1

Estou desenvolvendo teste unitário de uma classe com Junit e Mockito, e pra facilitar a criação de um spy dessa classe eu criei uma função que constrói e retorna esse spy. O problema que está ocorrendo é que no fluxo da chamada que é efetuada para realizar o teste, quando é feita a chamada do método equals desse spy, em vez de chamar a função implementada na classe, está chamando uma função da classe MethodInterceptorFilter. Alguém sabe como fazer ele pegar a função implementada na classe?

função de teste:

@Test
public void requisicaoInvalidaNomeDuplicado() {
    prov.add(umProvTO("Premio", 5, new BenTO( 32, new BigDecimal(200) )));
    prov.add(umProvTO("Premio", 10, new BenTO( 32, new BigDecimal(500) )));

    assertEquals(false, requisicao.validarNomeDuplicado());
}

implementação da função validarNomeDuplicado()

private List<ProvTO> provs;

public boolean validarNomeDuplicado() {
    for (ProvTO prov : provs) {
        if (Collections.frequency(provs, prov) > 1) {
            return false;
        }
    }
    return true;
}

classe ProvTO:

private String nome;

[...]

@Override
public boolean equals(Object obj) {
    if (this == obj) {
        return true;
    }
    if (obj == null) {
        return false;
    }
    if (!(obj instanceof ProvTO)) {
        return false;
    }
    ProvTO other = (ProvTO) obj;
    if (nome == null) {
        if (other.nome != null) {
            return false;
        }
    } else if (!nome.equals(other.nome)) {
        return false;
    }
    return true;
}
  • Você pode validar se o trecho de código publicado está correto? A função validarNomeDuplicado está acessando provs e não prov. E existe uma classe umProvTO.java? – Daniela Morais 24/01/19 às 15:52
  • provs é de private List<ProvTO> provs; – Isdeniel 24/01/19 às 16:54

1 Resposta 1

0

Aparentemente existe um problema no design do seu teste. Qual a razão de criar um spy dessa classe ProvTO? Você cria o spy, mas em nenhum momento vejo você utilizando o verify.

O spy é utilizado para verificar as interações da classe. Ele é utilizado para um tipo específico de teste. Por exemplo, imagine que nesse método validarNomeDuplicado você chamasse algum outro método:

public boolean validarNomeDuplicado() {
    procedimento();
    for (ProvTO prov : provs) {
        if (Collections.frequency(provs, prov) > 1) {
            return false;
        }
    }
    return true;
}

Ao testar o método validarNomeDuplicado, você quer saber se o método procedimento foi chamado. Nesse caso, cria-se um spy do objeto que possui o método validarNomeDuplicado:

requisicao = Mockito.spy(new ProvTO());

E o teste ficaria dessa forma:

@Test
public void requisicaoInvalidaNomeDuplicado() {
    prov.add(umProvTO("Premio"));
    prov.add(umProvTO("Premio"));

    assertEquals(true, requisicao.validarNomeDuplicado());
    verify(requisicao).procedimento();
}

Se o método procedimento não for chamado será lançado um erro de

Wanted but not invoked

No seu caso, o spy que você criou não parece fazer sentido. Em relação ao método equals. De fato, o equals do ProvTO não será chamado, pois ao chamar o método Mockito.spy, será criado um wrapper do objeto ProvTO. Quando você realiza essa chamada:

prov.add(umProvTO("Premio"))

você está passando um outro objeto que possui outro método equals. Se você quer testar o método equals real, você tem que utilizar o objeto real.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.