2

Fiz uma modelagem do banco de dados relacionando algumas tabelas e no final de tudo foi me dito que estava errado por não possuir as chaves PK e FK. A questão é, como eu diferencio uma Primary Key de uma Foreign Key? Para que as duas servem?

6

A chave primária é o dado que você precisa para controle do acesso à linhas da tabelas. Ele deve ser única e por isso não pode ter valor nulo. Ela dá a identidade para a linha, é por ela que você pode confiar que sempre será usada para acesso direto à linha desejada. É comum que seja usado um identificado numérico sequencial para isto. Veja mais em Surrogate Key e Natural Key.

A chave estrangeira é usada para relacionamento com outra tabela. Em boa parte dos casos ela será a chave primária de outra tabela. Por isso pode ser nula (não tem relacionamento) ou duplicata (mais de um item em uma tabela se relaciona com o mesmo item de outra tabela).

Em geral modelagem depende de experiência. E experiência depende de ter capacidade de aprendizado. Experiência de forma alguma é o tempo que a pessoa faz aquilo ou quantas vezes já fez. Isto até seria experiência quantitativa, que não tem valor algum, a experiência que vale é a qualitativa, aquela que você faz uma vez, alguém ou as consequências te mostram com o tempo que estava errado e deve fazer melhor. Cada vez mais vemos as pessoas optando, por todo sua vida, só seguir o que os outros fazem, ver superficialmente como se faz, aí a pessoa nunca se torna experiente. Inclusive para adquirir experiência é necessário adquirir experiência. Tem que quebrar o círculo vicioso para começar evoluir.

A chave primária com esse conhecimento básico (incluindo o link acima) já dá para entender a necessidade dela e na maioria dos casos a escolha é simples e óbvia, é uma chave substituta numérica sequencial. A estrangeira é mais complicada, nem sempre que é novato enxerga claramente o que precisa para relacionar um dado com outro, mas também não é tão difícil. Pensa nela com uma palavra que você precisa saber para procurar em um dicionário. A outra tabela relacionada é o seu dicionário para este caso. Em geral ela é a chave primária da outra tabela relacionada, mas nem sempre.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.