3

Problema

Estava fazendo um código que seria para ler uma string e depois um valor inteiro:

int dia, h, m, s;
char dp;            //Dois pontos.
scanf("Dia %d",&dia);   //Inicio do evento.
...

Eu pensei em criar uma string para que o usuário digitasse a palavra "Dia" e depois o valor. Mas vi um código com esse exemplo acima, a palavra Dia segue dentro do scanf sem armazenar em uma string. Nesse caso, se digitarmos exatamente como está dentro do scanf (se fosse "dia " ou "diA " não funcionaria, tem que ser exatamente igual ao que ta dentro do scanf), ou seja "Dia xx" (onde xx pode ser um valor inteiro qualquer) ele funciona, e sem precisar ler caracteres e armazenar numa variável, ou seja, não apontei minha informação para nenhum endereço a ser armazenado.

Fiquei curioso em saber por que e como isso acontece.

Dúvidas

Por que, sem armazenar numa variável e sem apontar para algum endereço, sem informar quase nada pro compilador que iria digitar uma string, o scanf executou normalmente?

Como isso aconteceu? Essa string tem que ir para algum lugar, e como não especifiquei, pra onde ela foi? Qual o processo que o compilador faz com essa string?

  • 1
    Nunca ouviste falar do scanf num livro de C? Então não devia ser livro de C... Fora de brincadeiras, há montes te informação na web sobre isso, uma pequena pesquisa resolveria a tua questão – CesarMiguel 13/10/14 às 11:06
  • Pois é, eu pesquisei. Mas até o momento ninguém consegue explicar como isso funciona, por que ele aceita que eu digite um conjunto de caracteres sem armazenar em lugar algum. Pra onde esses caracteres vão, e quais os riscos de se usar isso em um código. – Filipi Maciel 13/10/14 às 11:11
  • 1
    Talvez as pessoas não consigam explicar porque você não esteja explicando bem qual é a sua dúvida. Você consegue melhorar isto. Eu talvez até consiga responder se eu entender um pouco melhor onde você quer chegar. Mas já lhe adianto, está armazenando em algum lugar sim. – Maniero 13/10/14 às 11:14
  • Transmitir um pensamento já formulado para outra pessoa é realmente complicado, vou tentar ser mais claro. Utilizar o scanf("Dia %d",&dia); permite digitar a string "Dia " sem armazenar ela em uma variável. Minha dúvida é entender o motivo do scanf aceitar que eu faça isso e saber pra onde essa string foi. E também entender COMO esse processo acontece, tipo, como o compilador faz isso? ex: "ah, ele recebe os caracteres e faz assim e assado com eles". Claro que isso deve ter sua margem de risco e gostaria de saber também sobre ela, ou seja, quais os risco que tenho em usar isso. Ficou melhor? – Filipi Maciel 13/10/14 às 11:24
  • 1
    A pergunta e interessante e dentro de escopo do site, mas @FilipiMaciel se conseguir dar uma limpeza a pergunta e deixa la mais clara, tenho a certeza que gerações vindouras vão poder aprender com ela. – Omni 13/10/14 às 11:42
4

Tem vários erros aí. Você nunca viu em livros por causa disto. Acho que falta você entender pelo menos dois conceitos em C. Não vou entrar em muitos detalhes.

Ponteiros

Quando você escreve &dia é o mesmo que dizer "no endereço de". Isto é uma forma de usar ponteiro. O ponteiro é um indicador que você vai usar um endereço de memória. O scanf() espera como demais parâmetros depois do primeiro que é a formatação que você mande como argumentos endereços de memória. Por isso que você não pode mandar apenas dia. Se mandasse esta variável desta forma, estaria mandando para a função o valor dela e não é isso que você deveria fazer. Então aí você até fez certo, mandou o endereço onde dia está armazenada.

dia assim como h, m e s e dp estão armazenadas em algum lugar como você declarou antes. Provavelmente uma em seguida da outra. Embora isto seja dependente de implementação e plataforma, provavelmente estas variáveis estão reservando 4 bytes cada que é o tamanho mais comum para o tipo int. O tipo char provavelmente tem 1 byte. Então você reservou 17 bytes em sequência.

Como você mandou o endereço de dia para o scanf(), ele vai armazenar os caracteres lidos neste endereço que você passou. Os primeiros quatro caracteres ficarão na variável dia, os quatro seguintes na variável h e assim por diante. E se eu digitar mais que 17 caracteres? Veja abaixo.

E pode guardar caracteres em inteiros? Pode!

