3

Estou precisando desenvolver uma API que receberá os dados de um usuário em json via $_GET com PHP, que irá fazer a verificação dos dados e retornar um valor verdadeiro ou falso para a aplicação Android.

Atualmente estou utilizando criptografia AES para enviar o json via $_GET, onde a API irá utilizar a chave para descriptgrafar e retornar os dados necessários, porém acredito que não seja um sistema muito seguro, pois qualquer usuário poderia acessar a URL da API diretamente pelo browser (Apesar de não poder utiliza-la por não possuir a Chave).

Gostaria de saber como posso melhorar esse sistema em termos de segurança.

/* Obs */

Atualmente como a minha aplicação precisa criptografar os dados e enviar para a API, para que depois ocorra o inverso, eu guardo uma Chave de criptografia em uma variável dentro do APK, o que não é algo realmente seguro pois a aplicação pode ser quebrada, e com o código fonte disponível qualquer um terá acesso a chave da API.

  • 1
    Implementaçao de um sistema de segurance depende muito do problema e do "medo" que vc tem. Qual e o perigo exatamente? O que vc precisa evitar? A interceptação. dos dados enviadas? A interceptação. da reposta? Modificação da resposta? Dos dados? – Peter 17/10/14 às 18:12
  • Um dethale: com um feramenta tipo xdaAutoTool, precisa de 2 minutos para quebrar um APK e com JDecomp precisa de 2 outros minutos para quebrar o JAR e ter o codigo fonte... Isso significa que, se vc tem a "chave" dentro do seu codigo, o nivel de seguranca e mas o menos de 0. – Peter 17/10/14 às 18:21
  • Isso mesmo, Peter. Atualmente o meu problema é que a API é completamente acessível através da URL pelo Browser, como por exemplo: host/APIServer/server.php?query=DADOS_CRIPTOGRAFADOS E como a API recebe os dados criptografados para descriptografar com AES, efetuar a requisição (Login de usuário por exemplo) e depois retornar os valores criptografados, qualquer coisa que seja adicionada ao parâmetro query da URL irá retornar algum valor qualquer que não significará nada se a chave não combinar, mas se o usuário tiver essa chave poderá resgatar qualquer dado do usuário. – Rafael Alexandre 17/10/14 às 18:23
  • Ponto 1, precisa enviar usando POST. Outro ponto, se eu entende bem, o que vc quer fazer e a identificaçao sobre o PHP? Eu tenho o aplicativo, vou me conectar no PHP e o PHP vai saber que sou eu. isso? A pergunta principal e saber se vc quer identificar o usuario (entao uma pessoa que pode digitar a senha) o se vc quer identificar o applicativo Android (entao, sem cuidar de quem usa). – Peter 17/10/14 às 18:43
  • No caso, eu quero identificar o usuário que está acessando e fez o login no formulário, este formulário irá fazer a validação através da API. – Rafael Alexandre 17/10/14 às 19:02
2

Uma das implementações adicionais que você pode utilizar é a autenticação HTTP, assim será solicitado o utilizador entrar com um nome de usuário e senha, seja por onde for que ele acesse sua API.

Costumo fazer isso utilizando os arquivos .htaccess e .htpasswd.

No .htaccess, que fica na raiz da sua API, tem algo assim:

AuthType Basic
AuthName "Minha API"
AuthUserFile /path/api/.htpasswd
Require valid-user

E no arquivo .htpasswd você possui os usuários com permissão de acesso. Este arquivo você pode deixar ele fora do diretório da sua API, naturalmente onde o acesso não é público. Aqui tem uma ferramenta que você pode gerar esta linha para o arquivo, mas um exemplo seria assim:

paulo:$apr1$BrHTIveu$TfxuDimtsqm/LX6w9GL1f1

Ou seja, somente o usuário paulo tem permissão para autenticar com a senha "senha" pelo exemplo acima.

Feito isso, no lado do Android, você precisa acrescentar ao cabeçalho de sua requisição estas informações. Nossa forma de autenticação é a BA (HTTP Basic Authentication), portanto neste ponto temos:

connection.setRequestProperty("Authorization", "Basic " + authBase64);

Sendo que connection tomei como exemplo uma implementação com a classe HttpURLConnection e authBase64 é o nome de usuário e senha em Base 64 assim: usuario:senha. Exemplo:

String authBase64 = Base64.encodeToString("paulo:senha".getBytes(), Base64.DEFAULT);

É basicamente isso, uma das formas que você teria de acrescentar mais um passo da segurança de acesso à sua API.

Espero ter ajudado.

  • 3
    Sim, um bom passo extra, além desse também pode deixar de utilizar GET e utilizar POST com mais criptografia e utilizar SSL. – Duanniston Cardoso Cabral 17/10/14 às 18:24
  • Se a chave a "dentro" do codigo do APP Android, criptographia o HTTP vão mudar nada. Precisa de 10 minutos pra quebrar o codigo de um APP Android, achar a chave e usar. – Peter 17/10/14 às 18:47
  • Outro ponto importante é utilizar algo como MCrypt para encriptar os dados enviados e recebidos, assim nenhum sniffer cheira dados de sua API. – Newton Pasqualini Filho 17/10/14 às 18:50
  • @Peter Sendo assim, nada que for feito é 100%. Como eu disse, é uma das implementações para ir diminuindo as chances. Acessando o endereço direto tem muito mais possibilidades do que alguém quebrar um código de APP (e souber fazer isso). – Paulo Rodrigues 17/10/14 às 18:57
  • 1
    @Paulo para quebrar um codigo Android, Google e o seu amigo. Tem doc e tem video mostrando como fazer. Sobre o comentario de Raphael, a pergunta da a resposta. Raphael pergunta "melhor forma de guardar essa chave". A boa pergunta é "porque GUARDAR a chave?" ;) – Peter 18/10/14 às 0:09

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.