3

boa tarde pessoal

Tenho uma função que sei o resultado, e quero encontrar o valor do parâmetro c para cada resultado que tenho , semelhante a função atingir meta do Excel

#Vetor com valores de cv para cada parcela
cv<-c(0.2901,0.2836,0.3150,0.2535,0.2762,0.2578,0.2729,0.2737,0.2943,0.2243)

# Função para estimar c ---------------------------------------------------
cvcalculado<-function(c){
sqrt((exp(log(gamma(1+(2/c)))))-(exp(log(gamma(1+ 
(1/c))))^2))/(exp(log(gamma(1+(1/c)))))

}

Necessito obter qual o valor do parâmetro c para cada valor do vetor cv, onde os valores do vetor cv são a resposta da função dado um valor qualquer de c

Portanto terei uma estimativa de c para cada valor do vetor cv

Tentei fazer por esse caminho, porém não é obtida uma resposta para cada valor de cv, mas sim uma resposta global

 optimise(cvcalculado, cv)

desde já agradeço

  • 3
    O problema está mal definido. Em primeiro lugar, a função é monótona decrescente, não há nada para otimisar, veja curve(cvcalculado, 1, 100). Em segundo lugar, quer o valor de c para o qual cvcalculado(c) == cv[1] e depois o valor de c para o qual cvcalculado(c) == cv[2], etc? – Rui Barradas 13/02 às 18:50
  • exatamente, desculpe a má elaboração do problema – Henrique Faria de Oliveira 13/02 às 18:52
  • Feito, veja a minha resposta. – Rui Barradas 13/02 às 19:04
5

Para calcular os valores de c que são solução das equações cvcalculado(c) == cv, para cada valor de cv, vou primeiro definir outra função, a função auxiliar f. Isso serve para transformar o problema em encontrar as soluções de cvcalculado - cv == 0. Isto é necessário para usar a função R base uniroot.

cvcalculado <- function(c){
  sqrt(exp(log(gamma(1 + 2/c))) - 
         exp(log(gamma(1 + 1/c)))^2) /
    exp(log(gamma(1 + 1/c)))
}

f <- function(x, CV) cvcalculado(x) - CV

Para calcular as raízes da função f com o valor cv[1] faz-se assim:

uniroot(f, interval = c(0.1, 10), CV = cv[1])
#$root
#[1] 3.854489
#
#$f.root
#[1] -1.55541e-06
#
#$iter
#[1] 8
#
#$init.it
#[1] NA
#
#$estim.prec
#[1] 6.103516e-05

A solução é 3.854489.

Agora é só aplicar (lapply) esta forma de obter raízes a todo o vetor cv.

res <- lapply(cv, function(.CV)
  uniroot(f, interval = c(0.1, 10), CV = .CV))

param.vec <- sapply(res, '[[', 'root')

param.vec
# [1] 3.854489 3.952367 3.517988 4.473290 4.069609 4.391188 4.124002
# [8] 4.110691 3.793610 5.116052

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.