Comportamento indefinido

Você está se valendo de um conceito chamado comportamento indefinido muito usado por linguagens como o C onde é preciso dar flexibilidade, facilidade de adaptação a diversas plataformas e formas criativas de melhorar a performance. C é quase um Assembly. C permite acesso direto ao hardware. C não controla demais o que o programador está fazendo. C entende que o programador deve saber o que está fazendo mesmo que ele faça algo potencialmente perigoso.

Então você está armazenando caracteres onde deveria ter inteiros. Nenhum problema. Claro que no seu caso não é a intenção, mas funciona (sempre falo que funcionar é diferente de estar certo). Cada 4 caracteres formarão um inteiro. Um valor que provavelmente não tem significado para seu programa, mas funciona.

O problema é quando você passar dos 17 caracteres. Aí você estará armazenando dados em área de memória não reservada para variáveis. Sim, isto é possível em C, por isto C é uma linguagem tão legal e poderosa mas também tão perigosa. C permite escrever em qualquer área da memória da sua aplicação. E é aí que você pode causar sérios problemas para ela. Em alguns casos, por coincidência não vai causar. Só que programar não pode obter resultados por coincidência.

Você poderia ter causado um problema ainda maior. Poderia ter mandado o valor de dia como se ele fosse o ponteiro (não estou falando de mandar o endereço como você mandou, seria chamar scanf("Dia %d", dia);). E poderia "funcionar". Claro que você estaria tentando armazenar os dados lidos pelo scanf() em um endereço que você sequer sabe o valor. Sim, porque você não inicializou valores para as variáveis, então os valores dela são aqueles que já estavam na memória naquela posição.

A não ser que você saiba muito bem o que está fazendo, tenha um motivo muito forte, nunca se valha de comportamento indefinido em seus programas.

Erro de formatação do scanf()

Não vou falar muito porque a resposta do Omni já deu os detalhes importantes disto. A string de formatação está errada. Você está especificando uma formato que não existe, que não é bem interpretado pelo scanf(). Aí é onde você acaba nem conseguindo fazer nada. Mas não tem porque o compilador dar algum erro, a falha ocorre em execução.

A responsabilidade não é do compilador neste caso. É do código interno do scanf(). Não se esqueça que o scanf() é uma função como outra qualquer. Algum programador a criou como você cria seus programas. Ela não tem nenhum privilégio no C, ela é apenas um programa que vai junto com o C para facilitar realizar algumas operações de forma padrão. Por sorte a função não deixa fazer o que bem entende e não deixa causar todo o desastre que citei acima. Mas também está longe de fazer o que você quer e ser algo útil.

Conclusão

Então esse seu "funciona" é um bem "mais ou menos". Não dá um erro, mas funcionar mesmo, não funciona.

  • Agora minha pergunta foi respondida, obrigado cara. – Filipi Maciel 13/10/14 às 11:38
4

O que acontece neste caso é que esta a passar ao scanf(...) uma string de formatação. Esta string de formatação indica ao scanf(...) como processar o input lido, ou seja é uma directiva de formatação. Se ao processar o input a validação desta directiva falhar, o scanf(...) para de ler os inputs e retorna.

Uma directiva pode ser constituída pelo(s) seguinte(s) elementos:

  • Uma sequência de espaços;

  • Um carácter normal (a-zA-Z0-9, etc) desde que não seja um espaço branco ou um %;

  • Um especificador de conversão que é iniciado pelo carácter %. Os inputs são lidos e convertidos segundo este especificador e colocados no ponteiro respectivo (por exemplo, scanf("%d", &i).

No seu caso, a sua directiva de formatação é "Dia %d". Com esta directiva, o scanf(...) está a espera de ler um input que comece como "Dia " e depois um inteiro. Por isso quando coloca algo que não comece com "Dia " o scanf(...) falha e nada é lido para a variável dia.

Exemplos:

scanf(...) efectuado com sucesso:

int dia = 0;
scanf("Dia %d", &dia); // Input: Dia 123
printf("%d", dia); // Output: 123

scanf(...) falha:

int dia = 0;
scanf("Dia %d", &dia); // Input: 123
printf("%d", dia); // Output: 0 (valor colocado em dia)

scanf(...) falha (variável dia não foi inicializada):

int dia;
scanf("Dia %d", &dia); // Input: 123
printf("%d", dia); // Output: int_min (valor default de inicialização do int)

Para mais informações consulte esta página que descreve exaustivamente como funciona o scanf(...) e as strings de formatação suportadas.

  • Muito interessante. Obrigado amigo! me ajudou bastante também. – Filipi Maciel 13/10/14 às 11:39

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.