2

Seguinte, o cenário é: No meu trabalho tem um projeto com apenas uma branch a master. Tiveram commits que quebraram a versão que estava em produção. Então, quando eu peguei o projeto, precisei clonar o projeto em um commit especifico. Assim o fiz, clonei em um commit especifico, adicionei novas funcionalidades. Tenho algumas dúvidas, por exemplo:

  • Como faço para subir a minha versão sem dar conflito? Eu pensei em criar uma nova branch mas perderia o historico, gostaria apenas de remover todos esses commits que quebraram a aplicação e voltar para a versão que eu baixei, para que eu consiga commitar.
  • Tevo ter duas branches? Tipo uma master e uma para desenvolvimento?
  • O que mais posso fazer?
  • "Tevo ter duas branches? Tipo uma master e uma para desenvolvimento?" com certeza, na verdade até mais, desenvolvimento, teste, homologação e produção. Qual o problema de perder o histórico dos erros, se os commits quebraram a aplicação tem que ter eles salvos? – Costamilam 9/03 às 3:00
  • Se pesquisar por "git workflow" verá que existem inúmeras possibilidades diferentes, então a "melhor prática" depende de cada caso. Mas creio que não está aproveitando uma das grandes vantagens do git, que é justamente poder ter vários branches, já que eles são "baratos" e mais fáceis de fazer merge se comparado com svn, por exemplo. E vc sempre tem uma cópia de todo o repositório, não há receio de perder histórico - se bem que até mesmo o histórico não é considerado "sagrado" para os adeptos do rebase: atlassian.com/git/tutorials/merging-vs-rebasing – hkotsubo 9/03 às 14:41
0

Não existe uma melhor pratica que se aplique em todos os casos. O problema que você está enfrentando é a falta de branchs. Eu, por exemplo, trabalho da seguinte forma:

  • Uma branch com o código que vai para produção, chamada master
  • Uma para o homologação, chamada staging
  • Uma nova branch a cada funcionalidade

Assim quando existe uma nova funcionalidade o processo fica assim:

  • Criar uma branch à partir da master, exemplo cadastro-de-usuarios
  • Depois de pronto para testes, fazer merge da cadastro-de-usuarios com a staging
  • Depois de homologado, fazer merge da cadastro-de-usuarios com a master

Se esse histórico é importante para vocês é possivel criar uma nova branch que contenha ele e depois fazer um reset na master para o ultimo commit sem erros.

Exemplo de comandos para criar um backup da master e reseta-la:

git checkout master
git checkout -b backup-master
git checkout master
git reset --hard HASH_DO_COMMIT_CORRETO
git push origin --force

Existem formas mais sofisticadas de organizar suas branchs, recomendo seguir o mais simples para você e sua equipe. Também recomendo esse artigo sobre o git flow: Git Flow

Há outra técnica chamada feature toggles, eu ainda não usei, mas é interessante: Feature Toggles vs Feature Branches

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.