0

Eu comecei a programar recentemente e logo me deram o problema de criar um algoritmo para verificar se um numero é primo ou não. Como na época eu ainda estava com certa dificuldade em laços de repetições, criei um algoritmo baseado em if/else para resolver o problema:

#include <stdlib.h>
#include <stdio.h>
int main(void)
{
    int a; 
    scanf("%d",&a);
             if(((((a % 2 == 0) and (a != 2))
             or ((a % 3 == 0) and (a != 3)))
             or (((a % 5 == 0) and (a != 5)) 
             or ((a % 7 == 0) and (a != 7)))) )
             {

             }
             else
             {
               printf("%d ", a);
             }


    return 0;
}

O algoritmo até verifica se um numero é primo ou não, porem quando a fatoração de um numero é a multiplicação de dois números primos como o 169 (13*13) ou 143 (11*13), o numero também passa como primo. Utilizei a biblioteca math.h para calcular a raiz do numero e excluir ele quando ele é um quadrado de um numero primo:

#include <stdlib.h> 
#include <stdio.h> 
#include <math.h>

int main(void)
{
    int a;
    float c, b;
    scanf("%d", &a);
    c = a;
    b = sqrt(c) ;
    if (a == 1)
    {
          printf("o numero 1 nao eh primo");
    }
   if((((((a % 2 == 0) and (a != 2))
   or ((a % 3 == 0) and (a != 3)))
   or (((a % 5 == 0) and (a != 5)) or ((a % 7 == 0) and (a != 7)))) or floor(b) == b ))
    {
          printf("Nao eh primo\n\n\n");
    }
    else
    {
        printf("%d eh primo\n\n\n", a);
    }
    return 0;
}

Porém ainda não consegui resolver números que tem o mesmo caso do 143, a minha duvida é como que posso verificar se um numero é primo ou não sem usar laços de repetição. Obrigado :)

  • 3
    Não pode e nem de perto o seu programa verifica se o número é primo. Ter dado o resultado que você esperava foi mera coincidência. Você só verifica se o número é múltiplo de 2, 3, 5 e 7 sem que seja um deles. Isso não é verificar se é primo. A definição de ser primo é que o número precisa ser apenas divisível por 1 e por ele mesmo, então você necessariamente terá que criar um laço de repetição para testar todos os possíveis divisores. – Woss 2/04/19 às 16:28
  • 1
    P/ fazer sem laços, tem uma alternativa bem "gambiarra": if (n == 2 || n == 3 || n == 5 || n == 7 || n == 11 ...) (inclua todos os primos nessa lista, até o maior valor possível para um int). Mas por que vc quer fazer sem laços, se com laços é muito mais fácil? – hkotsubo 2/04/19 às 16:39
0

Olá, para criar este algoritmo é essencial saber laços de repetição, pois o número de entrada pode ser qualquer número.

Primeiro temos que entender que um número primo terá que ter exatamente duas divisões uma por um e outro por ele mesmo.

Eu criei um exemplo bem simples com duas funções main e getDivisions(int number).

#include <stdio.h>

int getDivisions(int number);

int getDivisions(int number) {
  int divisions = 0;

  for(int i = 1; i <= number; i++) {
    if(number % i == 0) {
      divisions++;
    }
  }

  return divisions;
}

int main(void) {
  printf("Digite um número: ");

  int inputNumber = 0;

  scanf("%d", &inputNumber);

  int divisions = getDivisions(inputNumber);

  if(divisions == 2) {
    printf("O número %d possui %d divisões, ele é primo.", inputNumber, divisions);
  } else {
    printf("O número %d possui %d divisões, ele não é primo.", inputNumber, divisions);
  }

  return 0;
}

Na função getDivisions que recebe um número por parâmetro e retorna o número de divisões, a função utiliza o laço de repetição for que incrementa uma variável i de 1 até o número passado no parâmetro, no laço a função verifica o resto da divisão entre o número e i, se for zero significa que número é divisível por i e incrementa o número de divisões, caso contrario não faz nada e o laço de repetição continua.

Na função main ele ler um número passado pelo usuário, chama a função getDivisions com o número para obter o número de divisões e depois verifica se o número de divisões é 2, caso seja 2 é primo.

0

Acho que essa seria uma base interessante pro que você quer.

Você não precisa testar todos os valores, pois se até N/2 não for divisível, a partir daí ele só é divisível por ele próprio.

#include <stdio.h>

void chama_primo(int valor);
int checa_primo(int qtd_divisor, int value, int divisor);

int main() {

    int num;

    scanf("%d", &num);

    chama_primo(num);

    return 0;
}

void chama_primo(int valor) {

    if(checa_primo(0, valor, 2)) {
        printf("Número é primo\n");
    }
    else {
        printf("Não é primo\n");
    }
}

int checa_primo(int qtd_divisor, int value, int divisor) {

    int aux = qtd_divisor;

    if(qtd_divisor > 0) {
        return 0;
    }

    if(divisor > (value/2) && qtd_divisor == 0) {
        return 1;
    }

    if(value % divisor == 0) {
        aux++;
    }

    return checa_primo(aux, value, divisor+1);
}

Testei até N = 23 e tudo certo.

  • 1
    Sua função foi implementada de maneira pura. Para testá-la, você não precisa necessariamente passar como argumento um inteiro lido da entrada padrão, apenas um inteiro. Então você poderia facilmente fazer uma validação até o 1.000.000 com apenas 3 linhas a mais – Jefferson Quesado 2/04/19 às 21:41
  • @JeffersonQuesado, confesso que fui desatento. Imaginei que a impossibilidade da utilização de estruturas de repetição fosse uma restrição e não causada por falta de experiência com elas. E o código da minha resposta realmente foi muito mau escrito. – Ivan Silva 2/04/19 às 23:18
0

Bom não é código mais elegante que exista ,mas resolve bem o problema com um pouco de recursão.

Código

#include <stdio.h>
#include <stdbool.h>

bool ePrimo(int n ,int nn);

int main(void)
{
  int n = 0;

  printf("Digite um numero: ");
  scanf("%d" ,&n);
  if (ePrimo(n ,1))
    printf("%d e primo!" ,n);
  else
    printf("%d nao e primo!" ,n);

  return 0;
}

bool ePrimo(int n ,int nn)
{
  static int divs = 0;

  if (nn > n)
    return n;

  if (n % nn == 0)
    divs++;

  ePrimo(n ,nn + 1);

  if (divs <= 2)
    return 1;
  return 0;
}

Se necessária alguma explicação ,aqui estou.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.