2

Eu quero criar uma lista dinâmica que contem todos os objetos derivados de Componente.

Estou tentando fazer da seguinte maneira:

map<string, Componente> tabuleiro_componentes;
tabuleiro_componentes.insert(make_pair('000',Peca(//Parametros)));
tabuleiro_componentes.insert(make_pair('001',Escudeiro(//Parametros)));

Com esse código eu consigo adicionar os componentes ao Map, ele entende que as classes são filhas de Componente. O que eu quero fazer é buscar no map pela string e utilizar os metodos exclusivos de Peca e Escudeiro, só que as únicas opções mostradas são os métodos do Componente.

Acredito que seja pelo fato do Map estar como <string, Componente>, devo tentar outra abordagem ou existe solução ?

Solução: Construí uma solução paliativa utilizando ponteiros simples e dinamic_cast: https://github.com/KaueAlves/Grimorie-Tabuleiro/tree/kaue-dev-dinamic_cast

O arquivo componente.h:

#ifndef COMPONENTE_H
#define COMPONENTE_H

#include "Default.h"
#include "Posicao.h"

class Componente
{
protected:
    int id;
    Posicao pos;
    string nome;
    string tipo;
public:
    Componente(/* args */);
    ~Componente();
    Componente(int id, string nome, string tipo);
    // Gets
    Posicao getPosicao();
    string getTipo();
    string getNome();
    int getID();
    // Sets 
    void setNome(string nome);
    void setID(int id);
};


#endif

O arquivo Peca.h:

#ifndef PECA_H
#define PECA_H

#include "default.h"
#include "Posicao.h"
#include "Componente.h"

using namespace std;

class Peca : public Componente
{
private:
    string sinal;
    Posicao pos;
    // Cor cor;
    int qntMovimentos, qntMaxMovimentos;
    pair<int,int> tamanho;
public:
    //Construtor - Destruidor
    Peca();
    Peca( Posicao pos, pair<int,int> tamanho);
    ~Peca();

    //Gets
    Posicao getPosicao();
    int getQntMaxMovimetnos();
    int getQntMovimentos();
    pair<int,int> getTamanho();
    string getSinal();

    //Sets
    void setPosicao(Posicao pos);
    void setQntMaxMovimentos(int qntMaxMovimentos);
    void setQntMovimentos(int qntMovimentos);
    void setTamanho(pair<int,int> tamanho);
    void setSinal(string sinal);

    //Funções
    string toString();
};

#endif

O arquivo Escudeiro.h:

#ifndef Escudeiro_H
#define Escudeiro_H

#include "../Default.h"
#include "../Peca.h"

class Escudeiro : public Peca
{
private:
    /* data */
public:
    Escudeiro();
    ~Escudeiro();
    Escudeiro(Posicao pos, pair<int,int> tamanho);
    string toString();
};

#endif
2

Primeiro erro é que está guardando objetos de um tipo em outro tipo, isto não dá o resultado que espera. Se você reserva espaço para um tipo Componente e depois coloca um objeto Peca que tem um tamanho maior, como espera que caiba o objeto ali? Você está corrompendo a memória e nem sabe. A solução para isto é fazer uma indireção. Usando um ponteiro você garante que todo objeto na estrutura seja do mesmo tamanho, o tamanho de um ponteiro e o objeto com o dado em si esteja em outro lugar. Feito isto é possível trabalhar com objetos diferentes.

Mas ainda tem um problema quando pega o objeto. Você precisa fazer um cast. Quando pega um elemento diretamente de uma estrutura de Componentes este objeto será um Componente, portanto ele só pode acessar os membros deste tipo. Como você sabe que ele pode ser algo mais específico você pode indicar para o compilador enxergá-lo como esse objeto específico e aí os membros que deseja estarão disponíveis. Mas tem um problema: você vai transformar em qual tipo? Existem objetos de tipos diferentes dentro deste mapa, você só pode transformá-lo se tiver certeza que ele é do tipo em questão, caso contrário dará erro.

Veja Qual tipo de ponteiro inteligente escolher?. E procure por outras perguntas sobre o assunto. E Como fazer casting entre classes base e derivadas?.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.