9

Estou lendo um book sobre TypeScript e me deparei com algo que me chamou a atenção que é o Type Annotation.

Veja o exemplo:

function foo(): { a: number, b?: number } {
    if (this.a <= 0) { 
        return { a: 1 };
    }
    else {
        return { a: 2, b: 4 };
    }
}

Achei esta syntax um pouco diferente do que eu estou acostumado, e fiquei confuso e com algumas dúvidas sobre este recurso.

Dúvidas

  1. O que é o Type Annotation?
  2. Quais cenários o Type Annotation é aplicável?
  3. O Type Annotation é restrito apenas para funções?
  4. Type Annotation seria o mesmo que argumentos de uma função?
8

O que é o Type Annotation?

Tecnicamente é toda sintaxe que um determinado valor ou variável ou outro local onde possa haver um valor tem seu tipo definido explicitamente. O termo é mais usado em linguagens como TypeScript que força o tipo na compilação como se fosse tipagem estática, porém ele rodará na verdade de forma dinâmica, já que JavaScript seu backend básico tem tipagem dinâmica. O termo vale para outras linguagens mas como o normal delas é ter a anotação do tipo o termo não é tão usado.

Quais cenários o Type Annotation é aplicável?

Todos que deseja segurança de tipo e precisa dizer isto explicitamente. Então ele ocorre em todas linguagens de tipagem estática ou que desejam simular características deste modelo de tipagem.

O Type Annotation é restrito apenas para funções?

Não, ali é só uma forma de usar anotação de tipo, na verdade, toda anotação que já viu em TS ou outras linguagens é um type annotation, só não tinha visto o termo antes justamente por ele não ser tão comum, você usa meio sem perceber.

Type Annotation seria o mesmo que argumentos de uma função?

Eu não sei se no fundo está preocupado com o retorno de um objeto, isto é algo que o JS já aceita, você está criando um objeto anônimo com os membros a e b e está retornando isto. O que o TypeScript tem de diferente é que você pode dizer qual é o tipo deste objeto no retorno da função, então você pode dizer quais são os membros, seus nomes e seus tipos. Isto dá segurança de tipo porque não pode mudar e retornar algo diferente sem dar erro, ou não pode usar esse retorno errado em um local que espera exatamente este tipo.

Note que este é um tipo anônimo, ele tem uma estrutura, mas não um nome, então em vez do nome você vê a estrutura deste tipo, mas ele ainda é um tipo. Leia mais sobre essas definições em O que é estilo de tipagem?.

Outra coisa que pode parecer estranha é que pode estar acostumado com sintaxe em linguagens onde o tipo do retorno da função vem antes do nome. As linguagens mais modernas estão adotando o tipo depois, é mais correto e mais fácil de parsear.

Então tem dois conceitos aí: um é o retorno de um objeto e outro é a tipagem dele. Note que lá no livro tem o exemplo como é em JS, a única diferença é a tipagem, portanto a presença da anotação de tipo.

Isto também é uma anotação de tipo:

function foo() : number {
    return 1;
}

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.