0

Em uma aplicação Java Swing tenho quatro JTextFields:

  • Tempo mínimo de entrega de um pedido em minutos
  • Tempo máximo de entrega de um pedido em minutos
  • Tempo mínimo de retirada de um pedido em minutos
  • Tempo máximo de retirada de um pedido em minutos

Os tempos de entrega são relacionados entre si (mínimo deve ser menor que máximo) e o mesmo para os tempos de retirada.

O usuário pode preencher esses campos como quiser, com texto ou números, mas o que tem valor para mim e que eu espero que ele preencha são valores inteiros iguais ou maiores que 0 (zero) ou então nulo/vazio (não posso usar o JSpinner para isso porque este não aceita valores nulos/vazios, somente números inteiros; campo vazio ele trata como zero).

Após preencher os campos, o usuário pressiona um botão "Salvar" que salva os valores caso eles estejam válidos ou exibe uma mensagem de erro se algum deles estiver inválido (isto é, se for não-inteiro ou menor que zero). Existem também as validações adicionais de que os campos mínimos devem ser menores que os máximos.

Passei algumas horas com esse código e custaram a sair as abstrações necessárias. Queria entender melhor como devo raciocinar para chegar a essas abstrações mais rapidamente. Não estou sabendo quebrar os requisitos em funções menores, que façam pouco.

Idealizei um algoritmo a executar quando o botão "Salvar" for pressionado, mas a implementação terminou por não obedecê-lo à risca, e também não saiu com a divisão em métodos que eu esperava. O algoritmo foi esse:

  • Verificar se valor é nulo/vazio. Se for, a validação terminou. Senão, segue para próxima validação.

  • Tentar parsear valor como número inteiro. Se não conseguir parsear, exibir uma mensagem de erro, senão ir para próxima validação.

  • Se o valor parseado for menor que zero, exibir uma mensagem de erro, senão pode ir para a próxima validação.

  • Valida se o tempo de entrega mínimo é menor que o máximo, se não for, exibe mensagem de erro. Se for, passa para a próxima validação.

  • Valida o tempo de retirada mínimo é menor que o máximo, se não for, exibe mensagem de erro. Se for, as validações passaram e a aplicação pode seguir com o salvamento.

Parece simples e parece até que o algoritmo está pronto para implementar, mas não consegui decidir as assinaturas dos métodos e o nível de abstração a que deveriam pertencer. Acabei levando uma "surra" do código por algumas horas. Poderia até tentar resolver de qualquer jeito, mas estou tentando ser particularmente rigoroso com essa parte do código, até mesmo para aprendizado.

Queria entender qual linha de raciocínio devo seguir para transformar esses requisitos em código manutenível e com boa abstração. Uma das minhas dúvidas é se o princípio CQS (Command-Query Separation) deve ser respeitado ou não. No meu caso considerei que ele estava atrapalhando e o ignorei.

private static final int DELIVERY_AND_COUNTER_MINIMUM_TIME = 0;

private JTextField textFieldTempoDeEntregaMin;
private JTextField textFieldTempoDeEntregaMax;
private JTextField textFieldTempoDeRetiradaMin;
private JTextField textFieldTempoDeRetiradaMax;

private void jButtonSalvarActionPerformed(ActionEvent evt) {

    trimTextField(textFieldTempoDeEntregaMin);
    trimTextField(textFieldTempoDeEntregaMax);
    trimTextField(textFieldTempoDeRetiradaMin);
    trimTextField(textFieldTempoDeRetiradaMax);

    if (false == validateTime(textFieldTempoDeEntregaMin, "Tempo de entrega mínimo") ||
        false == validateTime(textFieldTempoDeEntregaMax, "Tempo de entrega máximo") ||
        false == validateTime(textFieldTempoDeRetiradaMin, "Tempo de retirada mínimo") ||
        false == validateTime(textFieldTempoDeRetiradaMax, "Tempo de retirada máximo")) {
        return;
    }

    if (false == isSmallerThan(textFieldTempoDeEntregaMin, textFieldTempoDeEntregaMax)) {
        showMessage("Tempo mínimo de entrega não pode ser maior ou igual que máximo.");
        return;
    }

    if (false == isSmallerThan(textFieldTempoDeRetiradaMin, textFieldTempoDeRetiradaMax)) {
        showMessage("Tempo mínimo de retirada não pode ser maior ou igual que máximo.");
        return;
    }

    Integer minDeliveryTimeInMinutes = parseValidTime(textFieldTempoDeEntregaMin.getText());
    Integer maxDeliveryTimeInMinutes = parseValidTime(textFieldTempoDeEntregaMax.getText());
    Integer minCounterTimeInMinutes = parseValidTime(textFieldTempoDeRetiradaMin.getText());
    Integer maxCounterTimeInMinutes = parseValidTime(textFieldTempoDeRetiradaMax.getText());

