1

Preciso de ajuda com este código, pois estou quebrando a cabeça e não consigo resolver.

Você primeiro digita o número de emails que deseja entrar com o input. Depois você digita os emails conforme o número que digitou antes.

Feito isto o programa verificará se passa na regra de expressões regulares, se passar adiciona em uma lista, senão não a adiciona e retorna a lista em ordem alfabética por final.

O código está assim por enquanto:

import re
def fun(s):
# return True if s is a valid email, else return False

s = emails
padrao = re.search(r'^[\w-]+@ [a-z\d]+\.[\w]{3}', s)

for i in range(len(s)):
if s[i] = padrao:
return True
else:
return False

def filter_mail(emails):
return list(filter(fun, emails))

if __name__ == '__main__':
n = int(input())
emails = []
for _ in range(n):
emails.append(input())

filtered_emails = filter_mail(emails)
filtered_emails.sort()
print(filtered_emails)
  • 2
    Por favor, corrija a indentação do seu código. – Woss 28/02 às 9:48
  • 1
    Em Python, identação não é opcional - é a sintaxe. Ao colar código aqui,use o botão {} para formatar preservando a identação. – jsbueno 28/02 às 12:00
3

Sobre a sua regex:

^[\w-]+@ [a-z\d]+\.[\w]{3}

Não sei se foi erro de digitação, mas veja que tem um espaço depois do @. Isso faz com que a expressão só valide emails que tem um espaço ali (como user@ email.com). Então a primeira coisa a fazer é retirar esse espaço.

Outro detalhe é que atalho \w corresponde a letras, números e o caractere _. E no Python 3, por padrão, ele também corresponde a outras letras definidas no Unicode, como caracteres japoneses (e de vários outros idiomas), por exemplo:

import re

print(re.match(r'\w+', '鳥山.').group()) # imprime 鳥山

Se só quiser as letras do nosso alfabeto, pode usar a flag ASCII, ou simplesmente use [a-zA-Z0-9] no lugar do \w:

# ambos imprimem "None", pois não encontram mais nenhum match
print(re.match(r'\w+', '鳥山.', flags=re.ASCII))
print(re.match(r'[a-zA-Z0-9]+', '鳥山.'))

Outro detalhe é que você usou [\w-]+, que significa "uma ou mais ocorrências de um \w ou um -". E como \w também inclui o caractere _, isso quer dizer que a regex vai aceitar emails como ---__--@teste.com.

Por fim, a parte depois da @ termina com \.[\w]{3}. Antes de mais nada, [\w] é redundante, pois \w já representa um conjunto específico de caracteres, e colocá-lo entre colchetes é redundante (só faz sentido se você quiser colocar outras coisas junto com o \w, como você fez com [\w-]). Então pode trocar para simplesmente \w{3}.

Mas isso só vai aceitar domínios com exatamente 3 letras (excluindo o .io, .br, .info, entre muitos outros). E como \w também aceita números e _, esta regex aceita emails como user@teste._1_. Sem contar que não aceita emails que terminem com com.br, por exemplo.

Então você pode trocar tudo depois da @ para algo como (?:[a-zA-Z0-9-]+\.)+[a-zA-Z]{2,}. Os parênteses (?: e ) formam um grupo de não-captura. Basicamente estou agrupando a sub-expressão dentro deles, e o ?: diz para a engine de regex não guardar o que for capturado (se não usar o ?:, o que está entre parênteses é internamente guardado e pode ser obtido do match depois - mas como não quero isso, posso indicar na própria regex usando o ?:).

O trecho acima garante que [a-zA-Z0-9-]+\. (letras, números ou - seguidos de um ponto), se repete por uma ou mais vezes (indicado pelo + depois dos parênteses). Isso garante que podemos ter emails .com.br, .abc.def.etc.com e por aí vai.

Por fim, temos 2 ou mais letras ([a-zA-Z]{2,}), o que garante que os domínios .br e .info (e qualquer outro, desde que tenha pelo menos duas letras) sejam aceitos.

