13

Durante a leitura de livro de estrutura de dados, foi apresentado brevemente o conceito de uniões anônimas, que seriam a definição de uma união sem especificar uma etiqueta (nome). Porém não entendi qual a utilidade desse tipo de dado.

Essa definição está correta?

Quando devo usar esse tipo de dado?

8

Imagino que saiba o que é uma união normal. Pois bem, a anônima não tem um nome, então a única forma de acessar é pelos seus membros. Isto é útil quando vai declarar um união que só vai usar ali e mais lugar algum então não precisa criar um tipo ou um contrato de como deve ser o tipo de forma antecipada, só declara que será uma união com aquelas características e boa. Isto é mais válido quando é usado dentro de uma struct, assim em vez de acessar um membro da struct que é uma union e nesse membro acessar o membro da união, já acessa o membro da união diretamente como se ele fizesse parte da struct, mas como é uma union o espaço ocupado será apenas de um dos membros (o maior). Se esses membros estivessem declarados direto na struct não faria parte de uma union.

A utilidade não é grande, mas é útil em alguns casos. As duas formas:

#include<stdio.h>

typedef struct {
    union {
        char c;
        int i;
    };
} Tipo;

int main() {
    union {
        char c;
        int i;
    } x;
    x.i = 65;
    Tipo y;
    y.i = 65;
    printf("%c, %c", x.c, y.c);
} 

Veja funcionando no ideone. E no Coding Ground. Também coloquei no GitHub para referência futura.

1

Só para mostrar um exemplo que acho útil, imagina que você tem uma estrutura (vector) que representa coordenadas em 3 tres dimensoes (x, y, z). Mas você também precisa de uma estrutura que represente as cores, e que também possui três variáveis (red, green, blue). A estrutura das cores e do vector são muito parecidas o que muda é só o nome das variaveis membros. Além disso, voce já tem uma vasta gama de funções de manipulãcao de vetores, e que seria muito util se voce também as tivesse para a estrutura das cores. Para resolver o seu problema você poderia fazer o seguinte:

struct vec3{
    union{
        struct{
            float x, y, z;
        };

        struct{
            float r, g, b;
        };
    };
};

using color = vec3;

E se você tiver por exemplo uma função que normaliza um vetor você também podeira a usar para normalizar as cores, sem ter que redefinir a função.

Mas é claro que você também poderia definir a estrutura vec3 só com as variaveis x, y e z, e usálas para as duas tarefas. Mas eu acho que assim o código fica bem mais natural.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.