    DeliveryAndCounterTimes timesToChange = new DeliveryAndCounterTimes(minDeliveryTimeInMinutes,
            maxDeliveryTimeInMinutes, minCounterTimeInMinutes, maxCounterTimeInMinutes);

    // Efetua o salvamento.
}

private void trimTextField(JTextField textField) {
    textField.setText(textField.getText().trim());
}

private boolean validateTime(JTextField textField, String fieldName) {
    String text = textField.getText();
    if (isNotEmptyNorParsableToInteger(text)) {
        showMessage(fieldName + ": valor inválido (não é um número inteiro).");
        return false;
    } else if (isParsableToNegative(text)) {
        showMessage(fieldName + ": valor inválido (menor que zero).");
        return false;
    }

    // Is either empty or parsable to non-negative
    return true;
}

private boolean isParsableToNegative(String text) {
    return IntegerUtils.isParsable(text) && Integer.parseInt(text) < DELIVERY_AND_COUNTER_MINIMUM_TIME;
}

private boolean isNotEmptyNorParsableToInteger(String text) {
    return text != null && false == text.trim().isEmpty() && false == IntegerUtils.isParsable(text);
}

private void showMessage(String message) {
    JOptionPane.showMessageDialog(this, message);
}

private boolean isSmallerThan(JTextField textFieldMinimum, JTextField textFieldMaximum) {
    String textMinimum = textFieldMinimum.getText();
    String textMaximum = textFieldMaximum.getText();
    Integer minimum = parseValidTime(textMinimum);
    Integer maximum = parseValidTime(textMaximum);

    return (minimum != null && maximum != null && minimum < maximum);
}

private Integer parseValidTime(String validTime) {
    if (IntegerUtils.isParsable(validTime)) {
        if (Integer.parseInt(validTime) < DELIVERY_AND_COUNTER_MINIMUM_TIME) {
            throw new IllegalStateException("Tempo negativo: " + validTime);
        }
        return Integer.parseInt(validTime);
    } else if (validTime != null && false == validTime.isEmpty()) {
        throw new IllegalStateException("Tempo inválido: " + validTime);
    } else {
        return null;
    }
}

IntegerUtils.java:

public class IntegerUtils {

    public static boolean isParsable(String input) {
        boolean parsable = true;
        try {
            Integer.parseInt(input);
        } catch(NumberFormatException e) {
            parsable = false;
        }
        return parsable;
    }
}

Creio que este tamanho de código é ideal para uma revisão de código sem a pergunta ficar ampla demais. Mas revisão de código não é bem o que quero; procuro formas de quebrar os requisitos em funções de forma que a quebra fique próxima desse resultado sem demorar tanto em outros raciocínios de código que acabaram sendo jogados fora.

Observando o código desenvolvido, há dois momentos que considero chaves:

  • Quando foi decidido ignorar o CQS. Com isso foi possível exibir as mensagens de erro como efeito colateral de alguns métodos.
  • Quando foi decidido lidar somente com campos não-parseados válidos de acordo com a regra de negócio. Com isso o desenvolvimento se dividiu em duas etapas: antes e depois de validar os campos.

Outros momentos podem ser percebidos, mas com influência menor. Me pergunto se há uma linha de raciocínio muito específica para o problema em questão ou princípios mais genéricos que possam ser aplicados na hora de tentar quebrar o problema.

De início perdi tempo tentando implementar algo assim:

private void jButtonSalvarActionPerformed(ActionEvent evt) {

    validateTimes();

    ...

}

private void validateTimes() {
    validateTime(textFieldTempoDeEsperaMin.getText());
    validateTime(textFieldTempoDeEsperaMax.getText());
    validateTime(textFieldTempoDeRetiradaMin.getText());
    validateTime(textFieldTempoDeRetiradaMax.getText());
}

Algumas constatações que eram necessárias:

  • Há quatro campos de texto, então serão quatro validações independentes;
  • Para trabalhar corretamente validando de par em par é preciso validar os campos individualmente primeiro;
  • Cada validação é independente da outra; não existe semelhança a ser aproveitada, em particular na exibição de mensagens de erro;
  • Espere ter um bom panorama do código, para reduzir as duplicações;
  • O método isParsable() entrou de gaiato na implementação, quando pesquisei no Google sobre o comportamento de parsear strings. É um método interessante e vem a calhar, mas provavelmente não teria pensado nele por conta própria. Em outro cenário o que poderia ter me levado a pensar nele?

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.