2

Não entendi de maneira alguma e estou há horas tentando compreender essas duas funções. Por que sai esses resultados?

Fiz dezenas de testes de mesa e nenhum bate.

#include <stdio.h>

int main()
{
    int x=0,y=0,z=0;
    for(z=0;z<7;z++)
        if((++x>2) && (y++>4))
        x++;
        printf("x: %d  y: %d\n",x,y); 
}

Isso exibe x=5 e y=7.


No outro caso a função é:

#include <stdio.h>

int main()
{
    int x=0,y=0,z=0;
    for(z=0;z<5;z++)
        if((++x>3) || (++y>2))
        x++;
        printf("x: %d  y: %d\n",x,y); 
}

Nesta exibe-se x=8 y=3

New contributor
Guilherme Ioshua Belmont é começou a colaborar agora com este site. Seja gentil ao pedir esclarecimentos, comentar, e responder. Consulte nosso Código de Conduta.
3

A diferença é que ++x primeiro incrementa o valor de x, e só depois usa esse valor para o que quer que ele esteja sendo usado. Já x++ primeiro usa o valor de x na expressão, e só depois incrementa. Um exemplo simples:

int x = 0;
if (x++ > 0) {
    printf("entrou no if\n");
}
printf("%d\n", x);

Esse exemplo primeiro usa o valor de x na comparação. Como x vale zero, x > 0 não é verdadeiro, então não entra no if. Depois que o x é usado na comparação, ele é incrementado, e o código imprime:

1

Agora se fizermos:

int x = 0;
if (++x > 0) {
    printf("entrou no if\n");
}
printf("%d\n", x);

Nesse caso, primeiro x é incrementado e seu valor passa a ser 1. Depois disso ele é usado na comparação x > 0 (que agora é verdadeira, já que x vale 1). Por isso o código imprime:

entrou no if
1


Sendo assim, vamos entender os códigos.

int x = 0, y = 0, z = 0;
for(z = 0; z < 7; z++)
    if((++x > 2) && (y++ > 4))
        x++;
printf("x: %d  y: %d\n", x, y);

O for vai executar 7 vezes. Como o z não é usado dentro do loop (ele é usado somente para controlar a quantidade de vezes que o for roda), podemos simplesmente analisar os valores de x e y a cada uma das 7 iterações.

Lembrando que, como temos &&, isso quer dizer que ambas as condições devem ser verdadeiras para entrar no if. Se a primeira for falsa, ele sequer avalia a segunda.

Na primeira iteração, ++x > 2 incrementa x, que passa a valer 1. Então a comparação > 2 é falsa, e por isso a segunda condição sequer é testada. Então agora temos que x vale 1 e y continua sendo zero (e não entra no if).

Na segunda iteração, x é incrementado para 2, a condição > 2 é falsa e y nem é avaliado, e portanto continua sendo zero (e ainda não entra no if).

Na terceira iteração, x é incrementado para 3 e agora a condição > 2 é verdadeira. Mas como && exige que ambas as condições sejam verdadeiras, ele precisa testar y. Então y++ > 4 primeiro testa a condição > 4 (que é falsa, pois y é zero) e em seguida incrementa y, que passa a valer 1. Por isso ainda não entra no if.

Na quarta iteração, x é incrementado para 4 e a condição > 2 é verdadeira. Então y++ > 4 testa a condição > 4, que ainda é falsa (pois y ainda vale 1) e y é incrementado para 2. E ainda não entra no if.

Na quinta iteração, x é incrementado para 5 e a condição > 2 é verdadeira. Então y++ > 4 testa a condição > 4, que ainda é falsa (pois y ainda vale 2) e y é incrementado para 3. E ainda não entra no if.

Na sexta iteração, x é incrementado para 6 e a condição > 2 é verdadeira. Então y++ > 4 testa a condição > 4, que ainda é falsa (pois y ainda vale 3) e y é incrementado para 4. E ainda não entra no if.

Na sétima iteração, x é incrementado para 7 e a condição > 2 é verdadeira. Então y++ > 4 testa a condição > 4, que ainda é falsa (pois y ainda vale 4) e y é incrementado para 5. E ainda não entra no if.

Como o for só executa 7 vezes, o loop termina, com x igual a 7 e y igual a 5.


int x = 0, y = 0, z = 0;
for(z = 0; z < 5; z++)
    if((++x > 3) || (++y > 2))
        x++;
printf("x: %d  y: %d\n", x, y);

De maneira similar, o loop executa 5 vezes. Mas agora o if possui ||, que significa que se uma das condições for verdadeira, é o suficiente. Por isso, se a primeira for verdadeira, ele nem testa a segunda.

Na primeira iteração, x é incrementado para 1 e a comparação > 3 é falsa. Mas o || só precisa que uma das condições seja verdadeira, então ele testa a próxima. y é incrementado para 1 e o teste > 2 é falso. Então não entra no if.

Na segunda iteração, x é incrementado para 2 e a comparação > 3 é falsa. y é incrementado para 2 e o teste > 2 é falso. Então não entra no if.

Na terceira iteração, x é incrementado para 3 e a comparação > 3 é falsa. y é incrementado para 3 e o teste > 2 é verdadeiro. Então agora entra no if, incrementando x para 4.

Na quarta iteração, x é incrementado para 5 e a comparação > 3 é verdadeira. Como o || só precisa que uma das condições seja verdadeira, ele nem testa a outra (então y permanece sendo 3). E como a primeira comparação foi verdadeira, ele entra no if, incrementando x para 6.

Na sexta iteração, x é incrementado para 7, a comparação > 3 é verdadeira, entra no if e x é incrementado para 8.

No final, temos que x é 8 e y é 3.

1

Os valores retornam diferente devido à forma como o código é executado. Os operadores x++ (pós incremento) e ++x (pré incremento) executam em momentos diferentes a soma de 1 ao valor da variável.

Veja esta resposta para mais detalhes sobre os operadores de pré e pós incremento.

Quando você usa condicao1 || condicao2, a primeira condição é avaliada sempre; a segunda condição só é avaliada caso a primeira seja falsa. Ao usar condicao1 | condicao2, as duas são avaliadas, independente do valor da primeira.

  • no segundo caso pq que quando chega no y=3 ele para de contar – Guilherme Ioshua Belmont 14/03 às 23:53
  • por um acaso quando entra o || dentro do if e a primeira condiçao ja deu verdadeira, ele para de usar a segunda condiçao e por isso nao incrementou mais no y? – Guilherme Ioshua Belmont 14/03 às 23:55
  • Resposta atualizada. – Mathias Berwig 15/03 às 0:00
  • caaraaaaaaaaamba, estou desde 4h da tarde fazendo test de mesa, varias folhas kkkkk muito obrigado!!!!!!!!!! – Guilherme Ioshua Belmont 15/03 às 0:04
  • Fico feliz que tenha compreendido! Não esqueça de marcar a pergunta como resolvida. – Mathias Berwig 15/03 às 0:07

Sua resposta

Guilherme Ioshua Belmont é um usuário novo. Seja legal e dê uma olhada no nosso código de conduta

Ao clicar em "Publique sua resposta", você reconhece que leu nossos termos de serviço, política de privacidade e política de cookes atualizados, e que a sua continuidade no uso do website é sujeita a essas políticas.

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.