Outra coisa que eu faria é acrescentar o marcador $, que delimita o final da string. Você já usou ^ (início da string), então usá-lo juntamente com $ garante que toda a string terá somente o que está na expressão, e nada mais.


Enfim, fazer uma regex que valide corretamente 100% dos emails válidos é bem complicado. Veja este artigo, por exemplo, que começa com algo não muito complicado e termina com uma regex monstruosa.

Cabe a você decidir o quão complicada vai ser sua regex, pois quanto mais precisa (quanto mais casos especiais ela suporta), mais complicada e difícil de entender e manter ela vai ficando. Mas se há casos especiais que você não quer tratar (como endereços IP no domínio, ou user@localhost, por exemplo), então não compensa fazer algo tão complicado. Ache o equilíbrio entre a exatidão, complexidade e praticidade (e isso varia de um caso para outro).

Eu falo um pouco mais o uso de regex para validar emails aqui, aqui e aqui (este último tem algumas opções no final, só não recomendo a última).


Independente da regex que você escolher, a verificação/filtro/ordenação pode ser feita assim:

import re

r = re.compile(r'^[\w-]+@(?:[a-zA-Z0-9-]+\.)+[a-zA-Z]{2,}$')
emails = ['user@teste.com', 'nao sou email', 'fulano@abc123.com.br']


# filtra e ordena
filtered_emails = sorted(email for email in emails if r.match(email))
print(filtered_emails)

Usei a sintaxe de list comprehension, bem mais sucinta e pythônica. A linha que cria filtered_emails é equivalente a:

filtered_emails = []
for email in emails:
    if r.match(email):
        filtered_emails.append(email)
filtered_emails.sort()

Em ambos os casos, a lista resultante é:

['fulano@abc123.com.br', 'user@teste.com']


Para ler a quantidade, sugiro validar se o que foi digitado é mesmo um número. Se não for, peça que o usuário tente novamente (encapsulei isso em uma função).

Por fim, também uso uma list comprehension para ler os emails e já colocá-los em uma lista.

O código completo:

import re

def le_quantidade():
    while True:
        try:
            return int(input('quantidade de emails:'))
        except ValueError:
            # se não digitar um número, int() lança um ValueError
            print('Digite um número válido')

n = le_quantidade()
# lê os emails e coloca em uma lista
emails = [input('Digite um email:') for _ in range(n)]

r = re.compile(r'^[\w-]+@(?:[a-zA-Z0-9-]+\.)+[a-zA-Z]{2,}$')
# filtra e ordena
filtered_emails = sorted(email for email in emails if r.match(email))
print(filtered_emails)
0

Tá, mas por que você atribui emails para s na função fun? E qual o sentido do laço for? E essa expressão regular, está certa?

Acredito que o que você quer seja isso:

def fun(s):
    # return True if s is a valid email, else return False
    return re.search(r'^[\w]+@[\w]+\.[\w]{2,4}', s) != None
0

Muito obrigado por todas as informações. Isso me ajudou a encontrar a regex que eu precisava. Mas só para ficar claro para futuras consultas alheias, a regex precisava ter essas regras:

Valid email addresses must follow these rules:

It must have the username@websitename.extension format type. The username can only contain letters, digits, dashes and underscores. The website name can only have letters and digits. The maximum length of the extension is 3.

O código final ficou assim:

import re
def fun(s):
padrao = re.search(r'[a-zA-Z0-9_-]+@[a-zA-Z0-9]+\.[a-zA-Z]{1,3}$', s)

if padrao:
return True
else:
return False

def filter_mail(emails):
return list(filter(fun, emails))

if __name__ == '__main__':
n = int(input())
emails = []
for _ in range(n):
emails.append(input())

filtered_emails = filter_mail(emails)
filtered_emails.sort()
print(filtered_emails)

Removi aquele laço for, pois ele estava percorrendo um único elemento, não um array de elementos, como eu havia pensado

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.