5

Tenho uma dúvida em uma struct referente às últimas linhas com uchar e void que é bem diferente do que conheço.

Por que muitos programadores usam underline nos nomes de structs, variáveis etc...

struct WNMEnv_
{
    ObjectHeap *heap;
    int32 intfVersion;

    uchar (*IsInstanceOf) (WNMEnv *env, WObject obj, WClazz *clazz);

    void (*ThrowException) (WNMEnv *env, const char *name, const char *msg);
};
  • A resposta resolveu sua dúvida? Acha que pode aceitá-la? Veja o tour se não souber como faz. Isso ajudaria muito indicar que a solução foi útil para você. Também pode votar em qualquer pergunta ou resposta que achar útil no site todo. – Maniero 9/03 às 11:03
6

Estas linhas são ponteiros para funções, eu já respondi com mais detalhes em Usar uma função void como parâmetro de outra. O void e o uchar são tipos de retorno como ocorre em qualquer outra função. E o fato de estar dentro de uma struct não muda nada, apenas você tem variáveis para guardar o ponteiro para a função, mas ainda são funções normais, só o acesso é que será indireto. Tem um outro exemplo. E mais um exemplo.

Esta é uma forma de indireção para chamada de uma função, então você cria um ponteiro para um endereço onde está a função (o corpo da função estará em outro lugar), aí pode guardar em uma variável esse valor do ponteiro, neste caso a variável está dentro de uma struct. Se mudar o valor acessará uma função diferente, e isto é poderoso para dar flexibilidade e deixar decidir o que chamar em tempo de execução.

Na verdade este mecanismo usado desta forma é algo como o polimorfismo que talvez conheça da orientação a objeto. É possível programar OO em C usando justamente esta capacidade. Quando usa uma linguagem nativamente OOP internamente é isto que ela faz, só que você não vê, em C você vê e manipula na mão.

Se não ficou claro, o segundo bloco de parenteses são os parâmetros da função. Então neste caso pegando o exemplo você pode em algum ponto do seu código dizer qual é a função a ser chamada colocando o endereço dela na variável ThrowException dentro do objeto que estiver manipulando que seja do tipo WNMEnv_. Portando quando cria o objeto você configura o que deve ser chamado. Em algum lugar a função chamada virá do que está em ThrowException, provavelmente esta chamada já está dentro da infraestrutura do que está usando, faz parte da implementação interna desta API, você só configura o que será executado.

Se conhece alguma outra linguagem mais abstrata pode comparar com lambda ou função anônima. Internamente é assim que funciona, mesmo nessas linguagens. Também chamamos de callback.

Para entender melhor seria interessante pegar um trecho de código que tenha o uso disto ou um exemplo de objeto criado e configurado para uso disto.

Isto é outra pergunta mas vamos lá, as pessoas usam _ para evitar algum conflito de novos, em geral o time escolhe uma convenção que nomes com ele tem um significado especial, assim não mistura com outros nomes que podem precisar ser iguais.

  • Obrigada Maniero, só mais uma questão que fiquei em dúvida... Dentro dessa struct, tem mais itens, um deles é esse: char *(*GetStringChars) (WNMEnv *env, WObject str, int32 flags); Aqui: *(*GetStringChars) quer dizer ponteiro para o ponteiro de GetStringChars? – Bianca Nunes 7/03 às 20:13
0

Só pra acrescentar: struct WNMEnv_ isso não é um underline e sim um underscore. o uso fará muita diferença em documentos externos por exemplo ler e escrever em um arquivo do word em seu projeto.

O underscore fica do lado do "caractere_".

O underline fica embaixo do "caractere" (* alguém sabe sublinhar uma palavra aqui no stackoverflow? tive que improvisar rsrsrs)

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.