1

Eu sei o que é serialização e qual é o uso dela. Também sei quando não utilizá-la. Já li o item 74 do Effetive Java. Minha pergunta é, qual a finalidade de uma interface vazia, na qual não há nada a ser implementado?

package java.io;
public interface Serializable {
}

Seria apenas como uma espécie de marcação? Se sim, em que momento as classes "marcadas" como serializáveis seriam utilizadas? E qual seria o nome dessa estratégia de marcação?

3
  • Relacionada(ou duplicata): Qual a finalidade da interface Serializable?
    – user28595
    12/02/19 às 13:16
  • @CarlosHeuberger, o que é "identificar a semântica do que está sendo serializado"?
    – dellasavia
    12/02/19 às 17:51
  • 1
    Eu reabri porque a pergunta que foi marcada como duplicata não tem a informação perguntada aqui, procurei bastante, perguntei para outras pessoas e fala sobre a Serializable, não porque ela é vazia. Ela é só relacionada.
    – Maniero
    14/02/19 às 11:26
1

Eu não saberia dizer porque optaram fazer isso, talvez nem eles mais saibam e questionem a decisão, mas sua suposição é a mais óbvia explicação. Ela tem nome, chama-se marker interface e ela serve apenas para informar que certas classes podem fazer algo, mas a implementação disto não está na classe. Quase sempre é um erro e tem opção melhor.

Particularmente eu prefiro uma anotação de atributo personalizado, algo como @Serializable. qualquer ferramenta de código ou externa pode "olhar" para a classe e saber que ela pode ou não fazer algo, é só usar a criatividade. E justamente por ela mostrar que tem uma capacidade e não ter a capacidade dentro dela não deveria ser uma interface.

1
  • Imagino que se trate de uma interface porque é anterior ao Java 1.5 quando a linguagem passou a ter as Annotations.
    – Piovezan
    27/08/20 às 21:45

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.