0

Tenho esses dois exemplos aqui:

exemplo 1:

void copiaStr(char *a,char *b){
    b = (char *) malloc(strlen(a));
    for(int i = 0; i < strlen(a) ;i++){
        b[i] = a[i];
    }
}


int main(){
    char *a = "alou";
    char *b;

    printf("%s\n",a);
    copiaStr(a,b);
    printf("%s\n",b);
}

exemplo 2:

void copiaStr(char *a,char *b){
    for(int i = 0; i < strlen(a) ;i++){
        b[i] = a[i];
    }
}


int main(){
    char *a = "alou";
    char *b = (char *) malloc(strlen(a));

    printf("%s\n",a);
    copiaStr(a,b);
    printf("%s\n",b);
}

O primeiro exemplo não funciona, dá erro de segmentação, como se o endereço alocado dentro do método, e atribuído a b, não continuasse após o fim do método, mas passei b como ponteiro, achei que seria uma passagem de valor por referencia, por que esse erro está ocorrendo? E como fazer com que b pegue o valor de malloc() de dentro do método?

O exemplo é simples, mas creio estar tendo o mesmo problema quando escrevo métodos para manipulação de listas.

  • A resposta resolveu sua dúvida? Acha que pode aceitá-la? Veja o tour se não souber como faz. Isso ajudaria muito indicar que a solução foi útil para você. Também pode votar em qualquer pergunta ou resposta que achar útil no site todo (quando tiver 15 pontos). – Maniero 16/02 às 1:52
2

Exatamente, você passou b como ponteiro, só que b já é um ponteiro, então você está passando o valor de b de main() para o parâmetro b na função. Você pode manipular o conteúdo deste ponteiro, mas não pode manipular o conteúdo de b que continua sendo um valor normal e não uma referência. Se deseja poder mudar o valor de b você tem que passar o próprio b como uma referência:

void copiaStr(char *a, char **b) {
    *b = malloc(strlen(a));
    for (int i = 0; i < strlen(a); i++) *(b[i]) = a[i];
}

int main() {
    char *a = "alou";
    char *b;
    printf("%s\n", a);
    copiaStr(a, &b);
    printf("%s\n", b);
}

Coloquei no GitHub para referência futura.

Embora isto vá funcionar o ideal é o outro código, você aloca e passar o buffer alocado, não deve alocar dentro da função. Inclusive em ambos tem um erro porque não libera a memória. Pra um exemplo simples não causa problema, mas é errado.

Tem mais problemas. Não deve usar strlen(). E o mais correto é passar o tamanho sabido da string, até por segurança, além de performance. O ideal seria usar um strcpy() e não fazer na mão, pode até ter otimizações nela e feito de forma mais robusta. Feito isto a sua função acaba sendo desnecessária.

  • Sim, é completamente desnecessária pra termos práticos, mas a única finalidade é o estudo. Muito obrigado pela resposta. – Nelson P 9/02 às 2:41

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.