todos.sh é executado. E dentro dele existe o for que faz um loop por todos os servidores do cliente, executando a busca em cada um deles.


Outra alternativa é copiar o script busca.sh para cada um dos servidores do cliente:

scp busca.sh servidor_cliente_1:/pasta
scp busca.sh servidor_cliente_2:/pasta
... copiar para todos os servidores do cliente

Como agora existe uma cópia do arquivo em cada servidor do cliente, basta passar o caminho completo do mesmo ao fazer o SSH:

ssh servidor_interno
for serv in  servidor_cliente_1  servidor_cliente_2  servidor_cliente_3
do
    ssh $serv /pasta/busca.sh
done

Lembrando que o script deve ter permissão de execução (é necessário executar chmod u+x busca.sh em cada servidor do cliente para que ele possa ser executado).

  • hkotsubo, Muito obrigado. Deu certo. – Rodrigo Santos 5/04 às 14:36
  • @RodrigoSantos Se a resposta resolveu o seu problema, vc pode aceitá-la, veja aqui como e porque fazê-lo. Não é obrigatório, mas é uma boa prática do site, para indicar a futuros visitantes que aquilo resolveu o problema. E quando tiver 15 pontos, vc também poderá votar em todas as respostas que achou úteis. – hkotsubo 5/04 às 14:37

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.