2

Olá,

Tenho um pdf contendo uma tabela e eu quero extrair essa tabela para poder analisar no R. Estou usando o tabulizer::extract_tables() .

Como a tabela ocupa mais de uma página, ele me retorna um objeto em formato de lista (out) contendo 12 elementos. Em tese, cada elemento é uma parte da tabela. A tabela que eu quero está nos elementos out[[1]] até out[[4]]

O problema é que como a tabela não tem header em todas as páginas e, imagino eu, também por conta do cabeçalho do documento, a função não consegue delimitar as colunas. O elemento out[[1]] tem 4 colunas, out[[2]] e out[[3]] têm 2 colunas e out[[4]] tem uma coluna só. Existe alguma maneira de ao menos eu conseguir retornar esses quatro elementos com quatro colunas?

Código:

library(tabulizer)

arquivo <- "1236_Pombos_PE.pdf"
out <- extract_tables(arquivo, output = "data.frame", encoding = "UTF-8")
  • Tentou controlar usando o argumento pages? Pode ser que ele melhore o parse das tabelas – Tomás Barcellos 27/02/19 às 20:05
  • Oi Tomás, eu gostaria de usar essa função em um loop com 3 mil arquivos, então estava buscando uma solução mais automatizada. – Jessica Voigt 28/02/19 às 14:32
  • 1
    O problema parece estar na qualidade do PDF. Ai as coisas complicam. Você pode pedir para ver quando paginas o docto tem e depois usar essa informação para parsear cada página separadamente (não sei se isso vai ajudar na qualidade). – Tomás Barcellos 28/02/19 às 16:09
  • 1
    Mas o problema é como transformar as tabelas de 2 colunas em tabelas de 4 colunas. Se você souber manda um function(x) if(ncol(x) == 4) return(x) else transformacao_necessaria(x). Ai depois disso é só empilhar. – Tomás Barcellos 28/02/19 às 16:11
  • 2
    Um desabafo: ainda vejo instituições dizerem que são adeptas de "dados abertos" apenas por disponibilizar PDFs... – Ailton Andrade de Oliveira 1/03/19 às 12:12

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.