2

Referente a arrays e collections em C#, variam de aplicação para aplicação ou existe uma unanimidade entre eles?

7

Se existisse unanimidade não precisaria existir os dois. A dicotomia entre esses dois nem faz muito sentido.

Ao contrário do que as pessoas podem acham, uma coleção que está falando deve ser do tipo ICollection, e é algo abstrato, não existe de fato. Você usa uma coleção em específico, e existem várias, assim você deve escolher qual é mais adequada para você para cada situação. Não existe solução única, cada estrutura de dados (e este é o assunto que deve estudar) tem vantagens e desvantagens. Despende da sua aplicação naquele momento o que escolher.

De forma geral nunca deve usar array em C#. Ele é concreto demais, tem limitações e quase nenhuma vantagem relevante. Quase todas as estruturas de dados que implementam ICollection tem todas vantagens relevantes do array e mais algumas. O uso de array em código moderno e bem escrito só deveria usar array por causa de código legado.

Tipos que são coleções costumam ter a mesma estrutura básica do array, inclusive internamente tem um array em muitas delas, mas tem a vantagem de poder fazer algumas operações que array não conseguem, por exemplo aumentar ou reduzir o tamanho da coleção. Pode ver mais sobre isto em Diferença entre ICollection, IList e List?. Lendo aí, uma coleção não garante que possa inserir ou remover itens no meio da coleção, apenas uma lista (IList) permite isto. Ok, ela é uma coleção também, mas existem coleções que não possuem esta característica.

Uma coleção pode ou não definir tipos nelas, mas as que não permitem são consideradas obsoletas e para todos os efeitos não devem ser usadas, esquece que elas existem, são problemáticas. Mesmo que queira colocar qualquer tipo na coleção moderna e eficiente use o tipo object. E esmo neste caso pense bem se é isto mesmo que quer, quase sempre é um erro fazer assim. E pode fazer com array também, só usar object[].

Também não faz o menor sentido o que a outra resposta (havia uma, e foi apagada, a maioria desta resposta é contestação do que havia errado na outra) diz sobre os elementos serem somente de leitura ou não. Em laços brutos em qualquer caso que a estrutura não seja explicitamente readonly tanto array quanto as coleções podem ter seus dados alterados normalmente, já em laços foreach há limitações em ambos por um conta do iterador.

Também estava errado que um deles é definido em tempo de compilação e outro em execução. São iguais, ambos são escritos e definidos em tempo de compilação e ambos são instanciados em tempo de execução, a diferença é só como cada um pode ser manipulado, nada mais, inclusive porque boa parte das coleções tem um array instanciado internamente.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.